Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Apresentação

Limítrofe

Esporo
Cadastrado
25/10/2021
Mensagens
6
Reputação
0
Pontos de reações
5
Pontos
2
Olá amigos, estou no processo de aprendizado, e gostaria de agradecer a todos que compartilham aqui seus conhecimentos e experiências. Bom, sempre tive o interesse por outros tipo de viagens mas nunca experimentei cogumelo, até saíamos para tentar encontrar na época do rock mas nada. Recentemente resolvi buscar infos e adquiri por meios fora deste fórum umas seringas e comecei meu cultivo.
Tentei seguir ao máximo as questões de esterelização porém tive muita dificuldade em inocular no bolo, tenho um probleminha que me faz perde o controle motor fino, tremo muito a ponto de invisbilizar o processo. De 12 bolos, 3 apenas estão colonizando, fazem 10 dias que estão na estufa com temperatura e umidade controlada 27graus e 70% de umidade. Se der certo algum bolo, com os próximos irei providenciar uma glovebox.
Me considero um cara meio maluco e curto essas paradas de cientista kkkk então quero ver se consigo fazer uma propagação em meio líquido e tbm um spawn.
É isso, vou esperar os primeiros bolos aniversariarem e aí público lá no diário com fotos. até breve amigos
 

Texugo

.
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
02/05/2019
Mensagens
887
Soluções
6
Reputação
7
Pontos de reações
3,138
Pontos
8
Fazer pftek com selo de vermiculita pode ser a melhor opção, assim você usa apenas tampa de alumínio e atravessa com a seringa.

Se acabar rasgando o alumínio do que o necessário, o selo segura parte e o resto tampa com micropore.
A falta de movimentos finos não vai atrapalhar.

Mas também consegue fazer grãos sem problema.

Bem vindo
 

Limítrofe

Esporo
Cadastrado
25/10/2021
Mensagens
6
Reputação
0
Pontos de reações
5
Pontos
2
Fazer pftek com selo de vermiculita pode ser a melhor opção, assim você usa apenas tampa de alumínio e atravessa com a seringa.

Se acabar rasgando o alumínio do que o necessário, o selo segura parte e o resto tampa com micropore.
A falta de movimentos finos não vai atrapalhar.

Mas também consegue fazer grãos sem problema.

Bem vindo
Obrigado pela resposta amigo, eu fiz com pote pp com tampa, com alumínio eu fiz o teste e rasguei muito, pra vc ter uma ideia, até para colar o micropore é um saco, infelizmente tenho que conviver com esse incomodo. Fiz os bolos conforme receita aqui do guia e fiz o selo com vermiculita. Estava olhando uns vídeos e achei bacana a ideia do selo Flip, usado em frascos de injetáveis. Acabei adquirindo uns para teste.
 

Limítrofe

Esporo
Cadastrado
25/10/2021
Mensagens
6
Reputação
0
Pontos de reações
5
Pontos
2
Bom, não sei se devo abrir um diário para postar apenas uma atualização do meu primeiro cultivo já que não o fiz desde o início, foram bastante erros, ansiedades, etc. No próximo tentarei relatar mais.
Hoje tive que fazer a última mudança, estava usando uma cx organizadora de 20l e a tampa não tinha um encaixe que veda-se o ar dentro então estava difícil manter a temperatura, tinha que passar uma fita ou filme plástico na borda toda HR que precisa vá abrir. Então troquei a cx e resolvi tirar fotos. De todos bolos que fiz, (uns 10) 2 deram bom.
Strain Desconhecida. 1⁰ Flush

20211122_095329~2.jpg
20211122_095348~2.jpg

Novo Lar 20211122_095510~2.jpg
 
Top