Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

O Que Não Deve Ser Feito

  • Criador do tópico Mauricio
  • Data de início
M

Mauricio

Visitante
Muitos cultivos não avançam ou sequer iniciam devido a erros básicos ou mal interpretação do método a seguir.

Segue aqui uma lista do que não deve ser feito.

A lista está aberta aguardando novas sugestões.



Antes de começar:


1º - Não inicie seu cultivo antes de uma leitura nos textos disponíveis no fórum.

https://teonanacatl.org/threads/começando-links-básicos.633/


2º - Não abra seu carimbo para ver como ele é.

Abra para iniciar o trabalho.

3º - Não inicie com dúvidas, tipo: Isso eu sei fazer, pulo isso que não sei fazer e faço o que sei adiante.



O substrato:


1º - Não coloque açúcar.

2º - Não use farinhas (arroz , milho , trigo, etc.) finas como talco.

3º - Não coloque muita água na mistura.

Melhor pouca água do que muita água.



A Esterilização:


1º - Não coloque muita água na panela de pressão.

Vai entrar água no pote e encharcar o substrato.

2º - Não levante a válvula da panela de pressão enquanto houver pressão interna.

O tampão de papel alumínio que cobre a boca do copo será arrancado da boca do copo.

3º - Não abra a panela de pressão enquanto não esfriar totalmente.

Vai gerar muita umidade no interior do copo.

A fita durex não vai colar se o copo estiver quente

4º - Não deixe o copo aberto quando sair da panela de pressão.

Vede, imediatamente, com fita durex.



A confecção da seringa:


1º - Não use todo o carimbo, é a garantia de reiniciar, se ocorrer um erro.

2º - Não use água tratada, tem produtos químicos.

3º - Não coloque água quente (puxou água fervendo para a seringa) sobre os esporos.

4º - Não rasgue o alumínio/plástico/papel que embala o carimbo.

Ele servirá de embalagem após o uso.

5º - Não toque o carimbo com a ponta dos dedos.

6º - Não esfregue o carimbo.

Raspe com uma pázinha ou estilete a 90º da superfície do alumínio.




A inoculação:


1º - Não inocule o copo se estiver ainda quente

2º - Não deixe os furos de inoculação abertos.

Cubra, imediatamente, com fita durex.

3º - Não guarde os copos inoculados em recipientes com água.

A umidade externa não influencia, pelo contrário pode contaminar.

4º - Não tire o bolo do copo se não estiver 100%, exceto se a colonização parou.

5º - Não injete água nos copos enquanto estiverem colonizando.

É uma técnica avançada utilizada apenas quando o micélio atinge 100% e que o bolo vai para o terrário.




Aniversariar o bolo:


1º - Não tire o bolo do copo, antes de preparar o terrário.

2º - Não segure o bolo com as mãos se não estiver usando luvas.

3º - Não coloque o bolo, diretamente, sobre a perlita ou argila expandida, se estiver usando esses materiais.

4º - Não abra o terrário desnecessariamente.

O risco de contaminação deve ser evitado.



Casing:


1º - Não use farinhas (arroz, trigo, etc.) nem cremogema ou outros nutrientes para fazer a camada de casing.

Material para camada é: vermiculita, fibra e pó de coco, pó de pinha, palha, sphagnum, café, cal ou outro regulador de pH.



Contaminação:


1º - Não mantenha bolo ou casing contaminado próximo a outros sadios.

A contaminação vai atingir, rapidamente, os sadios, e a perda será total.
 
Última edição por um moderador:
M

Mauricio

Visitante
Fala Shroower

O que parece um conflito é um alerta.

O alerta é para que se evite a curiosidade e desnecessáriamente se abra o carimbo, só para ver como é.

Se tenho um carimbo, vou abrí-lo quando tudo está certo para usá-lo.

Uso todo carimbo se possuo vários daquela strain.

Não uso todo carimbo, quando tenho apenas 1 é precausão.
 

shroower

Artífice esporulante
Cultivador Confiável
Cadastrado
17/11/2005
Mensagens
815
Reputação
7
Pontos de reações
430
Pontos
80
Se fornecidas as condiçoes ideais, e se considerarmos o carimbo como 100% viável, o micelio de P.cubensis é um competidor nato.
Supera em velocidade, alcance e estrategia de colonizaçao de substratos nutritivos esterelizados a TODOS os seus possiveis competidores naturais, incluindo bacterias, outros fungos, mucores e líquens.
Entao a rapidez é SIM necessaria em todos os procedimentos.
seja um NINJA que tudo dá certo.

Discordo, não supera a todos os competidores nem de longe, por exemplo, Bacillus subtilis é usado pra inoculação de solo como fungicida, onde tiver wetspot não vai ter micélio de P. cubensis e em geral de nenhum outro fungo. Trichoderma harzianum também faz o serviço. Até mesmo cobweb é incrivelmente mais rápido na colonização. Se P. cubensis superasse a todos os competidores então só veríamos P. cubensis na natureza, o que não acontece, mesmo em condições favoráveis.

Se você quis dizer somente em substratos esterelizados, então se mesmo assim você injetar certo tipo de contaminação mesmo que em menor número ela ganha, como no caso do Bacillus subtilis.

P. cubensis em geral só ganha competição depois de bem estabelecido no substrato, por isso abrir bolos que não estão 100% geralmente leva a uma contaminação que acaba com o bolo todo.

:pos:

Fala Shroower

O que parece um conflito é um alerta.

O alerta é para que se evite a curiosidade e desnecessáriamente se abra o carimbo, só para ver como é.

Se tenho um carimbo, vou abrí-lo quando tudo está certo para usá-lo.

Uso todo carimbo se possuo vários daquela strain.

Não uso todo carimbo, quando tenho apenas 1 é precausão.

Certo!

Nesse caso tive uma idéia agora: Se puder ver em que lugar da parte interna do papel alumínio o carimbo está localizado e quiser usar o carimbo duas vezes, corte o papel alumínio ao meio nessa parte, dobre, e abra só a parte que vai usar :) Serve? :rolleyes:
 
Última edição por um moderador:

Mortandello

Mortandello Himself
Cultivador Confiável
Cadastrado
01/11/2005
Mensagens
6,910
Reputação
22
Pontos de reações
6,049
Pontos
98
Discordo, não supera a todos os competidores nem de longe, por exemplo, Bacillus subtilis é usado pra inoculação de solo como fungicida, onde tiver wetspot não vai ter micélio de P. cubensis e em geral de nenhum outro fungo. Trichoderma harzianum também faz o serviço. Até mesmo cobweb é incrivelmente mais rápido na colonização. Se P. cubensis superasse a todos os competidores então só veríamos P. cubensis na natureza, o que não acontece, mesmo em condições favoráveis.

Se você quis dizer somente em substratos esterelizados, então se mesmo assim você injetar certo tipo de contaminação mesmo que em menor número ela ganha, como no caso do Bacillus subtilis.

P. cubensis em geral só ganha competição depois de bem estabelecido no substrato, por isso abrir bolos que não estão 100% geralmente leva a uma contaminação que acaba com o bolo todo.

:pos:

tudo bem , já vi que é DIFICIL pra vc entender as coisas mesmo.
 

Infected

Cogumelo maduro
Cadastrado
26/07/2006
Mensagens
305
Reputação
1
Pontos de reações
81
Pontos
73
Ou é difícil de você entender o Shroower, depende do ponto de vista.

"Era uma vez um sábio que sonhou que era uma borboleta ou era uma borboleta sonhando que é um sábio gay?"
 

Caminhante

Cogumelo maduro
Cadastrado
01/12/2006
Mensagens
209
Reputação
3
Pontos de reações
109
Pontos
73
E aí pessoal, eu escorri a água depois de ver o erro que cometi... Hoje olhei denovo e parece que não afetou não...(ainda bem :D ) e parece que fechou mais um pouquinho.. agora vou esperar pra ver se fecha tudo.. falta só um pouquinhooo to aguniado hehehe.. tipo espaço de um centímetro. Vou esperar..
 

tantra

Cogumelo maduro
Cadastrado
15/06/2007
Mensagens
108
Reputação
0
Pontos de reações
15
Pontos
71
Uma ótima opção é não mexer com contaminações!

éh legal tanto pro seu cultivo quanto pra tua saúde!

existem contaminações que podem ser muito, mas muito perigosas para o ser humano!

abraços !

cita alguma ae tio to com uma dúvida, fiz um casing com milho tava totalmente colonizado com cheiro e aparencia ótima depois de 15 dias no vidro, porem quando abri o cidadão em algumas partes apareceram pqnos focos de uns riscos azuis esverdeados muito mas muito pqnos mesmo mais uo menos uns 4 pontos p / 800 gms de milho dae achei que nem fossem contaminações e continuei mew casing na verdade to com dó de joga fora e nem sei se erá mesmo uma contaminação fatal ,ow aPENAS azulamento do micélio desenvolvido! oque pode ser?
 

Fred Muscaria

Artífice esporulante
Cadastrado
16/11/2006
Mensagens
735
Reputação
1
Pontos de reações
427
Pontos
83
cita alguma ae tio to com uma dúvida, fiz um casing com milho tava totalmente colonizado com cheiro e aparencia ótima depois de 15 dias no vidro, porem quando abri o cidadão em algumas partes apareceram pqnos focos de uns riscos azuis esverdeados muito mas muito pqnos mesmo mais uo menos uns 4 pontos p / 800 gms de milho dae achei que nem fossem contaminações e continuei mew casing na verdade to com dó de joga fora e nem sei se erá mesmo uma contaminação fatal ,ow aPENAS azulamento do micélio desenvolvido! oque pode ser?
PROVAVELMENTE UMA CULTURA DE CONTAMINANTES , QUE ESTA APARECENDO, ESPERE UNS DIAS E VEJA NO QUE DEU...
 

MrJoe

Hifa
Cadastrado
30/05/2015
Mensagens
61
Reputação
4
Pontos de reações
114
Pontos
11
Uma das coisas mais importantes a se fazer é cuidar bem da assepsia em todos os momentos em que o bolo possa ficar exposto ao ar circulante, pois diversos contaminantes diferentes podem estar presentes em suspensao nele. Para diminuir, feche portas e janelas e restrinja seu espaço de trabalho, borrife agua sanitaria pelo ar do ambiente, saia feche a porta e espere 5 minutos para retornar e começar a manipular seus produtos.
 

Thunderbolt

Esporo
Cadastrado
24/07/2018
Mensagens
6
Reputação
0
Pontos de reações
10
Pontos
2
Algo que não deve ser feito em nenhuma hipótese, NÃO MISTURAR PRODUTOS DE ASSEPSIA E LIMPEZA; se for usar Cloro, use Cloro, se usar Lysol, use Lysol, se usar URCA , use URCA, se usar Lysoform, use Lysoform. Se usar Ácido Muriático (Vai que né, tem doido para tudo), use Ácido Muriático. Normalmente Desinfetantes são ricos em Amônia, que misturados com Cloro ou outros agentes fazem uma mistura que produz entre Cloroamidas e Ácidos que são irritantes e tóxicos, que em algumas pessoas, asmáticos por exemplo, são PERIGOSOS, ainda mais nesse Hobby de Micologia onde Neura da limpeza está sempre presente. Ouça o aviso de quem fez essa besteira e ficou uma semana ruim tossindo e com a garganta ardendo por causa dessa cagada de se achar o Lavoisier.

Preservem esta dica, pode salvar a vida de alguém sensível ou com prolemas respiratórios!

Caso ocorra intoxicação, é médico e evitar derivados de leite. Uma coisa que me ajudou por incrível que pareça foi comer um quiabo bem gosmento para a garganta irritada, e, lavagem abundante com soro fisiológico das vias áreas, porém, cada organismo é único, ok?
 
Última edição:
Top