Ética, postura e inteligência.

Salaam`aleik

Kal-hifa
Administrador
Como me dizia um sábio amigo meu, aluno de gnose: "o segredo é a lei do Universo"

Não temos que tentar explicar nada, afinal, as pessoas não vão entender... Muito menos tentar mudar a opinião da massa, ou pior, tornar o conhecimento sobre os cogumelos mainstream.

A partir do momento que cogumelos forem bastante conhecidos, facílimos de se obter, e ficarem populares, pode ter certeza que eles serão de alguma forma proibidos, e/ou os cultivadores (nós) rechaçados, caçados como bruxas...

É só sair uma reportagem no domingo à noite, assim como aconteceu com a huasca e a vacina do sapo kambô. Aí, meus amigos, todo mundo vai saber que esses cogumelos aí não são só ciência, curiosidade, e muito menos decoração... Desse momento em diante, a paz acabou.

Eu pelo menos, sei que vivo em meios onde "psicodelia" e "enteogenia" são palavras desconhecidas... E como foi das idades da pedra até as trevas, tudo o que é novo e desconhecido, traz o medo e a raiva. Meios onde o uso de qualquer tipo de substância, que não seja álcool, cigarro ou café, não é nada bem visto, e são apenas "drogas". Quem usa é um "drogado", e essa pessoa é doente, precisa de tratamento... por aí vai. Quando não, no mínimo a pessoa é considerada estranha, disfuncional, "louca".

Muitas pessoas, inclusive no trabalho, até sabem do meu uso de sintéticos, o que hoje é até bem comum em festinhas. Não sei como encarariam porém os cogumelos, que são desconhecidos para a maioria mesmo para quem já tem outras experiências. "Coisa de louco", de quem vê duendes e conversa com plantas...

Então eu prefiro manter as coisas "na moita", porque se todo mundo souber, a chapa esquenta. E quando a temperatura aumenta já sabem, prejudica o crescimento do micélio, aumenta a chance de contaminação. Faço aqui uma analogia da vida particular, carreira profissional e etc. Que nesse caso temos apenas 1 cultivo, e não queremos atrasar, precisamos de bons flushs. O micélio da vida!

Abraços e boas trips a todos!
 

Mexicouts

Artífice esporulante
Membro Ativo
A partir do momento que cogumelos forem bastante conhecidos, facílimos de se obter, e ficarem populares, pode ter certeza que eles serão de alguma forma proibidos, e/ou os cultivadores (nós) rechaçados, caçados como bruxas...
os cogumelos ao meu ver são bastante conhecidos, tanto nos video games, tanto nos desenhos animados, tanto na culinaria, acho q é uma das coisas mais conhecidas que se tem noticia, muito mais que ayahuasca, maconha, cocaina, nao pelo visto de drogas, mas pelo seu abalamento e misterio que ele passa, todos gostam de cogumelos, nao por sua loucura proporcionada, mas pelo seu estilo de vida, o cogumelo pra mim é o estilo de vida mais louco que eu conheco na terra. nao no estilo de vida q a gente usa ele e pronto, estou falando do estilo de vida do proprio cogumelo, nascer nas fezes, nascer debaixo de plantas grandiosas, nascer em cadaveres de insetos, esse estilo de vida eh maneiro
mario, smurfs, comida, alice, vikings, maria

cogumelo querendo ou não temos o receptor muscarinico, e esse nome vem de onde? de um cogumelo

cogumelo é pop colega, cogumelo entra em qualquer cultura
cogumelo nasce em todo canto, cogumelo é bom dmais, muito facil de se obter pra quem sabe onde achar, mesmo aqueles que nao sabem acham
nao tem como proibir uma coisa que nasce na merda que enche o seu e o meu pandu, mesmo aqueles q sao vegas consomem os danados
nao seremos caçados, por que ja somos os caçadores
 

Salaam`aleik

Kal-hifa
Administrador
Claro que tem cogumelos por todo canto, de verdade e representados nas artes, e todo mundo já ouviu falar em "chá de cogumelo", mas as pessoas leigas não ligam uma coisa com a outra... Pra maioria isso é lenda ou coisa de outro mundo - "esses cogumelos devem ser coisa perdida lá no meio da amazônia", etc. Parecem muito raros e difíceis de obter, além de muito arriscados de consumir, quem consome fica louco pra sempre e bla bla bla. Igual aquela historinha do LSD que contavam na escola, diziam que dava náuseas, fazia ver elefantes roxos e cuidado com a tatuagem de estrela na banca de jornal. Ninguém dizia o quanto é legal.

Se todo mundo soubesse o quanto é fácil achar os ditos e que eles crescem na merda em qualquer lugar, a molecada toda ia experimentar cogumelos, e não maconha aos 14 anos... Nas raves ia ter cogumelos, não "doce". Pensa bem, é mais fácil fazer cogumelos, do que LSD... Havendo a demanda, alguém começaria a vender os nossos amiguinhos... Fazer grandes cultivos... Polícia fazendo blitz em fazendas, incinerando cogumelos na TV... E toda a irracionalidade que já estamos acostumados.

A Anvisa já proibiu por exemplo, o cultivo de Salvia Divinorum. (sem muito critério, pois existem outras tantas plantas...)
Espero não ver o dia que o cultivo de cogumelos seja criminalizado. Senão vão ter que prender também a natureza, a chuva e os bois!
 

canncogu

Primórdia
Membro Novo
To aqui nesse forum fuçando ja tem uns 3 anos anonimamente, só agora comecei a postar e contribuir com os debates. Devemos conter nossa ansiedade, e deixar o tempo nos mostrar o momento certo! Já conversei muito com colegas de faculdade sobre os cogumelos, mas a aceitação é mínima, eles preferem o jeito fácil, tudo sintetizado, so meter na boca e CABUM! Entao e melhor deixar como esta, quem tiver de aprender, vira aprender.
Paz e luz no nome de Jesus!
 

Salaam`aleik

Kal-hifa
Administrador
"o segredo é a lei do Universo"
Um dos significados desta afirmação, é algo que me veio hoje, e gostaria de compartilhar.

Em suma, ela explica que, às vezes, as conclusões que se podem tirar de determinadas afirmações ou situações, não são tão aparentes. Nós, ingênuos, acabamos por contar, ou mostrar, para alguém, algo que não deveríamos ter contado, ou mostrado... Quem nunca?

A lei, o segredo, neste caso, é algo análogo às três peneiras de Sócrates. Podemos propôr as perguntas:

1) O que você vai contar/mostrar/postar (doravante, "divulgar"), é prejudicial, a você, à comunidade ou a terceiros?
2) O que você vai divulgar, permite saber, inferir, ou deduzir algo real, sobre você ou, principalmente, outra pessoa?
3) A outra parte para quem você está divulgando, precisa saber? E porquê?

Se a resposta for sim a qualquer uma dessas perguntas, ou em qualquer delas houver dúvida: não conte, não divulgue, não publique. Mantenha para si.

Como agente secreto, e ortodoxo seguidor dos preceitos do Caminho Suave, acredito que para "ligar os pontos", precisa haver pelo menos dois... Então numa situação onde se deseja anonimidade, quanto menos pontos houver aparentes, melhor.

Nomes, lugares, datas, quantidades, imagens, até mesmo frases e palavras... Cuidado com tudo o que se divulga aqui, pois além de tudo, é um fórum aberto. (abro aqui um parêntese: alguém já notou o quanto é fácil achar o CM.org no Google? eu até uso o Google para pesquisar nos tópicos... [#fica a dica ;)])
Para complicar, tem a informática - há mais vazamentos entre nossos dedos e o fórum, do que sonha nossa vã noção de privacidade ;)

Há pessoas que não ligam nem um pouco para isso tudo, colocam o próprio nome real aqui, e fazem até um feicemelo... :eek:

...eu, pelo visto, estou no extremo oposto :roflmao:

Paz e luz!
 

Anão

O Homem Risonho
Membro Ativo
Discrição é importante. Mas acho que é algo da natureza, da nossa inocência, que nos faz gritar aos quatro ventos tudo o que gostamos. Não é por vanglória, não é por orgulho, acho que está nos mais básico dos instintos. Ao encontrarmos algo novo, mágico, enriquecedor, queremos compartilhar. Quem nunca pensou durante uma trip que "todas as pessoas do mundo deveriam sentir isto que estou sentindo agora"? Não sei se é algo pessoal, mas eu já senti isso várias vezes. Ja despertei este sentimento em outras pessoas, que entenderam a mensagem e foram gratas. Meu pagamento é que elas continuem espalhando a informação, semeando esta ferramenta de auto-descobrimento.
Claro, algumas pessoas de fato não estão preparadas, algumas nunca estarão.

Sobre as leis, acho mais difícil. Os cogumelos são muito abundante nos pastos, são diferentes de uma planta como a sálvia, por exemplo. Além disso, a substância alucinógena do cogumelo já é regulamentada. O que significa que o porte/uso/venda é análogo ao de outras drogas, ou seja, proibido. Porém não existe um "mercado" tão forte, é um nicho muito menor, que não movimenta muito dinheiro nem financia crimes, portanto não há tanta atenção em cima deles. E por fim, os cogumelos fazem parte da história, tradição e religião de diversas tribos que já estavam aqui, e nisso não se mexe (exemplo: ayahuasca legalizada).
 

Lulógena

Hifa
Membro Novo
viridis...achei de grande valia e partilho do seu pensamento em muitos pontos, como o de não sair por ai falando com admiração dos cogumelos e do cultivo dos mesmos, uma vez que nosso mundo infelizmente é integrado em maior quantidade daquelas pessoas que tem o pensamento formado a partir da mídia e de tudo que ali é trago. Essas pessoas que acham que a felicidade se encontra em prazer imediato, em uso abusivo de ácool, cigarros, sexo sem compromisso e amor ao outro...como dizer á elas que cultivar cogumelos é algo belo, mágico e que usá-los para benefício interior e tambem e por que não exterior é sim possível e que nele podemos enxergar muito mais do que vemos, o real e o surreal unidos em um só momento, um encontro do divino em nosso ser numa bela maneira...Seria muito dificil explicar a uma pessoa normal o significado de tudo isso!! Mesmo sendo um mundo maravilhoso, temos que guardá-lo só para nós. Tenho muita vontade de falar com algumas pessoas sobre, principalmente colegas de faculdade, uma vez que pretendo fazer minha monografia sobre possíveis usos terapeuticos da psilocibina, mais temo muito por ser de pouco conhecimento dos mesmos. Acredito que todos devessem saber sobre, já que beneficiam tanto a vida dos usuários, algo de bom ali existe, e porque não explorá-lo?e se esta ai na natureza então é sim para toda a humanidade, temos que mostrar a todos sim, mais com cautela, com ensinamento e com devida paciencia para aprimorar a essas pessoas a descoberta de um novo mundo.
 

Jahbaa

Primórdia
Membro Ativo
1) O que você vai contar/mostrar/postar (doravante, "divulgar"), é prejudicial, a você, à comunidade ou a terceiros?
2) O que você vai divulgar, permite saber, inferir, ou deduzir algo real, sobre você ou, principalmente, outra pessoa?
3) A outra parte para quem você está divulgando, precisa saber? E porquê?
Se a resposta for sim a qualquer uma dessas perguntas, ou em qualquer delas houver dúvida: não conte, não divulgue, não publique. Mantenha para si.
Allah akbar! Mas o "sim" na assertiva número 3 não seria um fator que deve te levar a falar sobre os cogus? Hehehehe...Abc
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo
Minha segurança se restringe ao preconceito de quem tem preconceito se isso for afetar financeiramente a minha vida. No mais, ninguém tem nada a ver com a minha vida. Em 100% das vezes que segui essa regra, fui muito feliz. Inclusive, essa regra também dita que eu não tenho nada que sair falando aos quatro ventos o que faço da minha vida. :D

Bem, minha família sabe que eu sei dizer um "foda-se" bem grande na cara deles, se agirem como loucos ou se tentarem sobrepor a vontade deles à minha. Ocorre que, pra mim, a conexão afetiva vale mais que a mera ligação de sangue. Meu filho me ama porque sou bom pai, não porque ejaculei dentro da mãe dele num passado esquecido. Mas voltando à família como um todo, eu os amo e eles me amam, e me aceitam. E se não aceitarem? Pelo amor de Deus!!! Você ainda é sustentado, ou mora numa cidade onde vão te linchar? Fala sério, isso vai passar.

Sabe como se lida com rejeição? Com um compreensivo e amoroso "foda-se". :roflmao: Lembre-se de não guardar mágoas, na medida do possível!

Por outro lado, no ambiente de trabalho é sempre bom ter cuidado. Afinal, preconceito pode gerar demissão, e acho que ninguém é tão burro. Avalie no seu local de trabalho até que ponto você pode falar sobre o tema com alguém, ou se não pode em absoluto.

No mais, cogumelos são sagrados. Não se brinca, não se fala a toa, não se arrisca a falar e a pessoa dizer merda. Escolha com quem você conversa. :) Digo mais, também é ético saber abrir de forma saudável o caminho pra outra pessoa que precise e possa conhecer os cogumelos para ajudar a melhorar a vida dela.
 
Última edição:

LORD_OF_STASH

Hifa
Membro Novo
Esse é um dos tópicos que deveriam obrigatoriamente ser lido antes de qualquer coisa, favorece muito o convívio saudável e a sobrevivência pessoal de cada um no ambiente em que vive. Eu sou bem discreto, sou cristão. Não falo pra ninguém sobre isso tudo porque eu sigo mais ou menos a rigor algumas coisas escritas na Bíblia que muitos bem ou mal vão concordar comigo:
Mateus 6:3 :Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
Isso vale pra tudo na vida. Se for planejar uma viagem, não saia contando pra todo mundo. Se for estudar pra algum concurso, nao saia falando pra todo mundo. E se for consumir ou cultivar cogumelo, entao nao saia falando pra todo mundo, simples assim. Certeza voce estará seguro e tranquilo, é a realidade. Pelo menos é a minha.

Gênesis 1:29 :E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.
Isso é o que tenho a dizer sobre tudo que a natureza dá. Peixes, frutas, legumes, cogumelos...

Salmos 53:3 : Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não, nem sequer um.
E isso é o que tenho pra dizer quando dá merda. A culpa é da pessoa que não sabe se conter ou usar, e não do cogumelo em si. Por exemplo, meu caso. Para mim o uso é pra remédio, e não pra recreação, estou falando de mim. Cada um faz sua escolha.

Eu nao comento nada com ninguem a respeito disso mais porque nao quero ouvir segunda opiniao, eu mesmo nao dou segunda opiniao em nada na vida de ninguem sabe... Mas minha família sabe de tudo, digo os meus pais, porque tenho uma pequena biblioteca a respeito do assunto com cerca de 15-20 livros, a maioria em ingles. Mesmo assim meus pais entendem ingles entao nao tem como esconder nada deles mas eles compreendem, e aqui nao é o Hogwarts do Harry Potter pra ter biblioteca reservada kkk :sneaky: . Fica no meu quarto mas com certeza eles sabem que em algum momento aquilo saiu da teoria pra realidade, até pq eles já viram terrário em pleno vapor rs...
Enfim, é isso.
Paz e amor a todos.
 

NixPigeon

Hifa
Membro Novo
Eu só contei pra minha mãe, porque moro com ela, e ela achou de boas.
Só duas pessoas fora daqui sabem, meu namorado e minha mãe, mais ninguém...

Tinham me dito que não é ilegal plantar cogumelos e fazer uso deles, mas que é ilegal o extrato, o psicoativo e tal... Isso é verdade ou cogumelo é ilegal mesmo? Eu sou meio desinformada dessa parte :I portanto sempre mantive segredo até que fiz uso do bichinho.
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo
Sobre ser legal ou não, é o que você disse: o cultivo não é, a substância isolada é. Tem um longo debate sobre isso neste outro tópico, mas vai achar posições em contrário. :coffee:
 

Tranquilin

Esporo
Membro Novo
achei interessante sua colocação viridis, mas assim como a intenção do forum é estimular o debate e a troca de informação, me posicionarei com tal finalidade. Mesmo que pouquíssimas pessoas estejam receptivas a conversar a respeito dos psicodélicos e até mesmo da psicodelia como arte/estilo de vida, qual seja sua visão a respeito dela, em um meio tão tóxico que vivemos, nao entrando especificamente no assunto "Brasil", mas sim em um sentido social, talvez seja necessário que enfrentemos então as coisas que não nos fazem sentido, óbvio que o sentido que você descreveu foi diferente do qual eu trouxe em meu texto, mas aproveitei o gancho, afinal o sentimento egoico e a vontade de contestar é muitas vezes algo difundido por nós mesmos... Tomemos o exemplo do assim dito "papa do lsd", Timothy leary, sera que ele realmente tinha o que os psicólogos da época disseram que tinha?! "Princípio de grandeza" disseram eles, eu digo que foi alguém que quis expor ao mundo(no meu ponto de vista, ele tomou os caminhos errados quando tentou se meter com os filhos da classe social mais "difícil", obviamente me refiro a classe média) sua ideia de renovação pessoal que levaria um bom viver social...
Então deixo a todos mais uma questão, para complementar o pensamento do amigo viridis...
O que você tem feito para atuar no seu convívio social?
 
Superior