como fazer meu Primeiro casing com meu bolo PFtek (arroz+vermiculita)

Searyl

Hifa
Membro Ativo
Uma camada seca de fibra de coco ou vermiculita por baixo depois esfarela teu bolo e joga por cima da camada de fibra e pra finalizar cubra com mais uma camada de fibra ou vermiculita umida e ta pronto
Se o bolo já tiver frutificado, eu recomendo vc adicionar grãos junto com o farelo de micélio para que ele possa se recuperar, mas lembra de fazer com toda assepcia possível. Depois de pronto coloque uma folha de papel alumínio tampando o casing pra nao perder a umidade e deixa incubando por uns 7 dias.
 

Trippydow

Esporo
Membro Ativo
Uma duvida!
Estou com um bolo no terrário e outro incubando para o casing
Posso fazer o casing com o bolo 95% colonizado?
Estou ficando sem tempo só tenho finais de semana
 

Anexos

  • IMG_20200425_095704.jpg
    IMG_20200425_095704.jpg
    1.3 MB · Visualizações: 37
  • IMG_20200425_095659.jpg
    IMG_20200425_095659.jpg
    1.3 MB · Visualizações: 35

Trippydow

Esporo
Membro Ativo
Pode, mas tem que tirar esse pedaço não colonizado com uma colher ou o que for antes de quebrar esse bolo pro casing.
Grato irmão 🙏
Estava pensando o vazo ė de fibra de coco. Se eu cortar os fiapos igual palha e usar para o cansing? Tô pensando juntuntar com borra de café e vermiculita.
 

Anexos

  • 15878274520611283761929562038987.jpg
    15878274520611283761929562038987.jpg
    2.1 MB · Visualizações: 37
  • IMG-20200425-WA0006.jpeg
    IMG-20200425-WA0006.jpeg
    1.2 MB · Visualizações: 36
Última edição:

Searyl

Hifa
Membro Ativo
Vai usar o vaso como recipiente de cultivo? Se for, vc pode ter problemas com isso, pois um vaso desse deve ser bem difícil de esterializar, mas é possível reduzir a probabilidade de contaminação se por exemplo, vc forrar bem o fundo do vaso com vermiculita e usar papel filme pra forrar as laterais do vaso e isolar os graos que ficarem expostos quando vc quebrar o bolo,se vc já tem a vermiculita seria melhor e mais fácil usar somente ela pra fazer o casing, isso reduziria muito os riscos
Edit
 
Última edição:

Kvasir

Hifa
Membro Ativo
Grato irmão 🙏
Estava pensando o vazo ė de fibra de coco. Se eu cortar os fiapos igual palha e usar para o cansing? Tô pensando juntuntar com borra de café e vermiculita.
isso depende do substrato do casing. Nesse caso com esse vazo seria um outdoor né? ou faria isso indoor? Mas sim, como o vaso é de fibra, teria que pasteurizar ele também, ja que pretende usar bora de café que é muito nutritiva e contamina fácil. Uma forma de pasteurizar é mergulhar esse vaso em água a 75 graus por uns 20min. Se você fizer esse esquema outdoor eu tentava pasteurizar esse vaso, mas n usaria pro casing borra de café não, eu usaria palha pasteurizada pura com um pouco de cal talvez, mas só palha serve, ela contamina pouco e frutifica bem.
 

Trippydow

Esporo
Membro Ativo
isso depende do substrato do casing. Nesse caso com esse vazo seria um outdoor né? ou faria isso indoor? Mas sim, como o vaso é de fibra, teria que pasteurizar ele também, ja que pretende usar bora de café que é muito nutritiva e contamina fácil. Uma forma de pasteurizar é mergulhar esse vaso em água a 75 graus por uns 20min. Se você fizer esse esquema outdoor eu tentava pasteurizar esse vaso, mas n usaria pro casing borra de café não, eu usaria palha pasteurizada pura com um pouco de cal talvez, mas só palha serve, ela contamina pouco e frutifica bem.
Na verdade eu quero usar a fibra de coco do vazo como substrato
 

Laranjeira

Esporo
Membro Novo
Você pode tentar cara, mas tenha em mente que pode dar certo ou não, você está arriscando. Além de destruir o vaso, você já tem a vermiculita que pode ser utilizada.
Pelo que entendi você já tem um terrário né? Ponha um punhado de vermiculita em um prato, borrife ou despeje água até ficar úmida mas não encharcada, ponha no microondas por uns 5 minutos, mexe, mais 5 minutos, mexe, mais 5 minutos. Deixe esfriar e pode utilizar para o casing.
Use um pote, pode ser de sorvete, mas tem de ser opaco pois se não corre o risco de surgirem frutos nas paredes. Não esqueça de esterilizá-lo com álcool também.
Ponha uma camada da vermiculita esterilizada, uma camada com seu bolo esfarelado e mais uma camada de vermiculita e tá pronto.

Se você não quiser usar a vermiculita e insistir em destruir seu vaso, quebre os pedaços dele e deixe de molho em um balde com água e um pouco de água sanitária por algumas horas pelo menos. Cubra com uma sacola.
Despeje a água e enxague a fibra. Nesse ponto eu aconselho triturar/picotar a fibra para que fique menos volumosa, experiência própria amigo, eu odeio esse material, além de ser horrível de manipular faz muita sujeira. (Novamente vou recomendar que use vermiculita apenas kkk) depois de picotada, ela deve estar úmida e menos volumosa, coloque em um recipiente qualquer (pode ser prato) pra microondas e faça o mesmo que faria com a vermiculita. 5 mins, mexe, 5 mins, mexe... Depois de esfriar deve estar pronta para o uso. A ordem das camadas pode fazer como eu disse pra vermiculita.

Depois de dispôr as camadas no recipiente, borrife bastante água para a vermiculita/fibra reter. Tampe com papel alumínio e aguarde pelo menos uma semana pra abrir e checar se colonizou. Se precisar, tampe e aguarde novamente ou já deixe aberto no terrário para frutificar. Vigie umidade, temperatura e ventilação do terrário. :)👍 Boa sorte!
 

Trippydow

Esporo
Membro Ativo
Você pode tentar cara, mas tenha em mente que pode dar certo ou não, você está arriscando. Além de destruir o vaso, você já tem a vermiculita que pode ser utilizada.
Pelo que entendi você já tem um terrário né? Ponha um punhado de vermiculita em um prato, borrife ou despeje água até ficar úmida mas não encharcada, ponha no microondas por uns 5 minutos, mexe, mais 5 minutos, mexe, mais 5 minutos. Deixe esfriar e pode utilizar para o casing.
Use um pote, pode ser de sorvete, mas tem de ser opaco pois se não corre o risco de surgirem frutos nas paredes. Não esqueça de esterilizá-lo com álcool também.
Ponha uma camada da vermiculita esterilizada, uma camada com seu bolo esfarelado e mais uma camada de vermiculita e tá pronto.

Se você não quiser usar a vermiculita e insistir em destruir seu vaso, quebre os pedaços dele e deixe de molho em um balde com água e um pouco de água sanitária por algumas horas pelo menos. Cubra com uma sacola.
Despeje a água e enxague a fibra. Nesse ponto eu aconselho triturar/picotar a fibra para que fique menos volumosa, experiência própria amigo, eu odeio esse material, além de ser horrível de manipular faz muita sujeira. (Novamente vou recomendar que use vermiculita apenas kkk) depois de picotada, ela deve estar úmida e menos volumosa, coloque em um recipiente qualquer (pode ser prato) pra microondas e faça o mesmo que faria com a vermiculita. 5 mins, mexe, 5 mins, mexe... Depois de esfriar deve estar pronta para o uso. A ordem das camadas pode fazer como eu disse pra vermiculita.

Depois de dispôr as camadas no recipiente, borrife bastante água para a vermiculita/fibra reter. Tampe com papel alumínio e aguarde pelo menos uma semana pra abrir e checar se colonizou. Se precisar, tampe e aguarde novamente ou já deixe aberto no terrário para frutificar. Vigie umidade, temperatura e ventilação do terrário. :)👍 Boa sorte!
Muito obrigado por explicar nos detalhes vou seguir seu conselho com vermiculita kkkk
 

diegosf

Esporo
Membro Ativo
Amigo, tenho visto vários diários em que o pessoal quebra o bolo PF sem problemas, com um material esterilizado (uma pinça, uma faca), e faz o mesmo procedimento de casing, geralmente com alguma mistura de vermiculita e outra coisa, como 50% vermiculita e 50% pó de coco, por exemplo.
Aí coloca na incubadora e espera o micélio se estruturar novamente e colonizar o substrato do casing, e voi lá.
Pretendo fazer algo semelhante na sequência, se der posto os resultados lá no meu diário.
Um abraço!
 

EremitaMarrom

Hifa
Membro Novo
Colegas e camaradas, aproveitando o post para sanar uma dúvida relacionada sobre grãos no casing. Observem:

Uma camada seca de fibra de coco ou vermiculita por baixo depois esfarela teu bolo e joga por cima da camada de fibra e pra finalizar cubra com mais uma camada de fibra ou vermiculita umida e ta pronto
Se o bolo já tiver frutificado, eu recomendo vc adicionar grãos junto com o farelo de micélio para que ele possa se recuperar, mas lembra de fazer com toda assepcia possível. Depois de pronto coloque uma folha de papel alumínio tampando o casing pra nao perder a umidade e deixa incubando por uns 7 dias.

Este post daqui mesmo recomenda o uso de grãos, contudo...


O termo no glossário da página coloca em negrito que não vai grãos.

Questiono: afinal, é recomendado incorporar grãos nesta etapa de reaproveitamento do tek => casing? No caso já obtive frutos, mas penso que quiçá o substrato esteja menos nutritivo para o micélio, como salientou @Searyl... É correta essa linha de raciocínio? Eis o que penso agora da estratigrafia do casing, depois de consumir alguns posts:

1ª camada (base do casing): vermiculita esterilizada (qual espessura?)
2ª camada: pf tek inerte (não inoculado), desmontado e distribuído uniformemente
3ª camada: pf tek reaproveitado e previamente dunkado; distribuído uniformemente
4ª camada: casing de vermiculita esterilizada (qual espessura?)

Ou, ainda, apenas seguir a fórmula postada por @Searyl; que parece já ter encontrado sucesso na iniciativa? Seria, então, omitir a camada 2. Neste caso, sem reenriquecimento, devo esperar um flush secundário ou terciário típico de um tek usual? Um exemplo que não fez reaproveitamento me plantou ainda mais dúvidas; cito: Casing PF TEK usando Vermiculita e pó de Coco

Mais uma vez, a gratidão do multiverso para vocês.
 
Superior