Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Primeiro cultivo: Possível contaminação? Devo descartar? (ponto vermelho na parede do frasco)

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
Bom dia a todos os psiconautas!

Iniciei meu primeiro cultivo no dia 9 desse mês, como fui conhecer o fórum apenas no dia 10, não fiz um diário, mas farei na próxima.

Vou dar um contexto antes do problema:

Já tenho experiência com cultivo in vitro. Na realidade, já realizei pesquisa e varios cursos em cultura celular vegetal. Sendo assim, tenho conhecimento prático e teórico de autoclavagem, inoculação, praparo de meio (tanto líquido quanto sólido) etc., porém com plantas, não com fungos. Vamos aos meus procedimentos:

- O meio foi o PF Tek padrão do guia de cultivo (porem usei arroz normal, não achei integral no mercado perto de casa, e nao queria percorrer metade da cidade pra buscar integral em outro).
- As ampolas de esporos foram comprados pela internet.
- Consegui preencher um total de 7 potes, cobri com aluminio e usei fita crepe para fechar
- Autoclavei os meios, as seringas e as agulhas a 125 °C por 20 minutos
- Higienizei o meu quarto com lisoformio (tanto no chao, quanto aerosol)
- Usei jaleco, luvas, toca e mascara para inocular. Flambei as agulhas, enxarquei com alcool 70 TUDO antes de começar o procedimento. Fiz exatamente como no laboratorio, so nao tinha um fluxo laminar kk.
- Tampei com fita microporo e estou deixando dentro de uma caixa de plástico preta (sem controlar a temperatura por enquanto, pois estou sem dinheiro para um termostato, e na minha cidade dificilmente a temperatura sai da faixa 24-32 °C)

Acontece, ontem a noite, quando estava conferindo os bolos, acidentalmente furei o papel aluminio da tampa de um pote com a unha. Foi um furo muito pequeno, e logo eu tampei com fita micropor. Contudo, hoje de manhã apareceu esse ponto vermelho.
1616172654309.png

Achei estranho, porque no topico sobre possiveis contaminantes, não há a descrição de algo parecido, e também nunca me deparei com uma contaminação dessa cor na cultura de plantas. É estanho também o fato da contaminação começar no inferior do pote, e não de cima pra baixo.

Devo descartar? Há a possibilidade do micelio crescer por cima da mancha e eu conseguir colher cogus mesmo assim?
 
Última edição:

Good_Vibes

Esporo
Cadastrado
08/01/2021
Mensagens
6
Reputação
1
Pontos de reações
5
Pontos
2
admirável todo o cuidado que você teve, isso é a diferença entre um cultivo normal e um foda, mas quanto ao seu bolo, desconheço do que possa ser.. no entanto com certeza não é algo normal, talvez possa ser alguma coisa que estivesse em meio ao arroz ou vermiculita que você utilizou,m caso não seja isso tenho o palpite de que posa ser a contaminação chamada "mancha de batom" oque causa uma mancha rosa claro que com o passar do tempo e amadurecimento do bolo fique muito avermelhada até mudar para laranja embora seja uma contaminação um pouco incomum, se quiser mantenha o bolo isolado e continue olhando para ver no que vai dar, ademais é isso, sucesso irmão espero que descubra oque é,
uma dica amigo, não se preocupe em fazer algo em nível tão cuidadoso e laboratorial, não que seja ruim! mas ponha um pouco de si em seus cultivos, eles não são uma receita de bolo de milho entende? gratidão🙏
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
admirável todo o cuidado que você teve, isso é a diferença entre um cultivo normal e um foda, mas quanto ao seu bolo, desconheço do que possa ser.. no entanto com certeza não é algo normal, talvez possa ser alguma coisa que estivesse em meio ao arroz ou vermiculita que você utilizou,m caso não seja isso tenho o palpite de que posa ser a contaminação chamada "mancha de batom" oque causa uma mancha rosa claro que com o passar do tempo e amadurecimento do bolo fique muito avermelhada até mudar para laranja embora seja uma contaminação um pouco incomum, se quiser mantenha o bolo isolado e continue olhando para ver no que vai dar, ademais é isso, sucesso irmão espero que descubra oque é,
uma dica amigo, não se preocupe em fazer algo em nível tão cuidadoso e laboratorial, não que seja ruim! mas ponha um pouco de si em seus cultivos, eles não são uma receita de bolo de milho entende? gratidão🙏

vlw pelas dicas. Eu tirei o pote da caixa e estou deixando no meu armário para ver o que acontece. Se a mancha aumentar ou sumir eu posto aqui a foto.
Sobre a preocupação acho que foi mais por causa da minha rotina mesmo kkk, to tão acostumado a fazer desse jeito que vai no automático
 
Cadastrado
16/02/2017
Mensagens
86
Reputação
0
Pontos de reações
301
Pontos
15
Talvez Moniliaceae. Seu frasco é estranho, mas percebo que se trata da parede de dentro - não deve ter sido sua unha que infectou. Havia alguma circulação de ar no ambiente esterilizado após limpeza e fechamento para realização dos procedimentos? Roupas compridas talvez?

Mas eu penso que pode ter sido a seringa. O desenvolvimento parece de alguns dias já, e o contaminante está crescendo conjuntamente com a cultura-alvo. Talvez a água ou a seringa tenham sido contaminadas antes de chegarem até você; mas se for um frasco só, tudo bem também.
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
Talvez Moniliaceae. Seu frasco é estranho, mas percebo que se trata da parede de dentro - não deve ter sido sua unha que infectou. Havia alguma circulação de ar no ambiente esterilizado após limpeza e fechamento para realização dos procedimentos? Roupas compridas talvez?

Mas eu penso que pode ter sido a seringa. O desenvolvimento parece de alguns dias já, e o contaminante está crescendo conjuntamente com a cultura-alvo. Talvez a água ou a seringa tenham sido contaminadas antes de chegarem até você; mas se for um frasco só, tudo bem também.

Não entendi, por que meus frascos são estranhos? Eu comprei eles por serem autoclaváveis e baratos kk. Eles são de plástico, e um pouco maiores que os copos de vidro que geralmente usam (devem ter umas 300-400 ml).

Contaminação pela roupa acho difícil, eu lavei meu jaleco com agua sanitária, e passei alcool 70 nas mangas e antebraço antes de iniciar o procedimentos. Sobre circulação de ar: não era um ambiente ideal como um fluxo laminar, mas eu fechei as janelas, e coloquei um pano embaixo da porta pra evitar circulação, além de ter desinfetado com lisoforme aerosol.

Também penso que possa ter sido a ampola com os esporos, infelizmente contaminou no frete ou durante a fabricação. Porém, a contaminação está estagnada. Vou postar abaixo a atualização.

Atualização dia 21/03/2021​

A mancha não cresceu, e está perdendo a cor vermelha vívida. Tenho duas hipóteses: ou não era um contaminante, e seja lá que subtância for está oxidando, ou era um contaminante e o micélio está estagnando o crescimento do mesmo. Desde o dia 19/03, quando criei esse tópico, o micélio cresceu, o que indica que a mancha pode até estar atrapalhando o crescimento, mas não está impedindo completamente.

1616329525583.png
 
Última edição:
Cadastrado
16/02/2017
Mensagens
86
Reputação
0
Pontos de reações
301
Pontos
15
Perdão pelo termo sem explicação: "estranhos" porque são quadrados; mas eu consigo ver uma utilidade de estoque e organização dessa forma.

Há um amarelado mais vívido próximo ao ponto em questão. Pode ser tanto metabólitos comuns excretados pelo micélio (o que seria raro antes da colonização completa, mas possível) - ou o contaminante e o micélio estão competindo ativamente. Convém acompanhar.
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
Perdão pelo termo sem explicação: "estranhos" porque são quadrados; mas eu consigo ver uma utilidade de estoque e organização dessa forma.

Há um amarelado mais vívido próximo ao ponto em questão. Pode ser tanto metabólitos comuns excretados pelo micélio (o que seria raro antes da colonização completa, mas possível) - ou o contaminante e o micélio estão competindo ativamente. Convém acompanhar.

Aaaaah, entendi. Sim, normalmente o pessoal usa copos de vidro redondos, ne? Eu gostei desses potes quadrados, fica facil de organizar, acho que na hora de montar o terrario também vai ficar bem bonito com os bolos quadrados hehe.

Esses pontos já estavam lá no primeiro dia, só que agora estão mais aparentes. A primeira foto que eu tirei não deu pra ver muito bem, mas se você der um zoom você consegue enxergar umas manchinhas mais claras.

Vou acompanhando, durante essa semana posto aqui como ta ficando, to achando interessante até. Em culturas vegetais uma mancha assim é 99,9% das vezes anuncio de morte, mas o fungo ta conseguindo se virar bem.
 

Amanita53

Esporo
Cadastrado
18/10/2019
Mensagens
57
Reputação
0
Pontos de reações
122
Pontos
4
Pode ser a vermiculita, as veses é só um pedaço maior que veio junto com a vermiculita, olha bem atentamente vê se tem aspecto de micelio e vê se tá crescendo, as veses caiu alguma coisa no substrato e vc n percebeu também, ai o branco do Cubensis deu um contraste.
E esse vermelho tá muito forte n sei se é contaminação, mas vale a pena continuar deichando ele isolado
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
Pode ser a vermiculita, as veses é só um pedaço maior que veio junto com a vermiculita, olha bem atentamente vê se tem aspecto de micelio e vê se tá crescendo, as veses caiu alguma coisa no substrato e vc n percebeu também, ai o branco do Cubensis deu um contraste.
E esse vermelho tá muito forte n sei se é contaminação, mas vale a pena continuar deichando ele isolado

Crescendo não está, pelo menos por fora. Como a parede do meu frasco é meio fosca, não tenho certeza se tem um aspecto de micelio, mas eu diria que não. Vou torcer para não ser.
 
Cadastrado
16/02/2017
Mensagens
86
Reputação
0
Pontos de reações
301
Pontos
15
Aaaaah, entendi. Sim, normalmente o pessoal usa copos de vidro redondos, ne? Eu gostei desses potes quadrados, fica facil de organizar, acho que na hora de montar o terrario também vai ficar bem bonito com os bolos quadrados hehe.

Esses pontos já estavam lá no primeiro dia, só que agora estão mais aparentes. A primeira foto que eu tirei não deu pra ver muito bem, mas se você der um zoom você consegue enxergar umas manchinhas mais claras.

Vou acompanhando, durante essa semana posto aqui como ta ficando, to achando interessante até. Em culturas vegetais uma mancha assim é 99,9% das vezes anuncio de morte, mas o fungo ta conseguindo se virar bem.

Sigo acompanhando. Eu não consumiria um cogumelo crescido daí, mesmo sendo uma alteração pontual; aliás, mesmo se o cogumelo não apresentar nenhuma alteração fenotípica. Cogumelos concentram diversos químicos do ambiente nos frutos. Com enteógenos, eu não recomendo...
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
Sigo acompanhando. Eu não consumiria um cogumelo crescido daí, mesmo sendo uma alteração pontual; aliás, mesmo se o cogumelo não apresentar nenhuma alteração fenotípica. Cogumelos concentram diversos químicos do ambiente nos frutos. Com enteógenos, eu não recomendo...
Deixei ele isolado em cima do meu armario, vou tirar amanhã para bater uma foto e postar att aqui.

Não se preocupe, meus outros 6 bolos estão crescendo muito bem, não irei consumir os cogus desse bolo contaminado (se crescer algum). Meu objetivo é usa-lo para confeccionar vários carimbos de esporo.

Porém, gostaria muito de saber o que é, postei até em forum gringo, vamos ver se alguem responde. Posto aqui se descobrir.

(edit) Na realidade, vou ver de postar fotos de todos os meus bolos, agora que notei que moveram esse tópico mesmo.
 
Cadastrado
16/02/2017
Mensagens
86
Reputação
0
Pontos de reações
301
Pontos
15
A única maneira de conhecer gênero e espécie de algo nível mofo e bolor seria com microscopia (morfologia dos esporos) - em alguns casos, macroscópicos, aliás, apenas sequenciamento genético. Eu tenho muito essa pilha de levantar um banco de dados para fazer diagnóstico.
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2
A única maneira de conhecer gênero e espécie de algo nível mofo e bolor seria com microscopia (morfologia dos esporos) - em alguns casos, macroscópicos, aliás, apenas sequenciamento genético. Eu tenho muito essa pilha de levantar um banco de dados para fazer diagnóstico.
Então, como eu não mexo com micologia, eu não sei preparar as lâminas de maneira ideal identificar o micro-organismo que está crescendo. Poderia até levar para um professor de microbiologia da faculdade, mas teria que explicar a situação... sem chance hahaha

Quando for tirar o bolo vou tentar retirar a mancha, guardar e pensar o que fazer.
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2

Atualização 23/03/2021​

Frasco contaminado​

Olha, sinceramente, que coisa mais esquisita kakaka. Surgiu outro ponto vermelho, mas "isolado" do outro ponto e que parece mais um anel. O crescimento do primeiro se estagnou mesmo e ele ficou um vermelho bem escuro. Dos outros lados do frasco não há sinal de contaminação, apenas micélio.
1616507553220.png

Frascos saudáveis​


Hoje fazem duas semanas desde a inoculação, e vou mostrar pra vocês como está o desenvolvimento. Os três potes acima são da variedade Florida, e os três abaixo são da variedade MDK. Tirei as fotos dos lados do pode que melhor dá pra ver o crescimento. Não são lindinhos?
1616507883602.png
 

izdihar

Hifa
Cadastrado
01/02/2019
Mensagens
189
Reputação
0
Pontos de reações
447
Pontos
8
A variação de temperatura pode causar visitas de fungos indesejaveis aos nossos cultivos, por isso é recomendado usar uma encubadora nem que seja alguma caixa improvisada revestida com papel aluminio por dentro e um termostato em uma garrafa com agua BEM isolada.
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2

Atualização 04/04/2021​


Aniversário de quatro bolos


Ontem iniciei o aniversário dos meus bolos. Resolvi fazer de dois em dois para não me atrapalhar a aumentar a chance de contaminação.
Ontem (dia 03/04), retirei os bolos dos potes e fiz o cold sock + dunk. Coloquei os bolos em água esterelizada gelada, e deixei eles em cima da minha escrivaninha por 24h. Hoje de manhã, retirei do dunk, fiz o roll em vermiculita autoclavada e coloquei no terrário.
Em seguida, peguei mais dois bolos, retirei dos potes e coloquei em dunk (temperatura ambiente dessa vez). Quero testar se o cold shock adianta a frutificação, ou não.
1617544378152.png

Dúvida importante:​

O terrário parece seco, não tem condensação de água nas bordas, porém o termohigrômetro está marcando 99% de umidade. Vocês acham que eu devo confiar e deixar do jeito que está, ou devo borrifar água nas paredes?
 

mrenrisco

Esporo
Cadastrado
13/03/2021
Mensagens
22
Reputação
0
Pontos de reações
20
Pontos
2

Atualização 12/04/2021​

Ontem (dia 11/04) aniversariei o ultimo dos bolos, restando apenas um bolo que ainda está colonizando, e que usarei para fazer um monotub.
Desta maneira, o terrário encontra-se com cinco bolos. Os dois da frente colocados para frutificação no dia 04/02, os dois de trás a direita colocados no dia 05/04, e o da parte de trás do lado esquerdo colocado no dia 11/04

1618246492566.png
 
Top