Existem milhares de páginas com informações e dicas sobre isso. O que você deve fazer é pesquisar, tanto na internet quanto em bibliotecas. O cultivo de cogumelos exige muito estudo, portanto quanto mais você pesquisar, melhor resultados poderá obter. Para iniciantes, eu recomendo insistentemente o uso da técnica de PF primeiro, para depois você ler os livros e usar outras técnicas e conhecimentos extras. Siga as instruções letra por letra, sendo por inteiro fiel à técnica. Depois de alguma experiência, faça algumas pesquisas e ai sim tente usar técnicas mais complexas.

:!: 1 – Leia o manual. Siga as instruções dadas em relação à sua técnica. 90% de cultivadores iniciantes têm problemas porque eles não seguem a técnica à risca e improvisam demais. Se você quer uma experiência de cultiva agradável e compensadora, não pense, apenas siga as instruções. A técnica de PF (do site Psilocybe Fanaticus) é a técnica preferida para cultivadores de primeira viagem. Se você seguir a técnica, seu sucesso está praticamente garantido. Seguir a técnica é o fator mais importante em seu sucesso! Não vacile!

:!: 2 – Esterilização = Sucesso. Esterilização e limpeza são fatores importantes no cultivo. O ambiente deve estar o mais estéril e limpo possível. Quando você estiver esterilizando seu substrato em uma panela de pressão ou em banho-maria, esterilize tudo por pelo menos 45 minutos à 15 psi ou 1 hora em banho-maria. Quanto mais limpo o seu ambiente, mais chances de sucesso você terá. Quando estiver mexendo com os equipamentos ou cultivando ou em qualquer fase da preparação, é recomendado que se use uma máscara facial (de médicos) para que você não respire nas coisas.

:!: 3 – Usando sementes. Se você esta usando sementes, deixe-as de molho por entre 12-24 horas em temperatura ambiente antes de esterilizar. Assim, endósporos, bactérias, vírus, fungos indesejados e vários outros “bichos escrotos’’ não destruirão seus cogumelos. Fazendo assim, você permite que os endósporos e outros organismos germinem e se tornem suscetíveis à esterilização. Se você estiver com problemas de contaminação, afogue suas sementes.

:!: 4 – Quantidade de água no substrato/casing. Isso é um pouco complicado, mas a regra geral diz que é melhor mais seco do que molhado (claro, equilíbrio é o nosso objetivo). Depende de qual substrato você esta usando. Você quer ver seu substrato úmido e não molhado. Faça o teste. Pegue um copo cheio de vermiculita e coloque em uma tigela. Adicione água aos poucos e vá sempre mexendo. Quando você achar que está úmido, pegue uma mão cheia da vermiculita e esprema o mineral. Se água jorra de sua mão, esta muito molhado. Se uma ou duas gotas caírem, já estará bem perto. Lembre-se da consistência da vermiculita para consulta no futuro.

:!: 5 – Temperatura. Muitos novatos penam com isso. Alguns esquentam seus substratos a 37 °C e outros a 15 °C. A temperatura ideal para o crescimento do micélio (para o P. cubensis) é de 27 °C. qualquer coisa muito abaixo disso, atrasa o desenvolvimento do micélio. Qualquer muito coisa acima disso pode até matar o bolo.

:!: 6 – Paciência. Paciência é a maior virtude que as pessoas menos têm. Todos nós não a temos. Mas lembre-se de que crescer cogumelos toma tempo. Idealmente, um novato poderia ver sua colheita em torno de 3 semanas. Mas seja realístico e espere algo entre 5-6 semanas.

:!: 7 – Provedor de esporos. Vários perguntam onde arrumar os esporos. Existem vários bancos e lojas online que vendem esporos. O método de aquisição mais utilizado pelos cultivadores é através de bancos de esporos como o FSRE e outras opções constantes em nosso Biblioteca, além do subfórum Compartilhando & Trocando do Teo (termos para acesso ao C&T). Clique aqui para mais informações.

:!: 8 – Casing. Se depois de seguir a técnica PF e adquirir maravilhosos cogumelos, você quiser ter um campo maior, com mais produção, casing deve ser a sua tentativa. Basicamente, no casing você cobre seu substrato colonizado com solo, musgo e vermiculita. Se você optar por isso, existem varias técnicas boas no site. Olhe no subfórum de casing, bem como na Biblioteca (em Perguntas Frequentes / Casings ou em Guias de Cultivo / Bolos & Casing). É bom esterilizar o casing para evitar qualquer contaminação, mas muitos acham isso desnecessário. Bom, é sempre melhor prevenir do que remediar, já diziam os antigos. Esterilize assim. Prepare o casing com um pouco a mais de água, coloque em um recipiente para micro-ondas e aqueça por dez minutos. Espere esfriar e siga sua técnica de casing escolhida.

:!: 9 – Na dúvida, pergunte. O Teonanacatl conta com pessoas com um conhecimento um pouco já avançado com cogumelos. Se você estiver em dúvida quanto à alguma parte do processo, não faça o que você acha que vai dar certo. Improviso é uma ótima maneira de perder cogumelos. Siga a técnica e entenda tudo antes de começar.

:!: 10 – Se tudo der errado. Se você não quer ter o dedão branco e foi amaldiçoado pela contaminação, você pode comprar jarras com o substrato previamente esterilizado de vários sites na internet. O preço é geralmente salgado, mas se você não consegue cultivar (ou não quer) e tiver um dinheiro sobrando, é recomendado comprar uma ou duas jarras e uma seringa. Se você comprar duas jarras e uma seringa, é recomendado usar um pouco mais de solução de esporos (4 cc por jarra) e guardar 2 cc para o futuro. Isso não garantirá seu sucesso, mas com certeza pula alguns degraus e facilita muito, apesar de perder um pouco o "amor" que temos por aquilo que fazemos nós mesmos. Esse é o ultimo conselho.

Se você seguir as orientações de sua técnica escolhida e tiver um pouco de sorte, você será agraciado com várias colheitas de cogumelos.

Boa sorte, tenha consciência do que vai fazer, vá com calma, leia, estude muito e, o mais importante – faça um bom proveito dos ensinamentos que o cogumelo pode lhe trazer.
Fonte
Autor: @NeuroFX