Eu quero saber - Faça suas perguntas aqui!

  • Autor do tópico Mauricio
  • Data de Início

Lost.x7

Esporo
Membro Ativo
Bom dia galera. Meu irmão tá com um bolo que até então parecia normal.
Primeiro flush:
P_20190523_231058.jpg
Até aqui parecia normal. Daí colheu, fez dunk e roll. Voltou pro terrário. E agora está assim:
Segundo flush:
P_20190531_221836.jpg
Só saiu um, e está com um aparência bem estranha.
A pergunta é, o que pode ser?
 

jesteriruka

Hifa
Membro Ativo
Bom dia galera. Meu irmão tá com um bolo que até então parecia normal.
Primeiro flush:
Ver anexo 107207
Até aqui parecia normal. Daí colheu, fez dunk e roll. Voltou pro terrário. E agora está assim:
Segundo flush:
Ver anexo 107208
Só saiu um, e está com um aparência bem estranha.
A pergunta é, o que pode ser?
Bolo muito fraco, pode ter certeza que depois desse cogumelo o bolo irá contaminar, já tive colheitas parecidas com 1 flush normal e o resto totalmente estranho, com cogumelos gigantes ou torcidos, e um contaminante verde escuro logo em seguida.
Lugares específicos eu não faço idéia mas em lugares que tenha um clima que favoreça o crescimento deles (humidade e temperatura). Já ouvi falar que tem muitos em minas gerais (tipo são Tomé das Letras.)
tenho um amigo que mora em MG e no sítio dele tem cogumelos mágicos na grama.
 

Lost.x7

Esporo
Membro Ativo
Bolo muito fraco, pode ter certeza que depois desse cogumelo o bolo irá contaminar, já tive colheitas parecidas com 1 flush normal e o resto totalmente estranho, com cogumelos gigantes ou torcidos, e um contaminante verde escuro logo em seguida.

tenho um amigo que mora em MG e no sítio dele tem cogumelos mágicos na grama.
Sabe dizer qual motivo de estar fraco?
 

jesteriruka

Hifa
Membro Ativo
Sabe dizer qual motivo de estar fraco?
pode ser desidratação, ou passando por estresse devido à contaminações (nesse caso você consegue ver o "xixi" do micélio), em outros casos o bolo não está colonizado por dentro e acaba indo pra outra fase, que é o estresse, micélio que é vegetativo também (ficou muito tempo colonizando e demorou pra ir pro terrário) acaba com a maioria dos nutrientes antes de frutificar, então frutifica pouco e contamina logo em seguida.
 

Lost.x7

Esporo
Membro Ativo
pode ser desidratação, ou passando por estresse devido à contaminações (nesse caso você consegue ver o "xixi" do micélio), em outros casos o bolo não está colonizado por dentro e acaba indo pra outra fase, que é o estresse, micélio que é vegetativo também (ficou muito tempo colonizando e demorou pra ir pro terrário) acaba com a maioria dos nutrientes antes de frutificar, então frutifica pouco e contamina logo em seguida.
Valeu @jesteriruka. Ele tava achando que tinha sido pouco esporos. o/
 

Texugo

Esporo
Membro Ativo
Mas e se eu só tiver a super fina? Essa serve na PFtek? Tem algum problema? Essa foi a única que encontrei..
Acredito que o único problema seria a compactação por ser mais fina, mas se fizer com mais atenção deve dar certo sim.
Talvez a aeração fique um pouco comprometida, alguém mais experiente pode te dar certeza.
 

Bruxa

Hifa
Membro Novo
Se alguém puder me dar uma luz eu agradeço.
Tenho esses 3 bolos PFs colonizados e estão a 3 dias consolidando.
1- Posso fazer o dunk normalmente antes de desmancha-los e montar o casing ?
2-Posso fazer G2G com pedaços desse bolo para outros bolos PF? Ou deveria preparar um substrato com grãos ?
 

Anexos

Texugo

Esporo
Membro Ativo
Se alguém puder me dar uma luz eu agradeço.
Tenho esses 3 bolos PFs colonizados e estão a 3 dias consolidando.
1- Posso fazer o dunk normalmente antes de desmancha-los e montar o casing ?
2-Posso fazer G2G com pedaços desse bolo para outros bolos PF? Ou deveria preparar um substrato com grãos ?
Normalmente não tem necessidade de fazer dunk logo no 1 flush, eu preferiria ajeitar a umidade com a camada de casing. A não ser que seu terrário tenha umidade deficiente.
O micelio se espalha se for colocado em um novo substrato, mas precisa de cuidado redobrado com contaminantes no meio do processo.
Mas já que você está fazendo casing seria recomendado passar para grãos.
De uma olhada nesse post: Inoculação com pote vazio
se quer manter bolos sendo colonizados pode diminuir um pouco o trabalho.
 

Texugo

Esporo
Membro Ativo
boa noite pessoal
sou novo na comunidade e no assunto tambem
vocês fazem compras de cogumelos online ? é seguro ?
Aqui no fórum a pratica de compra é condenada.
O recomendado é o cultivo próprio.
 

Kvasir

Hifa
Membro Ativo
Bom se você é novo no fórum deveria dar uma olhada nos regulamentos do fórum, o fórum é sobre cultivo de cogumelos, não é nem sobre compra nem sobre venda. esses assuntos são proibidos.
 

guaxinim

Esporo
Membro Novo
É minha primeira experiência com a PF Tek (e com cultura de cubensis no geral). Fiz bolos de arroz integral e vermiculita em copos americanos que tampei com papel alumínio e, após inoculá-los, eu tapei os furos, cobri com mais papel alumínio e vedei bem com durex pra evitar a contaminação. Faz duas semanas que os micélios estão crescendo bem. Guardo-os dentro de uma caixa fechada (mas não vedada) dentro de duas sacolas atrás da geladeira.
Por outro lado, li ontem que a troca gasosa é importante para os fungos mesmo nessa fase e que para otimizar seu desenvolvimento eu deveria fazer furos nas tampas e cobri-los com micropore. Segundo essa teoria, a camada de vermiculita pura que você adiciona no topo do bolo já é suficiente para mantê-lo protegido de contaminações.
Procede isso? Mesmo que furar as tampas façam os micélios crescerem mais rápido, vale a pena correr o risco de contaminação? E outra, eu teria benefício fazendo isso se os bolos estão todos dentro duma caixa?
 

Kvasir

Hifa
Membro Ativo
Então, o micélio sobrevive a ambientes com muito menos oxigênio do que nós por exemplo, no entanto corre risco dele parar de crescer. Se você furar a tampa logo com a seringa quando você faz a inoculação e depois vedar com micropore, se isso for feito em ambiente estéril depois do copo ter saído da pp e ter sido esfregado com álcool, não tem muito problema não. Se você não fizer isso de forma estéril corre risco de contaminação.
 

Texugo

Esporo
Membro Ativo
É minha primeira experiência com a PF Tek (e com cultura de cubensis no geral). Fiz bolos de arroz integral e vermiculita em copos americanos que tampei com papel alumínio e, após inoculá-los, eu tapei os furos, cobri com mais papel alumínio e vedei bem com durex pra evitar a contaminação. Faz duas semanas que os micélios estão crescendo bem. Guardo-os dentro de uma caixa fechada (mas não vedada) dentro de duas sacolas atrás da geladeira.
Por outro lado, li ontem que a troca gasosa é importante para os fungos mesmo nessa fase e que para otimizar seu desenvolvimento eu deveria fazer furos nas tampas e cobri-los com micropore. Segundo essa teoria, a camada de vermiculita pura que você adiciona no topo do bolo já é suficiente para mantê-lo protegido de contaminações.
Procede isso? Mesmo que furar as tampas façam os micélios crescerem mais rápido, vale a pena correr o risco de contaminação? E outra, eu teria benefício fazendo isso se os bolos estão todos dentro duma caixa?
Vou tentar te ajudar, primo de especie.
Apesar da colonização ser feita principalmente em CO2, o O2 agiliza o processo.
Mesmo estando em uma caixa pode ter certeza que tem mais oxigênio do que o suficiente.
O mais aconselhável é fazer os furos sim, depois de 10 dias de incubação, pois até la a troca gasosa não vai fazer muita diferença.
Os contaminantes não passam pela fita microporosa, só atente a esses cuidados:
  1. Faça em local sem ventilação (feche janelas/portas)
  2. Lave bem a mão ou utilize luvas
  3. Não respire diretamente no copo ou utilize mascara descartável, se disponível
  4. Cuidado para não rasgar o alumínio durante o processo
  5. Não balance os copos para não espalhar o selo onde não deveria
Não são cuidados extremamente rigorosos, mas podem prevenir e não custam nada.
 
Superior