Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Cogumelos Psicoativos são proibidos no Brasil?

Lysergic D

Cogumelo maduro
Cadastrado
26/02/2009
Mensagens
1,145
Reputação
0
Pontos de reações
397
Pontos
72
Não aposte sua liberdade nisso.

Reforço isso com todas as letras sem mover nem tirar nada do lugar.

Quando nego quer, acha um jeito, principalmente na nossa legislação, que deveria chamar subjetivação.
 

Raphael20

Cogumelo maduro
Cadastrado
15/08/2009
Mensagens
4
Reputação
0
Pontos de reações
4
Pontos
47
Legalidade

No Brasil: A Psilocibina e a Psilocina são substâncias controladas. No entanto, o Cogumelos Psilocybe cubensis não são proibidos no Brasil. Logo, a posse de Psilocibina ou Psilocina na forma extraída ou pura é crime, mas o porte e o cultivo de Psilocybe cubensis In Natura não.

Fim de papo!
 
Última edição por um moderador:

False

Cogumelo maduro
Cadastrado
12/02/2011
Mensagens
90
Reputação
0
Pontos de reações
107
Pontos
46
Ou seja, indoor são ilegais?

Na verdade existem os 2 lados da moeda, acredito que depende muito da interpretação do juiz neste caso. Não existe nenhuma lei que proiba ou autorize o cultivo de cogumelos. A Psilocibina é uma substância proibida, mas não tem como proibir a vaca de deslizar o moreno no pasto, então essa lei se aplica para extração e síntese da substância. Mas também tem o fato de ser um fungo e não uma planta, nada se diz sobre os fungos. No caso nada se diz de cultivo indoor, porém a decisão de um juiz seria obvio que aplicaria a sentença pelo fato de estar cultivando para extrair futuramente. Acredito que se você tiver um ótimo advogado para argurmentar a respeito de tudo isso salva, mas no Brasil o que não pesa é para o usuário, em grandes quantidades provavelmente não tem desculpa.

Na realidade o Brasil tem que ter algum caso a respeito disso para poder criar leis, pois nada consta a favor e nem contra. Mas creio eu que o cultivo de cogumelos é uma cultura e existam leis que defendem quem cultiva. Agora se existir uma outra pessoa neste caso, pode-se alegar que está existindo o ato de aliciar alguem ao uso da substância. Muito confuso tudo isso, me corrijam se falei besteiras.
 

Mortandello

Mortandello Himself
Cultivador Confiável
Cadastrado
01/11/2005
Mensagens
6,910
Reputação
22
Pontos de reações
6,027
Pontos
98
Voto para que as vacas continuem expremendo o tubo da pasta de dente onde quer que elas queiram.
 

mantonelli

Oompa Loompa, do-ba-dee-doo
Cadastrado
25/02/2011
Mensagens
394
Reputação
6
Pontos de reações
1,455
Pontos
74
Noite...

Não concordam que toda repreensão é gerada pelo mau uso de um direito?

Da mesma forma que é um direito seu viajar da forma como quiser, é um dever fazer isso sem que outros sejam agredidos pelo seu comportamento. A necessidade de viver em sociedade nos obriga à isso.

Nem é difícil imaginar que no momento que a primeira folha de tabaco foi acesa alguém não gostou do cheiro e mandou o fumeiro passear.

Nunca usei nada além do álcool, mas sou curioso sobre os cogumelos. Apesar de ter meus 31 anos e ser adulto o suficiente para decidir se provo ou não, tenho a obrigação de conhecer os limites e saber como isso afetará os que me cercam.

Será que sou antiquado ao pensar assim?
Por algum motivo acredito que se mais pessoas pensassem assim, teríamos mais respeito e liberdade.

Concordam?

Abraços!
 

Lysergic D

Cogumelo maduro
Cadastrado
26/02/2009
Mensagens
1,145
Reputação
0
Pontos de reações
397
Pontos
72
Olá Mantonelli, seja bem vindo.

Quero dizer-lhe que no que depender de mim sinta-se em casa.

Concordo plenamente contigo e afirmo que estamos com absoluta carência de pessoas com sua percepção.
Ter o discernimento para relevar quais impactos você acarretaria em seu meio social, revela inteligência de grupo.

Te digo que o uso dos cogumelos muda muito uma pessoa, profundamente e integralmente, chegando a alterar até a fisionomia.
Não veja pelo lado negativo e ache que vai virar um monstro, apesar de alguns se tornarem mesmo.

Mas arrisco a dizer que quem expressa discernimento aguçado, caminhará tranquilo pelos caminhos do fungo, ele ajuda a melhorar o foco =]

Abraços.
 

Raphael20

Cogumelo maduro
Cadastrado
15/08/2009
Mensagens
4
Reputação
0
Pontos de reações
4
Pontos
47
Legalidade

No Brasil: A Psilocibina e a Psilocina são substâncias controladas. No entanto, o Cogumelos Psilocybe cubensis não são proibidos no Brasil. Logo, a posse de Psilocibina ou Psilocina na forma extraída ou pura é crime, mas o porte e o cultivo de Psilocybe cubensis In Natura não.

Fim de papo!

Galera minha interpretação é a seguinte veja, se eu tiver falando merda desculpe. Olha a psilocibina e a psilocina sao controladas correto? Como o DMT, correto? Os cogumelos não são proibidos no Brasil como a Jurema que possui DMT também não é, logo a posse da Psilocibina e DMT extraído é crime correto?

Entenderam a comparação? La na chácara moro na Bahia tem muitos pés de Jurema, quer dizer que minha tia pode ser presa? NÃO!

Acho muito difícil você ser preso por ta cultivando cogumelo, em pouca quantidade é claro( que é para seu uso)
 
Última edição por um moderador:

False

Cogumelo maduro
Cadastrado
12/02/2011
Mensagens
90
Reputação
0
Pontos de reações
107
Pontos
46
Mantonelli, você sente esse receio pois plantaram essa idea na mente da sociedade. Se perguntar a todos
a respeito dos benefícios que acontecem ao nosso Eu, será do mesmo peso que você vê o relato do que é o
poder do Espirito Santo para um evangélico. Claro que com essa idea de que o mundo tem dos psicoativos,
do seu dia a dia, rotina e tudo o que te envolve até seus 31 anos, concerteza sua vida social, familiar (que não
tem conhecimento fora do que leram a respeito e te julgariam como um problema) mudaria completamente.
Tudo em demasia é prejudicial, temos um plano social a seguir, assim como quem é obeso passa por várias
dificuldades no dia a dia pela gula, se eu me entupir de droga e esquecer do resto concerteza atrapalhará minha vida. Porém sou a favor do seu pensamento, não só pelo fato de você ter sua opinião firme de não
utilizar drogas, mas também pelo fato de que o mundo de hoje é assim, tem que ser assim e não vai mudar
da noite para o dia. Se todos utilizassem enteógeno, todo esse pensamento rotineiro que existe, todo esse dia
a dia em que passamos, deixaria de existir.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Temos que mentalizar as coisas boas, não deixar esse pensamento de cogumelo proibido afetar as nossas mentes, pois sabemos que estamos em busca de um mundo melhor e temos que exercer nosso direito e liberdade sobre isso. Até agente aqui deixa a informação nos gerar muitas duvidas, se você for em um festival tem até guarita da policia, os cana passando de boa você queimando um verde e não te prendem porque? Porque existe uma lado cultural que é liberado, tem que existir um equilibrio, tem um lado que não é "ilegal". Se fosse tudo como agente pensa que é, um exemplo seria ter blitz na saida de cada bar, balada, pegaria os motorista em leva, já pensou todo mundo perdendo a habilitação? Não somos traficantes, não devemos nada para ninguém, claro que devemos ter a consiência de que existe a lei do homem. Mas eu tenho fé que se agente vai pelo bem o pior
já mais acontece, deixemos a lei no papel, no pensamento dos leigos.
 

Cleiton_Ninja

Primórdia
Cadastrado
13/03/2011
Mensagens
13
Reputação
0
Pontos de reações
8
Pontos
38
Alguem da cm ja ouviu falar do projeto “Pinto Alegre”? desenvolvido pela Prefeitura de Novo Santo Antonio (1 063 km de Cuiabá) em 2006 e logo extinto em 2008, está servindo de espelho para um município do interior Rio Grande do Norte.

Aprovado pela Câmara e sancionado pela Prefeitura de Parnamirim-RN, o projeto que visa distribuir Viagras para os idosos (economicamente) carentes ainda não saiu do papel e não tem previsão para ser colocado em prática.

Em Novo Santo Antonio, o projeto foi extinto dois anos após entrar em prática por pura precaução, segundo explica o atual secretário de Administração do município, Emivaldo de Castro (PT). “Esse projeto foi bom enquanto durou, ficou até famoso no Brasil, mas teve de ser extinto por recomendação dos médicos porque os velhinhos podiam morrer”, lamenta.

A preocupação médica se deu por conta de possíveis problemas cardíacos. Muito didático, Emivaldo de Castro simplifica: “se até jogador de futebol tem problema cardíaco, imagina os velhinhos”, e completa, “quem deve estar lamentando agora são as velhinhas”.

Já no projeto potiguar, para ter direito ao benefício, o idoso deverá apresentar o acompanhamento médico feito na rede pública de saúde e a receita prescrita, além de fazer um acompanhamento para ‘controlar’ prováveis efeitos colaterais.

O programa ainda depende, de acordo com o Diário de Natal, da regulamentação do Executivo para poder cadastrar os beneficiários e ainda aguarda uma possível inclusão do medicamento no programa Farmácia Básica, do Ministério da Saúde.

Já em Novo Santo Antonio, onde nasceu, não existe nenhum proposta ou pretensão de retomar o “Pinto Alegre”. Triste fim

a fonte é do diarionews
 

mantonelli

Oompa Loompa, do-ba-dee-doo
Cadastrado
25/02/2011
Mensagens
394
Reputação
6
Pontos de reações
1,455
Pontos
74
Mantonelli, você sente esse receio pois plantaram essa idea na mente da sociedade. Se perguntar a todos a respeito dos benefícios que acontecem ao nosso Eu, será do mesmo peso que você vê o relato do que é o poder do Espirito Santo para um evangélico. Claro que com essa idea de que o mundo tem dos psicoativos, do seu dia a dia, rotina e tudo o que te envolve até seus 31 anos, concerteza sua vida social, familiar (que não tem conhecimento fora do que leram a respeito e te julgariam como um problema) mudaria completamente.

Tudo em demasia é prejudicial, temos um plano social a seguir, assim como quem é obeso passa por várias dificuldades no dia a dia pela gula, se eu me entupir de droga e esquecer do resto com certeza atrapalhará minha vida. Porém sou a favor do seu pensamento, não só pelo fato de você ter sua opinião firme de não utilizar drogas, mas também pelo fato de que o mundo de hoje é assim, tem que ser assim e não vai mudar da noite para o dia. Se todos utilizassem enteógeno, todo esse pensamento rotineiro que existe, todo esse dia a dia em que passamos, deixaria de existir.

Temos que mentalizar as coisas boas, não deixar esse pensamento de cogumelo proibido afetar as nossas mentes, pois sabemos que estamos em busca de um mundo melhor e temos que exercer nosso direito e liberdade sobre isso. Até agente aqui deixa a informação nos gerar muitas duvidas, se você for em um festival tem até guarita da policia, os cana passando de boa você queimando um verde e não te prendem porque? Porque existe uma lado cultural que é liberado, tem que existir um equilibrio, tem um lado que não é "ilegal". Se fosse tudo como agente pensa que é, um exemplo seria ter blitz na saida de cada bar, balada, pegaria os motorista em leva, já pensou todo mundo perdendo a habilitação? Não somos traficantes, não devemos nada para ninguém, claro que devemos ter a consiência de que existe a lei do homem. Mas eu tenho fé que se agente vai pelo bem o pior já mais acontece, deixemos a lei no papel, no pensamento dos leigos.

Receio do que?

Apenas dei minha opinião sobre algo que é claro como a luz do dia, para quem tem olhos que funcionem.

Sou muito consciente de que cada um tem o direito de fazer o que quiser, inclusive tem gente que literalmente come bo%ta e é feliz. No entanto esse direito termina onde começa o direito do próximo.

Não inventei essa frase e todos aqui devem compreender o seu significado muito bem.

É a falta de bom senso em usar essa liberdade que faz com que os governos caiam de pau e isso não se aplica somente no uso de psicoativos.

Um exemplo bem claro é o tópico lançado hoje, ontem a menina ia comer um monte de cogumelos que "poderiam" ser venenosos. Se fossem teríamos uma toupeira a menos no planeta, no entanto imagine a repercussão disso.

Simples assim...

Abraço!
 
Última edição por um moderador:

mirador

Desligado
Cadastrado
31/01/2009
Mensagens
590
Reputação
0
Pontos de reações
473
Pontos
69
É a falta de bom senso em usar essa liberdade que faz com que os governos caiam de pau e isso não se aplica somente no uso de psicoativos.
Abraço!

Concordo com o que você diz em parte mas acho que há outros fatores, na verdade uma rede extensa deles.

Você não acha que se isso fosse assim tão simples, muitas outras coisas seriam proibidas também?

Veículos motorizados que andassem acima de 30km/h por exemplo, deveriam ser proibidos pois boa parte das pessoas não tem bom senso para utilizá-los acima dessa velocidade. Tenho minhas dúvidas se mesmo abaixo dessa velocidade seja sensato utilizar veículos motorizados em nossa atual sociedade. Entre tantos outros exemplos, como o uso de energia nuclear (putz), alcool (muito mais prejudicial para a sociedade do que as proibidas), entre tantas outras coisas.

Existem interesses de várias partes, inclusive de cunho racista por exemplo. Veja a proibição histórica da maconha. Além da parte política, comercial e até mesmo religiosas. Muitos interesses margeiam nossa liberdade, pode crer!

Acho que se o álcool é tolerado pela sociedade, todas as outras drogas deveriam; e seriam, não fosse a intensa campanha sem-pé-nem-cabeça que faz lavagem cerebral na humanidade há muito.
 
Última edição por um moderador:

mantonelli

Oompa Loompa, do-ba-dee-doo
Cadastrado
25/02/2011
Mensagens
394
Reputação
6
Pontos de reações
1,455
Pontos
74
Concordo com o que você diz em parte mas acho que há outros fatores, na verdade uma rede extensa deles.
Você não acha que se isso fosse assim tão simples, muitas outras coisas seriam proibidas também?
Veículos motorizados que andassem acima de 30km/h por exemplo, deveriam ser proibidos pois boa parte das pessoas não tem bom senso para utilizá-los acima dessa velocidade. Tenho minhas dúvidas se mesmo abaixo dessa velocidade seja sensato utilizar veículos motorizados em nossa atual sociedade. Entre tantos outros exemplos, como o uso de energia nuclear (putz), alcool (muito mais prejudicial para a sociedade do que as proibidas), entre tantas outras coisas.

No caso dos automóveis, por mim, poderiam banir os limites de velocidades.
Se o cidadão se acha competente o suficiente para andar à 200km/h, também deve ser responsável o suficiente para arcar com as consequencias dessa decisão.

Entenda que não estou puxando a brasa de ninguém.
O meu ponto é: se TODOS usarem o bom senso antes de tomar QUALQUER decisão, todo mundo ganha.

Existem interesses de várias partes, inclusive de cunho racista por exemplo. Veja a proibição histórica da maconha. Além da parte política, comercial e até mesmo religiosas. Muitos interesses margeiam nossa liberdade, pode crer!

Concordo!
Mas como alguém pode impor um limite à sua liberdade sem a sua conivência?

Acho que se o álcool é tolerado pela sociedade, todas as outras drogas deveriam; e seriam, não fosse a intensa campanha sem-pé-nem-cabeça que faz lavagem cerebral na humanidade há muito.

Bacana.
E o que você faz, hoje, para que isso possa acontecer?

O ponto é que no estágio atual da nossa sociedade isso não vai rolar.
Da mesma forma que a discriminação é histórica, a aceitação somente virá daqui há alguns bons anos, se todos agirem com, novamente, bom senso.

E não acredito em lavagem cerebral. Para mim isso é tentar retirar a culpa do nosso lombo e jogar no de outra pessoa. Com a quantidade de informação que temos à nossa disposição, todos nós temos as armas para entender os jogos de interesse que nos cercam.

Abraços!
 

mirador

Desligado
Cadastrado
31/01/2009
Mensagens
590
Reputação
0
Pontos de reações
473
Pontos
69
Se o cidadão se acha competente o suficiente para andar à 200km/h, também deve ser responsável o suficiente para arcar com as consequencias dessa decisão.
O mesmo podemos dizer das drogas, não?
Onde está o curinga?

Concordo!
Mas como alguém pode impor um limite à sua liberdade sem a sua conivência?
Não era o ponto do que conversávamos. Estava apenas ilustrando motivos e não justificando a proibição. Na minha opinião, há muito mais do que deixar a conivência para a questão da liberdade. Mas é outro papo.

Bacana.
E o que você faz, hoje, para que isso possa acontecer?

O ponto é que no estágio atual da nossa sociedade isso não vai rolar.
Da mesma forma que a discriminação é histórica, a aceitação somente virá daqui há alguns bons anos, se todos agirem com, novamente, bom senso.

E não acredito em lavagem cerebral. Para mim isso é tentar retirar a culpa do nosso lombo e jogar no de outra pessoa. Com a quantidade de informação que temos à nossa disposição, todos nós temos as armas para entender os jogos de interesse que nos cercam.

Faço muitas coisas para que isso possa se disseminar, inclusive escrever aqui.
Não me lembro de ter visto a humanidade agindo com bom senso. Não compreendo essa sua fé no bom senso. Acredito mais no amor e na compaixão do que no bom senso, e olha que são coisas raras.

Precisamos do bom senso de quem é PAGO pra ter bom senso: Nossos governantes.

Ao resto, a experiência se encarrega de aprovar ou desaprovar.

As pessoas precisam se informar e perceber o ponto ridículo da proibição: Impor fronteiras em suas mentes e corpos.

O homem só é senhor absoluto de seu próprio corpo (Ser).

A lavagem cerebral é o status quo afirmando sua manutenção perante os fracos. A maior arma na defesa da liberdade é perceber isto e focar a luta.
 

mantonelli

Oompa Loompa, do-ba-dee-doo
Cadastrado
25/02/2011
Mensagens
394
Reputação
6
Pontos de reações
1,455
Pontos
74
O mesmo podemos dizer das drogas, não?
Onde está o curinga?


Não era o ponto do que conversávamos. Estava apenas ilustrando motivos e não justificando a proibição. Na minha opinião, há muito mais do que deixar a conivência para a questão da liberdade. Mas é outro papo.



Faço muitas coisas para que isso possa se disseminar, inclusive escrever aqui.
Não me lembro de ter visto a humanidade agindo com bom senso. Não compreendo essa sua fé no bom senso. Acredito mais no amor e na compaixão do que no bom senso, e olha que são coisas raras.

Precisamos do bom senso de quem é PAGO pra ter bom senso: Nossos governantes.

Ao resto, a experiência se encarrega de aprovar ou desaprovar.

As pessoas precisam se informar e perceber o ponto ridículo da proibição: Impor fronteiras em suas mentes e corpos.

O homem só é senhor absoluto de seu próprio corpo.

A lavagem cerebral é o status quo afirmando sua manutenção perante os fracos. A maior arma na defesa da liberdade e perceber isto e lutar contra.


É nessas horas que desejo um apocalipse.

Boa sorte à todos nós e abraço!
 

mirador

Desligado
Cadastrado
31/01/2009
Mensagens
590
Reputação
0
Pontos de reações
473
Pontos
69
É nessas horas que desejo um apocalipse.

Boa sorte à todos nós e abraço!

Sim, um dia nos encontraremos, daqui alguns tantos Eons, e aí concordaremos em todas os pontos.
Pemanecerei aqui nessa caverna apocaliptica até o dia em que finalmente criarmos a máquina cósmica do tempo - E então será o encontro.

:) Abraço, e boa viagem.
 

Psilocybius

Primórdia
Cadastrado
17/02/2011
Mensagens
46
Reputação
1
Pontos de reações
31
Pontos
39
Acho que a legalização ia acabar com coisas boas tais como o CM, pensem se fosse algo legal pessoas venderiam em lojas, banalizaria nosso tao precioso bem, virando comercio perderia maior parte do significado. Cogumelos mágicos seriam apenas cogumelos comum encontrados em qualquer loja.

Mas ao meu ver em relaçao aos cogumelos, o ideal seria legalizaçao parcial, tipo apenas para cultivo e consumo próprio.
 

mirador

Desligado
Cadastrado
31/01/2009
Mensagens
590
Reputação
0
Pontos de reações
473
Pontos
69
Pra tudo há banalização, que está sempre nos olhos de quem vê.
Não poderiamos encontrar algo grandioso no mais banal dos atos? Eu respondo por mim: SIM.
Eu sou um ser humano comum, encontrado em qualquer cidade. Sou mesmo?

A legalização de qualquer coisa, contanto que não ofereça riscos diretos ao próximo. Cogumelos não são radioativos!!!

Paz no japão.
 

False

Cogumelo maduro
Cadastrado
12/02/2011
Mensagens
90
Reputação
0
Pontos de reações
107
Pontos
46
Acho que a legalização ia acabar com coisas boas tais como o CM, pensem se fosse algo legal pessoas venderiam em lojas, banalizaria nosso tao precioso bem, virando comercio perderia maior parte do significado. Cogumelos mágicos seriam apenas cogumelos comum encontrados em qualquer loja.

Pense futuramente quantas coisas melhores existiriam, temos que desapegar de algumas coisas boas para receber outras melhores. Claro que primeiramente existiria um grande impacto, o mal uso, mas tudo isso já existe, temos que legalizar para a longo prazo acabar com a banalização e ser aceito apenas como uma cultura. Os cogumelos já estão ao alcance de quem deseja experimenta-los, inclusive a maioria que vai experimentar na primeira vez tem a intenção de ficar locão, nem imagina as boas surpresas que o aguarda, o conhecimento, e é essa visão que as pessoas tem que temos que mudar, e só vai mudar quando for aceito. Um exemplo de tudo isso são os países que podem comercializar qualquer strain, os coffee shops, não é porque lá pode que todo mundo usa. Pelo contrário, depois que legalizar e passar toda essa novidade, o mundo teria outra visão, nós seriamos apenas uma classe a mais aceita pela sociedade, com avanços na cultura, ciência, tecnologia, agricultura, saúde, já pensou no fim de todas essas doenças psicológicas que atinge a atualidade? Tenho certeza que os filhos de nós que estamos aqui no CM já nascerão com uma idéia diferente, já terão todo o conhecimento em seu DNA, respeitarão o próximo, entenderão o que é o amor, deixarão a ganância de lado. E tenho certeza que devemos muito de tudo as nossas experiências, na transformação que acontece ao nosso Ser, o desapego material e a evolução espiritual. De que adianta saber que somos o submundo da consciência e o mundo lá fora não tem um minuto de trégua. E outra, não tem ainda em qualquer loja a não ser virtual, mas tem em qualquer boca, não os cogus mais seu clone ácido, ou seja mais banalizado do que estamos?! Isso tem que acabar
 

False

Cogumelo maduro
Cadastrado
12/02/2011
Mensagens
90
Reputação
0
Pontos de reações
107
Pontos
46
mantonelli disse:
Nunca usei nada além do álcool, mas sou curioso sobre os cogumelos. Apesar de ter meus 31 anos e ser adulto o suficiente para decidir se provo ou não, tenho a obrigação de conhecer os limites e saber como isso afetará os que me cercam.

False disse:
Mantonelli, você sente esse receio pois plantaram essa idea na mente da sociedade e blá blaá blá

mantonelli disse:
Receio do que?

Apenas dei minha opinião sobre algo que é claro como a luz do dia, para quem tem olhos que funcionem.

Receio foi um modo de expressar a respeito da sua curiosidade sobre os cogumelos e os danos que podem trazer a você e aos que te cercam. Se não existisse está repressão do mundo a respeito dos enteógenos e esse leve toque de curiosidade seu sobre os cogumelos, provavelmente você já teria experimentado.

E "talvez" toda essa opinião sobre algo que é claro como a luz do dia para os bons olhos que funcionam ( mesmo que você nunca teve uma experiência para realmente saber se tudo está tão claro como parece ser), poderiam enxergar a existência de uma neblina que acerca a humanidade. E tudo que você citou ali no outro post a respeito de bom senso e lavagem cerebral, partiria de quem está acima de nós, bom senso entre as pessoas nos dias de hoje como? Crianças que já nascem no meio de tráfico e violência, com uma idéia de que são bixos (sem generalizar) vão ter esse bom senso a partir de quem? Ou você acredita mesmo que não existe comida para todo mundo? Que as pessoas que estão brigando por Deus, são fantoches do comércio do Petróleo, que a tal liberdade que temos na verdade é a mesma escravidão de todos os tempos, a diferença é que podemos ir e vir acreditando que somos livres. Não podemos cultivar nossas drogas porque temos que comprar as drogas que eles querem, pois geram os mesmos impostos de 2000 anos atrás, que a Ritalina é a cocaína de caixinha para a depressão. Mais claro que a luz do dia, é o sol brilhando no universo(expandindo a mente), afinal é ele um dos fatores com que fazem esse enteógeno 100% natural, tão divino que vem da bosta da vaca, a ser proibido pelo vulgo "Deus" mais conhecido como o homem.
 
Última edição por um moderador:
Top