Ingredientes para o seu cultivo - Por: Mortandello e Andrew


Obs.: segue em anexo slide em PowerPoint. O Mortandello foi me ensinando o conteúdo pelo MSN, e eu editei e fiz o texto e o slide.
  • Seringa estéril (melhor se for de 20 ml)
  • Agulha estéril
  • Pote de exame de urina estéril
  • Pazinha plástica do tipo para tomar sorvete(alguns potes de exame já vem)
  • Band-Aid
  • Recipientes para poder mergulhar a agulha em álcool
  • Glovebox (GB)
  • Fita adesiva (durex ou crepe)
  • Copo de água mineral, tampa alumínio
  • Papel toalha
  • Garrafa plástica de álcool 92 graus
  • Um pedaço de plástico resistente, tipo PVC, pouco maior do que a área do print, pode ser um pedaço de vidro

Procedimento:

  1. Preparação da garrafa de álcool:
    A garrafa de álcool tem que caber com folga na GB.
    Faz 2 ou 3 furinhos na tampa da garrafa com um alfinete.
  2. Tudo deve ser limpo com álcool, inclusive o interior da GB, Ou fazer na boca do forno sem esterilizar a bandeja que será usada, senão tudo explode.
  3. Uma vez tudo dentro da GB e ela fechada tira-se a seringa da embalagem e monta-se a agulha ainda encapada.
  4. Tira o copinho da sua embalagem e tira a tampa.
    Obs.: Você pega um copinho de água mineral que a tampa é de alumínio e cola um esparadrapo nele. Fura com a agulha no esparadrapo e suga água para dentro. Tira a agulha, tampa o furo e espirra essa água dentro do copinho. Fura novamente o copo, em cima do esparadrapo, puxa mais 20 ml e joga dentro do copinho de exame. Tapa o copinho de exame, raspa o carimbo, abre o potinho e joga os esporos dentro. Fecha o potinho e chacoalha vigorosamente, não esquecendo de deixar a pazinha dentro do potinho para facilitar a quebra dos CLUSTERS (bolotas) de esporos e pronto, suga de volta pra seringa e guarda o que sobrou ETIQUETADO na geladeira ou em local arejado e fora da incidência de luz.
  5. Abre o print (NÃO ESQUEÇA DE LIMPAR O CARIMBO ANTES DE ABRIR: antes de começar a desdobrar, pega um algodão seco e limpa ele inteirinho por fora do carimbo no papel alumínio)
  6. Apoia o print aberto no plástico ou vidro.
  7. Raspa o print em cima do copinho aberto, deixando o suporte com o print a 45 graus em relação ao plano da boca do copo.
  8. Fixa o alumínio no suporte com um anel de durex, inclina o suporte com o alumínio a 45 graus em relação à boca do pote, a uns 2 cm de altura acima do pote, raspa a metade do print direto sobre o pote com o número necessário de raspagens para limpar o alumínio. Raspa metade do print, isto é 180 graus do círculo. A pazinha fica a 90 graus em relação ao print.
  9. Enche a seringa de água mineral furando através do band-aid e da tampa de alumínio. Esguicha o conteúdo da seringa no pote, molhando bem as paredes do pote.
  10. Recolher com a seringa 20 ml do conteúdo e o restante deixar no pote e poderá ser conservado até 5 anos fechadinho com a tampinha e passe um plástico filme de cozinha e guarde no armário ou na geladeira.
  11. Verifica se há esporos ainda no pote e repete os passos 9 e 10 caso ainda seja visível que o pote contém quantidades significativas de esporos.
  12. Tampa a agulha da seringa (não deixar uma bolha de ar dentro da seringa - procedimento pra tampar a seringa é passar um pano com álcool na agulha e depois na tampinha).
  13. Deixa hidratar por 10 ou mais horas – o ideal é 24 horas – guarda dentro dum ziploc no armário

BOLOS

Manufatura dos bolos para inoculação:

Material:

  • recipientes de vidro que tenham o fundo menor do que a boca para permitir o desenforme, copos de whisky são normalmente adequados.
  • papel alumínio
  • papel filtro para café
  • barbante de algodão
  • panela de pressão onde caibam os recipientes de vidro
Ingredientes para o substrato devem ser adicionados nesta ordem:
  • 3 copos de vermiculita seca.
  • 1 1/2 copos de farinha de arroz integral (ideal moer arroz integral no liquidificador ou em
    um moedor de café)
  • 1 1/2 copos de água mineral sem gás
  • Homogeneíze a mistura com um garfo até ficar bem soltinha
  • 2 colheres de chá de CREMOGEMA
  • 1 colher de sopa de calcário (dolomítico) agrícola (gesso, giz ou qualquer outro corretor de pH)
Fazer a mistura com garfo sem amassar os ingredientes só misturar.

Procedimento

  1. Tomar um banho com sabonete protex, usar luvas, toca e máscara.
  2. Em um recipiente adequado, misturar os ingredientes conforme a ordem em que são apresentados na receita. O ideal é que este recipiente fique 70% cheio com a mistura que se está preparando.
  3. Limpar todos os instrumentos e recipientes com álcool 96 graus usando papel toalha dobrado em 4. Pode-se usar uma garrafa de 500ml de álcool com 3 furos na tampa para aspergir o álcool no papel toalha.
  4. Fazer um "selo" de 1cm de vermiculita pura e seca no fundo do recipiente antes de colocar a mistura.
  5. Colocar a mistura nos recipientes de vidro (copos de whisky) sem socar.
  6. Deixar o último centímetro do recipiente sem ser preenchido pela mistura do substrato.
  7. Com um papel toalha dobrado em 4 e umedecido em álcool, limpar a borda interna do copo que está ainda livre (1cm) dando a volta toda na borda do copo em um só movimento horizontal. O resíduo que ficar com o movimento final de retirar o papel deve ser empurrado para baixo em um segundo movimento vertical.
  8. Preencher a última camada do recipiente com 1cm de vermiculita seca, deixando um espaço vazio de mais ou menos 0,5 centímetros.
    Obs.: Colocar 1 camada de filtro de café – sobrando muito alem da borda para não deixar a água encostar no papel se não contamina. Colocar 2 camadas de papel alumínio sendo que vai se fazer 2 furos nas duas camadas de papel alumínio de baixo para cima – (colocar os dois papeis alumínio em um pano e fazer dois furos de baixo para cima. Um em cima e o outro embaixo) e não furar o filtro de café só as duas camadas de alumínio
  9. Cortar pedaços de papel alumínio com tamanho suficiente para cobrir a boca do recipiente (copo) com folga.
  10. Corta pedaços de papel filtro com tamanho suficiente para cobrir a boca do recipiente (copo) com folga.
  11. Firmando apenas com a mão o papel alumínio na boca do recipiente fazer 2 furos com a ponta de uma caneta esferográfica no alumínio.
  12. Retirar o papel alumínio do recipiente.
  13. Cobri a boca do recipiente com o pedaço de papel filtro.
  14. Inverter o papel alumínio de modo que o lado que antes estava para fora do recipiente fique para dentro. As rebarbas nos dois furos feitos com a caneta devem estar para o lado de fora.
  15. Fixar o alumínio no recipiente, prendendo com o barbante de algodão de modo que fique bem firme, dando voltas na borda do recipiente e colocar os recipiente na panela de pressão.
  16. Colocar 3 dedos de água na panela de pressão.
  17. Colocar a panela para ferver.
  18. Quando começar a ferver a água na panela, fechar a panela e marcar 1 hora de pressão em fogo alto.
  19. Nos 15 minutos finais de pressão se não escutar mais o barulho dos recipientes batendo no fundo da panela é porque a água está secando. Desligar o fogo mesmo antes de completar 1 hora.
  20. Deixar esfriar sem derramar água por cima da panela. Usualmente isto leva 10 horas.
    Obs.: depois de deixar 1hora com a panela ligada contar 2 horas com a panela desligada abrir a panela de pressão e tampar os 2 furinhos com esparadrapo ou band-aid.
    Os bolos prontos e vedados podem ser armazenados por 5 a 7 dias em geladeira, dentro de um saco de lixo preto ou congelados em embalagem ziplok individuais por um ano.

Inoculação

Material:

  • Bolos esterilizados e à temperatura ambiente
  • Seringa com esporos (mínimo 10 horas de hidratação)
  • Máscara e boné
  • Fita adesiva (durex)

Procedimento:

  1. Lavar as mãos com Protex e colocar uma máscara que cubra nariz e boca e um boné na cabeça.
  2. Colar um pedaço de durex nos dois locais (ou quatro) onde será inserida a agulha na capa de papel alumínio, sendo que são dois esparadrapos, um por baixo pra não rasgar o alumínio e outro por cima pra tampar o furinho da seringa, e não poderá ser aproveitado os 2 furinhos q foram feitos para panela de pressão!!! Serão adicionados esses furos.
  3. Remover a capa da agulha na seringa.
  4. A agulha na seringa deverá ter o comprimento necessário para atravessar a camada de vermiculita seca que foi colocada sobre a mistura no recipiente.
  5. Flambar a agulha em um isqueiro ou semelhante, esperar alguns segundos para que ela esfrie.
  6. Inserir a agulha no recipiente com o substrato, atravessando a fita adesiva, a capa de papel alumínio e ultrapassando a barreira de 1cm de vermiculita pura.
  7. Com a agulha junto a parede do recipiente (pelo lado de dentro) pressionar o êmbolo injetado somente o necessário da água com esporos de modo que este líquido escorra até o fundo do copo.
  8. Repetir a operação no outro lado do copo. Para repetir o processo em outros recipientes é melhor flambar a agulha antes de inocular em cada um.

Fase Final


Quando estiver o copo todo branco depois de uns 15 dias, injetar água mineral em cada copo com seringa e depois colocar 24 horas na geladeira...tirar todos os papeis e tirar os bolos dos copos com cuidado e colocar no terrário.

Terrário

Material:​

  • Aquário de vidro que caiba todos os bolos com espaço
  • 1 bomba de aquário
  • 2 pedras porosas
  • 5 metros de cano de ar
  • 1 divisor para as duas pedras
  • 1 garrafa pet de 500 ml

Procedimento

  1. Seguir todas normas básicas de assepsia(limpeza)
  2. Luvas, toucas, mascara e banho com Protex.
  3. Pegar papel toalha embebido em álcool e passar em todo terrário por dentro e por fora
  4. Limpar tudo que entrar no terrário com cloro (menos os bolos claro)
  5. Montar a bomba: colocar uma pedra porosa dentro da garrafa pet de 500 ml que você irá encher de água até um pouco depois da metade e outra direto no fundo do terrario, não precisa ser na água nem nada, solto mesmo (as pedras encaixadas 1 em cada cano)
  6. Colocar um calço para o terrário ficar 15 graus inclinado para a frente (INDISPENSÁVEL).
    Obs.: a bomba que precisa do dobro de volume de movimentação de ar do que a capacidade do aquário.
  7. Os bolos você vai colocar um apoio no fundo do aquário e vai colocar vermiculita pura pra poder colocar os bolos em cima da vermiculita.

Final – CARIMBOS

  1. Cortar alumínios sempre em quantidade superior ao numero de chapéus no terrário
  2. Medida dos alumínios - 25x 10 se tiver cogumelos com raio superior a10 centímetros adeque o tamanho, sempre deixe 3 cm de "sobra" no alumínio para fazer a vedação.
  3. Dobre ao meio no lado de 2,5 deixando o lado OPACO para DENTRO do alumínio mantenha eles "fechados" durante todo processo.
  4. Pegue um pano com álcool e limpe os quadrados de alumínio com álcool, por dentro e por fora.
  5. Disponha esses quadrados paralelamente dentro de uma assadeira previamente limpa com álcool e com uma camada de 2 folhas de papel toalha cobrindo o fundo dela.
  6. Espete MEIO palito de madeira dentro do chapéu, bem no “bico" que ele forma pra cima, sem inserir o palito MAIS que. Um MM para dentro do cogumelo. O lugar exato é onde começa o setor paralelo do palito de dente, enfie até a parte cônica da ponta entrar completamente no chapéu, de CIMA PARA BAIXO. Após espetar os chapéus e colocar a bandeja com os quadrados de alumínio sobre o papel toalha, pegue dois copos largos, com circunferência superior a 10 cm de boca.
  7. Abra 2 quadrados de papel alumínio e CUBRA com um copo limpo com álcool
  8. Corte o TALO DO COGUMELO RENTE AO CHAPÉU, logo acima do "véu" com cuidado para não ferir as lamelas do cogumelo, enquanto segura o palito com dois dedos, pegue esse chapéu e disponha em cima da parte interna do alumínio, com as guelras (lamelas) para baixo, sem apertar.
  9. Cubra com um copo largo, deixando uma boa parte do copo sobre o papel toalha. O cogumelo deve ficar por 12 horas sobre esse papel alumínio.
  10. Se pega o chapéu pelo próprio palito e TROCA desse alumínio pra tirar o seu carimbo secundário, que demora mais 24 horas.
  11. Mantenha o alumínio inicial ainda coberto por 24horas (tempo de secagem) depois dobre novamente o papel alumínio, sem apertar o carimbo, dobrado as beiradas em três dobras de 0,5 cm. A cor do carimbo deve mudar de preto para um violeta mais claro, indicando que está bem seco e apto para ser vedado e guardado por até três anos. Utilize mascara/luvas e evite qualquer pancada na bandeja durante o processo. Assim que o véu se soltar do chapéu, marque + 6 horas. 6 horas após o rompimento acontece a maturação dos esporos e o inicio do deposito de carimbo.
  • BOA SORTE!!! :positivo:
  • manual.pps.zip
    650.6 KB · Visualizações: 422