Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Completo 1° Cultivo - Thai Pink Buffalo em PFTek

Diário de cultivo completo.

Grako

Hifa
Cadastrado
08/06/2020
Mensagens
172
Reputação
0
Pontos de reações
726
Pontos
5
Boa noite gente :)
Eu atrasei um dia o diário porque ando bastante ocupado com rotinas de estudo, pesquisa e etc :s
Bom, ante ontem eu colhi os últimos cogumelos do segundo flush ^^

1596764895889.png 1596764833598.png


Essa aqui foi a quantidade seca total que esse segundo flush rendeu ^^

1596770100997.png

E ontem a tarde meu terceiro ciclo se iniciou depois de um dunk na geladeira de cerca de 30 horas ^^

1596770208598.png


Conforme surjam novidades sobre esses bolinhos eu vou deixando por aqui.
Abração gente! 😁
 

izdihar

Hifa
Cadastrado
01/02/2019
Mensagens
186
Reputação
0
Pontos de reações
438
Pontos
8
Boa noite gente :)
Eu atrasei um dia o diário porque ando bastante ocupado com rotinas de estudo, pesquisa e etc :s
Bom, ante ontem eu colhi os últimos cogumelos do segundo flush ^^

View attachment 117050 View attachment 117049


Essa aqui foi a quantidade seca total que esse segundo flush rendeu ^^

View attachment 117051

E ontem a tarde meu terceiro ciclo se iniciou depois de um dunk na geladeira de cerca de 30 horas ^^

View attachment 117052


Conforme surjam novidades sobre esses bolinhos eu vou deixando por aqui.
Abração gente! 😁

Veio forte esse flush nos seus bolos PF em ... parabens por tudo irmão, boas viagens e estudos !
 

Grako

Hifa
Cadastrado
08/06/2020
Mensagens
172
Reputação
0
Pontos de reações
726
Pontos
5
E aquele bolinho da PET, rendeu alguma coisa?

Ele acabou ficando muito estranho então resolvi enterrar ele num vaso que tenho aqui. Dai de vez em quando uns brotam assim ^^
1597244870659.png

Inclusive ali atrás botei outro bolo que estragou com duende verde pra ver se rola alguma coisa também hehe
Não pretendo colher eles pois, nessa escala, acho mais gratificante ficar observando os ciclos sem interromper o que tá rolando :3
 

Ecuador

Artífice esporulante
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
22/12/2007
Mensagens
8,779
Reputação
85
Pontos de reações
20,383
Pontos
98
Dai de vez em quando uns brotam assim ^^


Os cogumelos de outdoor podem ficar bem diferentes dos cultivados. Lembro quando enterrei um bolo e uns dias depois passei pelo local e mal reconheci o cubensis que tinha crescido.
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Cultivador Confiável
Cadastrado
14/04/2015
Mensagens
3,183
Soluções
1
Reputação
27
Pontos de reações
8,632
Pontos
49
Os cogumelos de outdoor podem ficar bem diferentes dos cultivados. Lembro quando enterrei um bolo e uns dias depois passei pelo local e mal reconheci o cubensis que tinha crescido.

E por que será isso, caro @Ecuador? Sabe dizer?
 

Ecuador

Artífice esporulante
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
22/12/2007
Mensagens
8,779
Reputação
85
Pontos de reações
20,383
Pontos
98
E por que será isso, caro @Ecuador? Sabe dizer?


Para mim é porquê as condições ambientais, incluindo temperatura, umidade e interações com outros microrganismos, variam mais, às vezes de forma bem extrema.
 

izdihar

Hifa
Cadastrado
01/02/2019
Mensagens
186
Reputação
0
Pontos de reações
438
Pontos
8
Para mim é porquê as condições ambientais, incluindo temperatura, umidade e interações com outros microrganismos, variam mais, às vezes de forma bem extrema.
Faz todo sentido Ecuador ... mas será que as mudanças são apenas fisicas? quero dizer, será que tem a chance dos cogus de um outdoor ser mais potente que um indoor? (ou vice e versa)
 

Ecuador

Artífice esporulante
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
22/12/2007
Mensagens
8,779
Reputação
85
Pontos de reações
20,383
Pontos
98
será que tem a chance dos cogus de um outdoor ser mais potente que um indoor? (ou vice e versa)


Chance de um ou outro ser mais potente? Acho que tem. Só não sei se a diferença é sempre em uma mesma direção. Se eu fosse apostar seria nos cogumelos indoor.

Mudando um pouco o foco, tem alguns debates sobre cultivados versus coletados em tópicos antigos, como este: Mutação
 
Última edição:

Gbrl_cogu

Esporo
Cadastrado
28/04/2021
Mensagens
1
Reputação
0
Pontos de reações
0
Pontos
1
Oi povo :p

Bom, depois de muito ler, estudar e pesquisar (principalmente aqui pelo forum) resolvi me jogar na primeira tentativa de cultivo. O fato de morar em uma cidade com médias de temperatura um pouco altas (entre 28 e 31 °C) me deixou um pouco preocupado, mas acho que pode dar bom. :3
Espero que minha inexperiência possa servir de incentivo para aqueles que também estão bem nervosos com a ideia de começar um cultivo hehe :cool:


==================
DIÁRIO DE CULTIVO
==================

STRAIN: Thai Pink Buffalo
PROCEDÊNCIA: Carimbo de esporos comprado de loja virtual

---------------------------------------------
SUBSTRATO PARA COLONIZAÇÃO:
---------------------------------------------
(X) PF TEK (2V + 1FAI + 1A)
Selo com Vermiculita
(X) Sim ( ) Não

GRÃOS:
( ) Milho
( ) Centeio
( ) Trigo
(X) Outro: Arroz Integral


Método de preparação e esterilização do substrato:

Primeiramente escolhi um local para funcionar como base para todos os processos que iria realizar. Separei um vão grande dentro do meu armário que seria ideal pois funcionaria como barreira de vento para reduzir os riscos de contaminação. Em seguida fiz uma faxina geral no meu quarto usando uma mistura de 3/1 respectivamente de água sanitária e água normal de torneira. Fechei todas as janelas e a porta do quarto de forma que nenhuma corrente de vento pudesse ser sentida ali.
View attachment 114611


Após a limpeza, fui a cozinha e triturei no liquidificador 2 copos de arroz integral de forma que os grãos não ficassem totalmente quebrados. Em outra vasilha, misturei 4 copos de vermiculita com 2 copos de água mineral de garrafa. Depois de bem misturado, adicionei o arroz integral triturado e continuei misturando até sentir que estava algo homogêneo.
View attachment 114612


Feita a mistura, fui me preparar para a confecção dos copos com substrato. Tomei um banho bem demorado com protex, coloquei touca, máscara e luvas e borrifei álcool 70% por todo o quarto e dentro do armário. Preenchi os 6 copos de vidro (cerca de 200ml cada) com substrato, deixei cerca de um dedo de altura livre em todos, limpei as bordas internas com pano limpo e preenchi totalmente esse espaço em todos com uma camada de vermiculita. Em seguida tapei eles com papel alumínio e vedei com fita isolante o mais firme que pude e assim ficaram prontos para a esterilização na PP (Panela de Pressão para aqueles que também ficaram um tempo perdidos nesse forum sem entender essa sigla :LOL:).
View attachment 114613


Agora vem a parte triste da história... minha panela de pressão é muito pequena e mixuruquinha :C
View attachment 114614

Por conta disso tive que fazer a esterilização em duas parte, cada vez com 3 copos. Quase esqueço de comentar que antes de colocar os copos na panela, eu coloquei outra camada de papel alumínio cobrindo o todo de cada um deles. Na hora de esterilizar, basicamente eu coloquei um pano de prato no fundo da panela , coloquei 3 copos e preenchi com água até cerca de 2/3 da altura dos copos. Coloquei a panela no fogo e esperei até pegar pressão (cerca de 20 min). Depois que pegou pressão, marquei uma hora no relógio e fui preparar a seringa de esporos enquanto isso.

Essa é uma parte bem delicada e eu estava bem nervoso com o processo todo (tava vendo a hora furar meu dedo com a agulha kk). Primeiramente separei todo o material que iria precisar, desinfetei com álcool 70% e coloquei tudo dentro do armário onde iria trabalhar. Dentro do armário também optei por deixar uma vela acesa não apenas pra utilizar a chama na desinfecção da agulha, mas também para servir como um tipo de barreira de calor naquele espaço. Eu tinha esquecido de comentar, mas algumas horas antes eu já havia desinfectado as seringas e deixado a água esterilizada dentro delas. Esse processo foi bem simples: peguei um pouco de água mineral, fervi, puxei ela ainda bem quente com a seringa e descartei o líquido. Repeti isso duas vezes em cada uma das 3 seringas de 10 ml. Então puxei a água novamente, dessa vez deixei ela dentro da seringa e guardei as 3 seringas envoltas em papel alumínio para esfriar até a temperatura ambiente. Essa seria a água utilizada na hidratação dos esporos. Em seguida peguei uma pequena vasilha de vidro e coloquei pra ferver por alguns minutos na água. Quando as seringas alcançaram a temperatura ambiente, levei elas para dentro do armário. Novamente coloquei a touca, a máscara, as luvas de borracha e tomei um banho de spray de álcool :LOL:.
Primeiramente quero afirmar uma coisa: manusear objetos pequenos com luvas de borracha é um inferno kkkkkkkkk
Comecei o processo de abrir o carimbo. Fiquei em dúvida sobre a quantidade de esporos, então raspei com uma faca 1/4 do carimbo e coloquei dentro do potinho que tinha esterilizado. Em seguida despejei o conteúdo das 3 seringas dentro do potinho e misturei no processo de sugar e despejar o líquido com a seringa. Depois de certo tempo nesse processo, preenchi as 3 seringas com 10ml da substância em cada. Peguei elas para observar contra a luz e fiquei feliz em ver vários pontinhos pretos flutuando livremente na substância ali dentro. Então envolvi as 3 seringas novamente no papel alumínio e coloquei na geladeira para a hidratação dos esporos por cerca de 16 horas (retirei elas da geladeira 4 horas antes para normalizar a temperatura).

Passado o tempo da primeira carga da PP, desliguei o fogo e deixei a panela esfriar por cerca de 3 horas e, quando abri, os copos ainda estavam um pouco mornos. Como teria que repetir o processo novamente, não pude deixar eles dentro da panela até o momento da inoculação, então guardei os 3 dentro do espaço no armário que já tinha desinfectado previamente. Em seguida repeti o mesmo processo com os 3 copos restantes sendo que dessa vez não abri mais a panela até o momento da inoculação :)



-------------------------------------------------
INOCULAÇÃO: Data 20 / 06 / 2020
-------------------------------------------------
(X) Seringa Multiesporos
( ) Cultura Líquida
( ) Outro: _________________

GloverBox?
( ) Sim (X) Não

Essa certamente foi a parte em que fiquei mais nervoso poi é bem conhecido que contaminantes são coisinhas traiçoeiras :devilish:
Pois bem, peguei todos os copos, as seringas e a fita micropore e levei para dentro do armário onde iria manipular tudo. Dei umas boas borrifadas de álcool lá dentro, vesti toda a proteção, ascendi a vela dentro do armário, cortei previamente tiras de fita para diminuir os riscos de contaminação por exposição do substrato e comecei o trabalho.
Em cada copo fiz 4 furos equidistantes nas bordas e um no meio depositando 1 ml em cada furo. na hora de espetar o papel alumínio, me preocupei em fazer a seringa entrar até a base de plástico para que o buraco deixado fosse relativamente grande e facilitasse a troca gasosa por meio da fita micropore. Tentei fazer esse processo o mais rápido possível e de vez em quando ainda dava uma borrifada de álcool dentro do espaço mesmo com medo de explodir tudo por conta da vela :ROFLMAO:

Com os copos prontos, me preparei para colocar eles dentro da incubadora.
A incubadora consiste em uma caixa térmica de isopor de 13L e um aquecedor composto por um termostato com aquecedor para aquários e uma garrafa de vidro de 1,5L cheia de água e vedada com ele dentro. Para essa parte de encubação, deixei o termostato ajustado para a temperatura de 28 °C. Arrumei todos os copos dentro e agora só pretendo abrir para verificar daqui cerca de 10 dia ^^
View attachment 114615
(um detalhe é que dps dessa foto resolvi tirar a cobertura extra de papel alumínio e deixei a fita micropore exposta pra ajudar o micélio a respirar :) )




Bom gente, por enquanto é isso, qualquer coisa que surgir , eu atualizo o diário por aqui!
Desculpa se fui detalhista d+, é que estava realmente pensando nas pessoas que estão começando a estudar o assunto agora e estão completamente perdidas :s (inclusive podem perguntar aqui caso tenha ficado alguma dúvida sobre o meu processo)

Grato pela atenção e boas safras a todos! 🍃
Olá! Vc comentou que na fase da incubação vc resolveu tirar a camada extra de alumínio para o micelio respirar. Eu coloquei duas camadas de alumínio nos meus copos. Será que tem perigo do micelio nao conseguir "respirar" e acabar demorando para desenvolver?
 
Top