Completo 1º Cultivo - PF Tek TKSSS

TryHard

Esporo
Membro Ativo
==================
DIÁRIO DE CULTIVO
==================

STRAIN: TKSSS
PROCEDÊNCIA: Seringa de Esporos adquirida online

---------------------------------------------
SUBSTRATO PARA COLONIZAÇÃO:
---------------------------------------------
(X) PF TEK (2V + 1FAI + 1A)
Selo com Vermiculita
(X) Sim ( ) Não

Método de preparação e esterilização do substrato:
Como é o meu primeiro cultivo, utilizei toda a instrução que acompanhava a seringa.
Preparei os bolos com Arroz Integral Triturado, Vermiculita e Água, coloquei em Potes PP5 de 230ml, um dedo de vermiculita seca por cima e tampei os potes com a respectiva tampa.
Foi esterilizado em Panela de Pressão de 4,5l, fervendo durante 1:30h e depois 5h com fogo desligado para temperatura baixar a ambiente.
A inoculação se deu através de Seringa, 3 furos equidistantes com 0,4ml em cada um. Total de 1,2ml por bolo. (Em novos bolos ainda colonizando percebi que 0,2ml por furo é suficiente, totalizando 0,6ml por bolo)

-------------------------------------------------
INOCULAÇÃO: Data 25/04/2020
-------------------------------------------------
(X) Seringa Multiesporos

Glove Box?
( ) Sim (X) Não

Não tirei fotos do pote inoculado, fiquei com muito receio de contaminação.


Estado da Colonização em: 08/05/2020
IMG-20200508-WA0186.jpgIMG-20200508-WA0188.jpgIMG-20200508-WA0190.jpg

Substrato colonizado em: 18/05/2020
IMG-20200513-WA0081.jpgIMG-20200513-WA0083.jpg
Particularmente eu não senti muita diferença nesses 10 dias, além da colonização no selo de vermiculita acima.

Dunk iniciado em: 18/05/2020
IMG-20200518-WA0117.jpg
Após o Dunk percebi que eles ficaram com aspectos menos rígidos por fora, como se tivesse colonizado mais ainda.
Procedi com o Roll em vermiculita mais fina, esterilizada em 3 sessões de 5min no microondas.


-------------------------------------------------
TERRÁRIO: Data 19/05/2020
-------------------------------------------------
O terrário foi constituído por uma caixa organizadora de 29L, alguns furos nas laterais com micropore, lâmina de água, argila expandida, uma outra tampa sobre a argila expandida e um copo de água com bomba de aquário externa, além do higrômetro/termômetro digital.
IMG-20200519-WA0073.jpgIMG-20200519-WA0071.jpgIMG-20200520-WA0159.jpg
Postei essa mesma imagem no meu segundo diário e um colega recomendou as seguintes coisas: Reduzir a quantidade de água pela metade e trocar essa tampa única para tampinhas individuais por bolo para aumentar a umidade e evitar proliferação de possíveis contaminações.

Data: 21/05/2020
Os bolos começam a ficar com aspectos algodoados, e como é meu primeiro cultivo não sei se é normal, cobweb, excesso de umidade ou falta de troca gasosa.
Para mitigar os riscos de algumas dessas situações, passei a abanar o terrário 3x ao dia, mesmo tendo a bombinha.
IMG-20200521-WA0056.jpgIMG-20200521-WA0192.jpg

Data: 23/05/2020
Aparentemente o aspecto algodoado parou de crescer, talvez tenha sido mesmo a falta de troca gasosa ou crescimento normal pós dunk and roll.
Se alguém souber, aponta ai nos comentários. Farei alguns testes depois com outros bolos para tentar descobrir empiricamente.
WhatsApp Image 2020-05-23 at 11.15.33.jpegWhatsApp Image 2020-05-23 at 23.11.02.jpeg

---------------------
FRUTIFICAÇÃO:
---------------------
Data do surgimento do PIN: 24/05/2020
Temperatura do Terrário 26-30°c
Umidade 99%
WhatsApp Image 2020-05-24 at 10.15.58.jpegWhatsApp Image 2020-05-24 at 10.16.30.jpegWhatsApp Image 2020-05-24 at 10.16.30 (1).jpeg

Data: 25/05/2020
Um dia após a descoberta do primeiro PIN e já estamos desse jeito:
WhatsApp Image 2020-05-25 at 22.27.38.jpeg
Creio que em 2 dias já teremos alguns rasgando o véu.

Data: 26/05/2020
Temos o primeiro chapéu aberto!
WhatsApp Image 2020-05-26 at 11.02.17 (1).jpegWhatsApp Image 2020-05-26 at 11.02.17.jpeg



Flush:

Data da colheita 26/05/2020
Rendimento: 54,9g frescos
Procedimento após colheita:

Estava com receio de ser muito cedo, afinal só tinha 2 dias que eu descobri o primeiro pin (pode ser que o BOLO 2 tenha pinado no dia anterior e eu não vi).
Mas ao ver tantos chapéus abertos e um já esporulando (conforme foto abaixo do suporte utilizado), achei por bem colher logo.
WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (1).jpeg
Além disso, os bolos estavam ficando azuado, e com base no que li aqui no forum podia ser falta de umidade ou o bolo muito seco.
Dentro da caixa estava abafado quando eu abri, senti um "bafo quente" em minha mão.
Já substitui esse suporte e vou utilizar "tampinhas" individuais para cada um, aumentando assim a umidade proveniente da argila expandida (além de baixar um pouco o nível da água, conforme sugerido por outro colega do forum).

O BOLO 2 foi o único que teve UM véu rompido as 11:30h, mas no final da tarde já haviam ao menos 5 véus rompidos nesse mesmo bolo.
O BOLO 3 também apresentou diversos chapéus abertos, e o BOLO 1 eu esqueci de tirar foto e não tinham chapéus abertos.

WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (5).jpegWhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (4).jpeg

Depois de arrancar, esse foi o resultado:
WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (3).jpeg

Depois de tirar toda a vermiculita, total de 54,9g frescos
WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (2).jpeg

Coloquei os cogumelos colhidos para realizar a desidratação em um túnel de vento improvisado com cooler e garrafa pet.
Não sei se esse vento é forte o suficiente, estou realizando o teste.
Se amanhã pela manhã o resultado não for satisfatório, colocarei em frente ao ventilador.
WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04 (6).jpeg

Coloquei os maiores chapéus abertos para fazer os carimbos.
Espero poder fazer algumas seringas para seguir o processo, além de doar para os colegas que tiverem interesse.

WhatsApp Image 2020-05-26 at 22.27.04.jpeg

Todos os 3 bolos se encontram agora em um cold drunk para reidratar. (Esqueci de colocar os nomes, e agora não sei qual bolo é qual -rsrs)
Somente de colocá-los na água, o aspecto algodoado e azul já reduziu MUITO.
Amanhã nesse mesmo horário devolverei para o terrário e seguiremos para o segundo flush, assim espero.

Dia: 27/05/2020
Os bolos voltaram para o terrário depois de um dunk and roll.
Como mencionado, diminui a quantidade de água para ficar próximo de 50% da altura da argila expandida, e troquei o suporte único por tampinhas individuais.
Ao retirar os bolos do dunk, o aspecto algodoado que tinha surgido nos primeiros dias do terrário desapareceu, novamente ficou aquele aspecto "compactado" quando sai do copo. O azulado permaneceu, mas estou acreditando que seja os machucados anteriores.
Além disso, já existiam alguns PINs na parte que não ficou submersa no dunk
WhatsApp Image 2020-05-27 at 22.08.58.jpeg

Minha primeira tentativa de tirar o carimbo foi um tanto frustrante, mas não estava fora do esperado.
Devido a inexperiência, bateu aquele medo de deixar os bolos mais tempo no terrário por conta do azulado e na minha lembrança achei que rompeu o véu já era suficiente para fazer os carimbos (depois de voltar ao fórum e ler novamente, ficou claro que é quando começar a esporular, e não quando romper o véu).
Como já tinham mais de 6 véus rompidos, optei por retirar o flush e tentar fazer os carimbos.
Coloquei 6 chapéus na tentativa, mas 4 ficaram somente as gotículas de água no mesmo formato das lamelas, e 2 ficaram fraquíssimos, mas creio que juntando os dois dá pra fazer uma seringa de 5ml.

WhatsApp Image 2020-05-28 at 10.51.30.jpegWhatsApp Image 2020-05-28 at 10.46.35.jpeg


2° Flush
Data de ida ao terrário: 27/05/2020

Ao retirar os bolos do dunk,, os mesmos apresentavam já alguns PINs na parte que ficou fora da água. Dessa maneira, nesse relato vou considerar a "Data do surgimento do PIN" abaixo somente quando surgir na área que estava submersa.

Data do surgimento do PIN: ___ / ___ / ____
Data da colheita ___ / ___ / ____
Rendimento:________________________
Procedimento após colheita:
(Descrever detalhes, e inserir fotos)

3° Flush
Data do surgimento do PIN: ___ / ___ / ____
Data da colheita ___ / ___ / ____
Rendimento:________________________
Procedimento após colheita:
 
Última edição:

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Atualização 01 - Surgem os primeiros PINS :love:

Definitivamente estou MUITO FELIZ.
Acordei hoje (24/05) e fui abanar meu terrário para fazer as trocas gasosas.

Nesse momento me deparo com o primeiro PIN disfarçado entre as vermiculitas, por isso esse será o BOLO 1:
WhatsApp Image 2020-05-24 at 10.15.58.jpeg
Fiquei muuuuuito feliz e fui correndo pegar o celular para tirar foto.
Enquanto estava tirando a foto desse, vejo outro PIN muito maior em outro bolo, será chamado de BOLO 2:
WhatsApp Image 2020-05-24 at 10.16.30.jpeg

Já que eu encontrei em dois bolos, tinha que me forçar a encontrar no BOLO 3 também, mesmo sabendo que ele poderia ainda não ter:
WhatsApp Image 2020-05-24 at 10.16.30 (1).jpeg

E é isso...
Tou MUITO FELIZ, primeiro cultivo, 100% de colonização sem contaminante, 100% pinaram.
Aguardar agora cerca de 5 dias para abrirem o chapéu e fazer a primeira colheita e seguir os próximos flush.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Po que massa! Parabéns!
Vendo esse copo com gelo me deu até frio... ta uns 5 graus aqui e só penso nos coitados dos meus bolos no frio sem aquecedor... kkkk
Opa, nem coloquei gelo, é apenas água mesmo para o borbulhador.
Parece que gelo diminui a umidade, não tenho certeza.

Mas aqui o calor ta brabo, mesmo chovendo bate 30° fácil.
Nesse momento o termômetro está marcando 29.3°, plena 23h da noite.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
E temos o primeiro chapéu aberto:

WhatsApp Image 2020-05-26 at 11.02.17.jpeg

WhatsApp Image 2020-05-26 at 11.02.17 (1).jpeg
O que vocês recomendam?
Tiro logo ele e faço o carimbo, ou deixo outros abrirem o chapéu tbm?
Nessa situação atual devo tirar todos e finalizar o primeiro flush, ou retiro apenas os que estão com chapeu aberto, espero mais um pouco e depois retiro todos os demais?
 
  • Curtir
Reações: fff

01101OK!

Hifa
Membro Ativo
O que vocês recomendam?
Tiro logo ele e faço o carimbo, ou deixo outros abrirem o chapéu tbm?
Nessa situação atual devo tirar todos e finalizar o primeiro flush, ou retiro apenas os que estão com chapeu aberto, espero mais um pouco e depois retiro todos os demais
O consenso do ponto ideal de colheita é quando o véu está prestes a se abrir, mas ainda fechados. Para carimbar, deixa eles abrirem e aí você tira pra carimbar.

A segunda pergunta eu não sei te responder. No meu cultivo eu ia retirando os que já estavam no ponto de colher, e os que ainda estavam em crescimento, deixava crescer até chegar no ponto de colheita.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
O consenso do ponto ideal de colheita é quando o véu está prestes a se abrir, mas ainda fechados. Para carimbar, deixa eles abrirem e aí você tira pra carimbar.

A segunda pergunta eu não sei te responder. No meu cultivo eu ia retirando os que já estavam no ponto de colher, e os que ainda estavam em crescimento, deixava crescer até chegar no ponto de colheita.
Obrigado amigo.
Eles estão crescendo e abrindo logo o chapéu.
Quando fiz a postagem apenas 1 tinha aberto o chapeu, nesse momento já tiveram mais 4 que abriram no mesmo bolo.

A noite farei a retirada de todos e já colocarei no dunk.
Os bolos estão azulando na parte de cima e li no forum que poderia ser ressecado.
Vou tirar essa bandeja de baixo e trocar por tampinhas individuais para cada bolo no próximo Flush.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Atualizei novamente a postagem:

Minha primeira tentativa de tirar o carimbo foi um tanto frustrante, mas não estava fora do esperado.
Devido a inexperiência, bateu aquele medo de deixar os bolos mais tempo no terrário por conta do azulado e na minha lembrança achei que romper o véu já era suficiente para fazer os carimbos. (Depois de voltar ao fórum e ler novamente, ficou claro que é quando começar a esporular, e não quando romper o véu)
Como já tinham mais de 6 véus rompidos, optei por retirar o flush e tentar fazer os carimbos.
Coloquei 6 chapéus na tentativa, mas 4 ficaram somente as gotículas de água no mesmo formato das lamelas, e 2 ficaram fraquíssimos, mas creio que juntando os dois dá pra fazer uma seringa de 5ml.

Ver anexo 113748Ver anexo 113747
 
Última edição:

01101OK!

Hifa
Membro Ativo
Opa @TryHard , quanto tempo você deixou carimbando? Teve uma vez que aconteceu a mesma coisa comigo, na segunda tentativa ficou pretão o carimbo. Não sei exatamente qual foi o fator, se foi deixar mais tempo o chapeu carimbando, ou tirar ele depois.

Tá muito chic o cultivo (y)
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Opa @TryHard , quanto tempo você deixou carimbando? Teve uma vez que aconteceu a mesma coisa comigo, na segunda tentativa ficou pretão o carimbo. Não sei exatamente qual foi o fator, se foi deixar mais tempo o chapeu carimbando, ou tirar ele depois.
Deixei por cerca de 36h. Estavam muito úmidos.
Os próximo vou esperar abrir mais e esporular para tentar novamente.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Parece que eu não consigo mais editar o tópico principal, então vou seguir as atualizações por esse aqui:

Flush (Continuação)
Finalizando tudo sobre o 1º Flush:
Depois do processo de secagem em Túnel de Vento, o peso ficou exatamente 10% em relação aos frescos.
Como não encontrei Silica Gel Atóxica Laranja por aqui, e no mercado livre ficava cerca de 50 reais com frete 500g, preferi testar o uso com arroz, afinal o pessoal usa arroz para tirar a umidade de algumas coisas.
Será que vai servir nesse caso?
Por quanto tempo é possível armazenar desse jeito?

O Túnel de vento foi adaptado com:
- um cooler/fan de suporte para notebook
- fonte 9v de roteador wifi
- garrafa pet 2l (pretendo aumentar para uma de 3L)
- fibras de vidro (suporte)
- tela de "plástico/nylon" (lojas que vendem gaiola/pesca)

WhatsApp Image 2020-05-29 at 11.05.40.jpegWhatsApp Image 2020-05-29 at 11.05.40 (1).jpeg

2° Flush
Data de ida ao terrário: 27/05/2020 (noite)

Ao retirar os bolos do dunk,, os mesmos apresentavam já alguns PINs na parte que ficou fora da água. Dessa maneira, nesse relato vou considerar a "Data do surgimento do PIN" abaixo somente quando surgir na área que estava submersa.

Data do surgimento do PIN: 29/05/2020 (manhã)
Como mencionado, eu iria considerar o surgimento do PIN na região que ficou submersa no dunk.
Nesse caso, surgiram em todos os bolos diversos PINs na manhã de hoje, cerca de 36h após a ida para o terrário.
Estou abanando cerca de 3 vezes ao dia para evitar ficar algodoado como ficou nos primeiro dias que foi ao terrário na etapa anterior.
Não está sendo incômodo para mim realizar esse abano, eu até gosto pq abro a tampa e observo um pouco eles nesse momento.
WhatsApp Image 2020-05-29 at 10.48.01.jpegWhatsApp Image 2020-05-29 at 10.48.01 (1).jpegWhatsApp Image 2020-05-29 at 10.48.01 (2).jpeg
Se seguir o mesmo ritmo anterior, provavelmente em 2-3 dias já tenham veús rompendo.
Mas vou aguardar a esporulação para tentar novamente fazer carimbos, dessa vez espero ter sucesso.

Data da colheita 01/06/2020

100691093_797275590802735_8749944762548617216_n.jpg

Adorei essa foto, a intenção era só mostrar a um amigo que os cogumelos esporularam sobre o bolo, tirei de qualquer jeito e depois notei o quão bonita ficou essa foto.
Rendimento: 74g frescos.

Procedimento após colheita:

Dessa vez eu deixei um pouco mais tempo no terrário para que os chapéus começasse a ficar convexo para que eu pudesse fazer os carimbos.
Além disso, observei tbm a técnica que o Abzu passou sobre a coloração do véu, então colhi nesses dois estágios.
Botei pra fazer 10 carimbos dessa vez, torcendo para dar certo.
Ao menos um já vi que está dando certo, nele eu pinguei uma gota dágua em cima do chapéu que já estava sobre o papel aluminio. OBS: os outros carimbos ficaram tão bons quanto esse, logo acredito que a técnica não seja necessária.

DEU CERTO os carimbos... Consegui 11 carimbos de 12h, e vou deixar agora os mesmos chapeus mais 24 sobre uma folha de aluminio nova.

Esse segundo flush rendeu quase 50% mais que o primeiro, fiquei bem contente.
Coloquei os bolos novamente no dunk para hidratar e amanhã coloco novamente no terrário para o 3º flush.

Coloquei os cogumelos no tunel de vento.
No Flush anterior somente esse tunel de vento foi suficiente para fazer ficar exatos 10% do peso fresco.

WhatsApp Image 2020-06-01 at 13.15.58.jpegWhatsApp Image 2020-06-01 at 13.15.18.jpegWhatsApp Image 2020-06-01 at 13.17.18.jpeg79350549_857413201406959_2647095104526876672_n.jpg


3° Flush
Data do surgimento do PIN: ___ / ___ / ____
Data da colheita ___ / ___ / ____
Rendimento:________________________
Procedimento após colheita:
 
Última edição:

Abzû

Aprendiz Psicopompo Metamórfico
Contribuidor
Bem bonitos. Eu noto que a partir do segundo flush os bolos parecem mais estabilizados, aquele aspecto algodoado que tu mencionou, tem a ver com o micélio se expandindo atrás de oxigênio, eu noto ele mais no primeiro flush.

Que legal que já tem esses pins fortes se apresentando!

Sobre o ponto de carimbo, eu fico aguardando o chapéu romper o véu, um sinal de que a esporulação já está rolando, é o próprio anel escuro que fica no caule do cogumelo, aquilo já são esporos acumulados. OS cogumelos "já são programados" para mandar os esporos logo que o véu se rompe, a natureza não brinca em serviço hehe.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Bem bonitos. Eu noto que a partir do segundo flush os bolos parecem mais estabilizados, aquele aspecto algodoado que tu mencionou, tem a ver com o micélio se expandindo atrás de oxigênio, eu noto ele mais no primeiro flush.

Que legal que já tem esses pins fortes se apresentando!

Sobre o ponto de carimbo, eu fico aguardando o chapéu romper o véu, um sinal de que a esporulação já está rolando, é o próprio anel escuro que fica no caule do cogumelo, aquilo já são esporos acumulados. OS cogumelos "já são programados" para mandar os esporos logo que o véu se rompe, a natureza não brinca em serviço hehe.
Obrigado pelas dicas valiosas, @Abzû , tanto sobre a ventilação e umidade, quanto agora sobre os carimbos.
Nesse flush eu vou tentar tirar apenas os maiores cogumelos e fazer alguns testes tbm sobre a abertura dos chapéus/esporulação.
Já que você mencionou essa técnica do "véu preto" vou tentar verificar esse ponto.
 

Abzû

Aprendiz Psicopompo Metamórfico
Contribuidor
O véu é um material bem claro, o que faz ele ficar escuro são os esporos, vou colocar um exemplo do anel que ficou em volta de um aqui, o anel preto, é a sobra do véu que fica presa na estipe, a cor escura são os esporos,

Aqui o resto mortal após um carimbo que fiz, olha lá o anél.
carimbo.jpg

Aqui uma explicação rápida
86e05960b8c85c676a94f0c0edd839b9f1893fee_hq.jpg
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
Segue atualização após colheita do 2º flush.
Estou gostando muito.

Veio um Flush mais carregado, deixei os chapeus abrirem mais, todos acabaram ao menos rompendo o véu -rsrs
Torcendo que dessa vez os carimbos venham, assim posso compartilhar com os amigos!

Rumo ao 3º flush!!!

Ontem inoculei 3 bolos PF TEK com a strain Porto Rico.
Em breve abro o diário de cultivo dele.
 

TryHard

Esporo
Membro Ativo
O véu é um material bem claro, o que faz ele ficar escuro são os esporos, vou colocar um exemplo do anel que ficou em volta de um aqui, o anel preto, é a sobra do véu que fica presa na estipe, a cor escura são os esporos,

Aqui o resto mortal após um carimbo que fiz, olha lá o anél.
Ver anexo 113783

Aqui uma explicação rápida
Ver anexo 113782
@Abzû

DEU CERTO os carimbos... Consegui 11 carimbos de 12h, e vou deixar agora os mesmos chapeus mais 24h sobre uma folha de aluminio nova.

Agradeço muito a dica.
Juntei a sua dica com a de um amigo que comentou sobre o chapeu começar a virar.
 
Superior