Diário de cultivo

magicbus142

Esporo
Membro Novo
Boa noite pessoal!

Somos cultivadores de primeira viagem. Escolhemos começar pelo cultivo indoor do Psilocybe Cubensis.

O primeiro passo foi comprar todos os materiais necessários para a inoculação dos esporos e para o terrário.
Por fim, compramos o nosso carimbo de esporos

Espécie: Cogumelo P. Cubensis Albino A+

Temperatura de Colonização/Frutificação: 24-26°C / 22-23°C
Substrato(s): Vermiculita e arroz integral.
 

Anexos

Última edição:

magicbus142

Esporo
Membro Novo
Esterilização

Hoje preparamos o substrato com vermiculita, arroz integral e água, cheio de nutrientes para os nossos futuros micélios!
Depois de colocar o substrato nos copos, começamos o processo de esterilização na panela de pressão.

Na primeira tentativa colocamos pouca fita isolante e esfriamos a panela de pressão com água fria, fazendo com que os copos abrissem...
A ansiedade de primeira viagem fez com que quiséssemos acelerar o processo rs

Na segunda tentativa, colocamos mais fita isolante e deixamos a pressão da panela sair naturalmente. Deu tudo certo!

Segue as fotos dos copos abertos e deles esfriando na segunda tentativa de esterilização.
 

Anexos

Última edição:

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo
Na primeira tentativa colocamos pouca fita isolante e esfriamos a panela de pressão com água fria, fazendo com que os copos abrissem...
Interessante... isso confirma o que eu imaginava. Dentro do copo não apenas a temperatura mas também a pressão ficam iguais ao interior da PP, o que ajuda a estabelecer como dispensável o tal "furo de respiro", posto que dentro do copo haverá 1/4 de água para a esterilização via calor úmido.

Quando você esfriou a PP o copo não esfriou no mesmo ritmo. Ao abrir, a pressão interna do copo ainda quente e com pressão rasgou o alumínio.

Ou seja, mais um motivo pro pessoal esperar a PP esfriar sem forçar a barra. Além, é claro, do motivo clássico: não matar os esporos cozidos dentro do substrato pelando.

...

Desculpa pelas divagações em seu diário. :)
 

Cebolo

Primórdia
Membro Ativo
Show, então esse vai ser um diário desde a confecção da seringa?

Aguardamos pelas próximas etapas.
Fiquei confuso também, pelo que eu tinha entendido, ele já abriu um diário com nome "Esterelização" e abriu esse somente para "copiar" as informações recebidas pelo site que vendeu a strain... Um assunto já discutido no fórum, essas informações são todas subjetivas, nunca foi feito um estudo sobre. As pessoas criam esses rótulos para tentar valorizar mais o produto, ao ter opções diferentes, com variações, se abre mais opções de mercado em procura e concorrência, no fim é tudo cubensis.

Enfim, @magicbus142 por favor não me entenda mal, só peço que organize tudo num só, fica melhor pra você e pra gente 😁 leia as Regras do fórum ;)
Paz

OBS:
Aqui no fórum também tem um sessão muito legal sobre as raças (strains) dos cubs, Vale a pena conferir :apontar: Guia de Raças
Os albinos no caso.
 
Última edição:

magicbus142

Esporo
Membro Novo
oi, colegas. boa noite! obrigado pelo retorno!
estou aprendendo sobre o fórum.. meu objetivo era criar um diário de cultivo, mas tive dificuldades, não entendi com clareza os botões de funcionamento do site.. ):
pensei que estes tópicos que estou criando eram sobre as etapas do diário.. nesta semana fiz minha primeira colheita e gostaria de compartilhar o processo com vocês!

agora que eu entendi que este post já é pro processo inteiro.. perdão..

@Cebolo obrigado pelas orientações! pensei que estas informações seriam relevantes, você tem razão sobre o strain. vou ficar mais atento! :D

grande abraço!!
 
Última edição:

Cebolo

Primórdia
Membro Ativo
nesta semana fiz minha primeira colheita e gostaria de compartilhar o processo com vocês!
Opa, compartilha sim amigo! É ótimo criar um diário que ajuda até você mesmo a se organizar, pois tem as datas e o pessoal responde com dicas;)

@Cebolo obrigado pelas orientações! pensei que estas informações seriam relevantes, você tem razão sobre o strain. vou ficar mais atento! :D
Imagina mano, eu quem agradeço por compartilhar, que bom que não me interpretou mal, estava com receio disso, kkkk, fica na paz amigo, bom cultivo!
 

magicbus142

Esporo
Membro Novo
Preparação da seringa

Foi realizado a esterilização do ambiente.
Como utilizamos um balcão de madeira, passamos álcool 70% nele e na cumbuca para água; espirramos lysoforme no ambiente e deixamos fechado por cerca de 5min.

Saímos, vestimos máscaras e luvas descartáveis.

Utilizamos água destilada (comprada em lojas de manipulação) para a transferência do esporo para a seringa.
Foram 5 seringas de 5ml para 6 copos com tamanho de cerca de 2x maior que o americano tradicional (segue as fotos).

No meio do processo, no 5º copo de inoculação, encontramos um fio de cabelo caído no copo de esporos kkkkk

Dica - usem toca!

- este foi o período de maior tensão e preocupação -

Final do processo - Copos depositados numa incubadora de isopor com termostato em temperatura de 26ºC (segue foto).

Ficamos os primeiros 20 dias de espera angustiados pensando na possibilidade de termos contaminado todos os copos... D:


Colonização

20 dias passados :: abrimos pela primeira vez a incubadora e tchaãa

dos 6 copos 3 estavam completamente colonizados e 3 estavam cerca de 90%!

com um total de 0 contaminações!!!
 

Anexos

Última edição:

Xaixoi

Esporo
Membro Ativo
Preparação da seringa

Foi realizado a esterilização do ambiente.
Como utilizamos um balcão de madeira, passamos álcool 70% nele e na cumbuca para água; espirramos lysoforme no ambiente e deixamos fechado por cerca de 5min.

Saímos, vestimos máscaras e luvas descartáveis.

Utilizamos água destilada (comprada em lojas de manipulação) para a transferência do esporo para a seringa.
Foram 5 seringas de 5ml para 6 copos com tamanho de cerca de 2x maior que o americano tradicional (segue as fotos).

No meio do processo, no 5º copo de inoculação, encontramos um fio de cabelo caído no copo de esporos kkkkk

Dica - usem toca!

- este foi o período de maior tensão e preocupação -

Final do processo - Copos depositados numa incubadora de isopor com termostato em temperatura de 26ºC (segue foto).

Ficamos os primeiros 20 dias de espera angustiados pensando na possibilidade de termos contaminado todos os copos... D:


Colonização

20 dias passados :: abrimos pela primeira vez a incubadora e tchaãa

dos 6 copos 3 estavam completamente colonizados e 3 estavam cerca de 90%!

com um total de 0 contaminações!!!
Olá, amigo. Uma sugestão pras próximas, acho que você pode estar usando fita isolante em excesso. Ela cobre quase metade do recipiente impedindo que você visualize uma parte significativa do desenvolvimento do micélio, vide a primeira e a terceira foto. Além disso pode ser desperdício de material. Compreendo que na primeira experiência você tenha se frustrado com a abertura dos copos, mas segue a dica: Duas voltas são suficientes para que você lacre o papel alumínio ao copo e nenhuma anormalidade aconteça se o processo for seguido a risca.

No mais, meus parabéns! Merecedor. Espero que renda bons frutos. ;)
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo
meio do processo, no 5º copo de inoculação, encontramos um fio de cabelo caído no copo de esporos kkkkk

Dica - usem toca!
Kkkkkkk essa foi ótima! Que bom que um fio de cabelo não levaria contaminantes suficientes pra prejudicar as seringas... a menos que você fosse um Rasta de cabelo... kkk

Pois é, em etapas de assepcia (feitura da seringa, inoculação, feitura de CL, procedimentos de isolamento) use tudo: luvas (fundamental mas uma assepcia completa e perfeita das mãos faz o serviço - vide cirurgiões), máscara (indispensável) e touca (indispensável).
 
Superior