Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Sobre cultivos / cogumelos contaminados ou estragados, e consumo

Salaam`aleik

Kal-hifa
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
16/01/2014
Mensagens
1,326
Reputação
44
Pontos de reações
4,969
Pontos
56
Não sei se existe algum tópico sobre o assunto, porém não encontrei... Acho que deveria haver um "sticky" em algum lugar sobre isso. Se já existir, fiquem à vontade pra juntar o que apresento aqui...

Tive essa idéia agora pouco, lendo um relato de quase morte, e também baseado em algumas experiências próprias, sobre infecções e intoxicações alimentares.

Em primeiro lugar, vejo vários tópicos sobre contaminação (temos até uma seção do fórum sobre isso), e muitos, muitos posts de a) cultivadores querendo salvar cultivos contaminados e b) os membros mais experientes dizendo pra jogar tudo fora e começar de novo.

O que eu não vejo ninguém dizendo (claramente) é,

1) PORQUÊ jogar tudo que estiver contaminado fora, como se fosse o vírus do Ebola.

A forma como vejo discutido aqui no fórum, normalmente dá a entender que o efeito da contaminação, é apenas prejudicar o cultivo... Mas acho que vai um pouco além disso. A resposta está na segunda pergunta,

2) Porque NÃO consumir cogumelos estragados, ou de cultivos contaminados, mesmo que fervidos, esterilizados, flambados ou abençoados pelo Papa.

Contaminação todo mundo sabe, é a presença de um outro fungo (ou bactéria) no cultivo que era pra ser só o micélio de Cubensis. Já os cogumelos estragados, são os próprios cogumelos sendo decompostos por algum outro organismo, que pode ser um (outro) fungo ou uma bactéria.

Num caso de infecção por bactéria por exemplo, o que mata as pessoas não é a bactéria em si, e sim as toxinas produzidas por ela ("xixi" de bactéria). Portanto ferver, esterilizar etc., não torna nada (nada) que esteja estragado, novamente próprio para consumo. As toxinas já estão lá, e farão mal se forem ingeridas. Tanto faz se as bactérias estão vivas ou mortas.

:teo_seta_direita: Claro que se as bactérias estiverem vivas, ainda há a possibilidade delas continuarem a se reproduzir dentro do organismo, e assim gerarem mais toxinas. Se essas bactérias forem mais fortes do que as nossas defesas imunológicas, ou mais agressivas do que as que já existem no nosso organismo (no caso, por exemplo, do intestino), caracteriza-se a infecção maligna, que requer, por exemplo, o tratamento com antibióticos.

Xixi fervido continua sendo xixi. Leite estragado fervido não vira leite bom, e vinagre fervido não vira vinho. Porquê ferver cogumelos estragados, ou contaminados por outro organismo, iria torná-los saudáveis para consumo?

Acredito que devido a isto, TODA contaminação representa um risco potencial à saúde... E contaminações devem ser tratadas com respeito, seja no cultivo de cogumelos, ou naquele pote de requeijão esquecido na geladeira. Não só no caso de consumo, pois fungos e bactérias também podem infectar a pele, ou serem inalados por via aérea.

Especialmente no caso de cultivos de cogumelo, o que estamos fazendo é uma "seleção natural" de culturas... Com grande potencial para culturas dos organismos errados, e em grandes números, o que os torna difíceis de serem combatidos.

Portanto... Parece que está estragado? Tem uma "agüinha" suspeita? Cor estranha? JOGUE FORA!! E com cuidado...

Saúde sempre, em primeiro lugar!

Paz.
 
Cadastrado
25/01/2016
Mensagens
66
Reputação
3
Pontos de reações
164
Pontos
14
Boa discussão, tive a cultura atacada por Penicillium italicum não vou descartar nada porém não vou cultivar os cogumelos no ambiente que desejo cultivar as cogumelos. Farei em garrafas pet mesmo, pois estou sem esterilizantes. Minha companheira é alérgica a penicilina e também deve consumir os cogumelos pois a alergia é super leve.

O P. italicum atacou apenas alguns grãos que permaneceram inteiros após passar no liquidificador, e também na panela de pressão por 90 min. De qualquer forma o dia dos contaminantes estão contados. Interessante ver que a galera aqui corre atrás das informações.

Geralmente tememos o que desconhecemos ; )

Abraços
 

LisaFaganello

Esporo
Cadastrado
23/08/2020
Mensagens
37
Reputação
0
Pontos de reações
141
Pontos
3
Eu não consumi o cogumelo, porém deve ter algum inseto viajando, loucão... 😂🛸
 

Anexos

  • P_20200917_073809.jpg
    P_20200917_073809.jpg
    1.5 MB · Visualizações: 8

LisaFaganello

Esporo
Cadastrado
23/08/2020
Mensagens
37
Reputação
0
Pontos de reações
141
Pontos
3
Você pode tentar outdoor com tudo. Mas vai perceber que alguns, em que o substrato mal desenvolveu micélio de cubensis ou pan, são muito difíceis de produzirem algo.

Outros, com contaminantes muito agressivos, principalmente Trichoderma, também tendem a produzir pouco, ou nem frutificar.
Bom, veja como a natureza é sabiá, senão frutifica suas plantas teriam um excelente substrato, minhas plantinhas que receberam os bolos contaminados em sua proximidades estam bem mais bonitas. Obs.e os cogumelos nasceram fortes e me renderam carimbos bem espessos para os próximos cultivos.
 
Top