Teonanacatl.org

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

  • Por favor, leia com atenção as Regras e o Termo de Responsabilidade do Fórum. Ambos lhe ajudarão a entender o que esperamos em termos de conduta no Fórum e também o posicionamento legal do mesmo.

  • Os tópicos em esta seção, são para discussões dos artigos enviado a nossa Biblioteca.

    Recomendamos que use a aba "Biblioteca" no menu principal acima para navegar com mais fácilidade.

Preparação de Amanita muscaria

Crânio

TeoBot
Membro da Staff
Membro Ativo
25/01/2005
114
91
teonanacatl.org
:teo_seta_direita: Tradução e edição: NeuroFX

Preparação de Amanita Muscaria

Este método não é algo simplesmente lido num livro e passado adiante. É um método tentado e verdadeiro. Existe um tabú estranho rondando esses cogumelos, o que é injusto. Certamente ele contém algumas toxinas, as quais tem sido muito enfatizadas, porém há muita desinformação sobre ele (e suas espécies primas).

O procedimento:

- Tenha certeza de que a proporção do chapéu com a estipe seja de 3:1. Ponha-os num papel alumínio e leve ao forno para secá-los. O forno deve estar com o fogo baixo e com a porta um pouco aberta. Leva cerca de uma hora para secar.

- Transforme em pó numa cafeteira elétrica, num moedor ou qualquer coisa parecida; quanto mais fino melhor.

- Use cerca de uma xícara de água por dose e comece com um pouco mais para permitir a evaporação durante o processo descrito abaixo. A dose mínima por pessoa é de 8g secos e a máxima de 15-20g secos.

- Aqueça a água até cerca de 88°C. Use um termômetro de qualidade para medir a temperatura. A temperatura não deve variar mais do que 5 graus acima. Ferver um pouco não causará mal, mas é um indicador de que a temperatura alcançou 100°C. Uma vez atingida a temperatura de 88°C, mexa o pó e deixe em infusão por no mínimo 30 minutos.

- Deixe esfriar até que seja possível beber.
 
FAQManager disse:
Ponha-os num papel alumínio e leve ao forno para secá-los. O forno deve estar com o fogo baixo e com a porta um pouco aberta. Leva cerca de uma hora para secar.

Olha, para os amanitas da minha cidade isso é impossível !!!! Se deixar o cogu em fogo baixo com a porta do forno semi-aberta por apenas uma hora sem exceder o limite máximo de temperatura, o resultado será um ensopado de borracha... A forma ainda estará cheia de caldo e o cogu seco apenas por fora, internamente fica uma borracha pegajosa... Para secar a ponto de virar pó, levará no mínimo umas 3,5 ou 4 horas, senão mais.

FAQManager disse:
- Aqueça a água até cerca de 88°C. Use um termômetro de qualidade para medir a temperatura. A temperatura não deve variar mais do que 5 graus acima. Ferver um pouco não causará mal, mas é um indicador de que a temperatura alcançou 100°C. Uma vez atingida a temperatura de 88°C, mexa o pó e deixe em infusão por no mínimo 30 minutos.

- Deixe esfriar até que seja possível beber.

Não entendi porque aquecer novamente, arriscando a perder o restinho do princípio ativo, se as toxinas já foram transformadas no forno...

Na boa, nada a ver esse preparo aí...

Lá no antigo CM tem um post no qual entramos num consenso sobre a melhor forma de preparo, só não pede pra eu lembrar qual era... :D

Recebí também informações de um método que me pareceu mais eficaz ainda. Consiste em deixar os cogús secando no ventilador a sombra, e quando já não estiverem tão húmidos, deixá-los expostos ao sol forte por um tempo. Desta forma nem seria necessário o emprego de fogo para preparar, já que o sol faria o trabalho. Dizem que ficam como salgadinhos, uma delícia. E também pouco se perde do princípio... Será ?!
 
Da vez que deu certo piquei o chapéu e o caule de um amanita grande recém colhido em pequenos pedaços. Coloquei na panela com pouca água e pus na chama baixa do fogão com uma corrente de vento para que não fervesse. Não me recordo do tempo que deixei no fogo, mas creio que no máximo 30 min (o que hoje considero exagero para cogús picados).

O problema é que beber o chá e não vomitar pra mim foi impossível, porisso acho que pode ser melhor come-los secos com alguma coisa que disfarçe o sabor para não haver desperdício.

Para quem for fazer o chá, uma boa dica é que quando a água começar a chiar (no ponto para o mate), deve-se fazer de tudo para que a temperatura não suba. Nesse ponto a temperatura estará em torno de 75ºC.
 
Naberus disse:
Olha, para os amanitas da minha cidade isso é impossível !!!! Se deixar o cogu em fogo baixo com a porta do forno semi-aberta por apenas uma hora sem exceder o limite máximo de temperatura, o resultado será um ensopado de borracha... A forma ainda estará cheia de caldo e o cogu seco apenas por fora, internamente fica uma borracha pegajosa... Para secar a ponto de virar pó, levará no mínimo umas 3,5 ou 4 horas, senão mais.



Não entendi porque aquecer novamente, arriscando a perder o restinho do princípio ativo, se as toxinas já foram transformadas no forno...

Na boa, nada a ver esse preparo aí...

Lá no antigo CM tem um post no qual entramos num consenso sobre a melhor forma de preparo, só não pede pra eu lembrar qual era... :D

Recebí também informações de um método que me pareceu mais eficaz ainda. Consiste em deixar os cogús secando no ventilador a sombra, e quando já não estiverem tão húmidos, deixá-los expostos ao sol forte por um tempo. Desta forma nem seria necessário o emprego de fogo para preparar, já que o sol faria o trabalho. Dizem que ficam como salgadinhos, uma delícia. E também pouco se perde do princípio... Será ?!


Este método de secar no ventilador é altamente contestável, a idéia do forno é produzir uma reação química, que transforma o "ibotenic acid" em "mucimol", transformação esta que ocorre a temperaturas entre 170 e 200ºF. Secando-o à sombra vc só estará desfazendo-se da água do cogumelo, e não pruduzindo a reação, e vai ingerir apenas o mucimol que já existia nele juntamente com uma grande quantidade de ácido ibotenic, principal causador de reações adversas.
 
Mas isso não exclui a possibilidade de secá-los normalmente e depois aquecê-los conforme proposto inicialmente pelo post.

Imagina-se q secando-os sem temperatura o ibotenic acid continue o mesmo apesar de uma perda relativa de potência. Se forem apresentados dados provando q esse ácido se degrada durante a secagem então talvez seja uma péssima técnica de secagem.

Como os comerciantes de amanitas secam eles? Alguém sabe?
 
*fiz o método do forno coberto com papel aluminio e uma abertura no papel e no forno para circulação de ar, mas levou aproximadamente 10 horas pra secar e não uma hora como na receita;
*ficou com um cheiro bom semelhante à cereais;
*foram 4 cogus que renderam 8 gramas secos e bem triturados no liquidificador;
*após triturar coloquei na agua à 88º por 30 minutos;
*depois de frio peguei a agua com o cogu e bati novamente no liquidificador e rendeu duas xicaras de duas e meia que colocamos pra alcançar os 88º;
*tomamos entre 2 pessoas 1 xicara pra cada e deu uma viagem bem massa, semelhante ao lsd;
*ontem conseguimos colher 14, secamos por 10 horas novamente;
*rendeu 44 gramas secos e triturados;
*vamos ferver hj a noite em 88º por 30 min;
*faremos doses de 10 gramas/xicara por pessoa;
*depois de ingerir vamos pra rave e veremos;
*segunda-feira conto o q q deu.

Remóe vagabundo, é nóis!
 
Acho que com rave não era. Nunca tomei, mas dizem que Amanita é até sedativo durante um tempo da trip. Além da possibilidade de se ter náuseas ser maior, pois é mais tóxico que o cubencis.
 
tomo cogu há dez anos, e se vc fizer o preparo corretamente elimina as toxinas, o amanita bate de acordo com a mente da pessoa, vc consegue direcionar a viagem, portanto se vc gostar de rave a viajem vai ser boa, mas se vc não gosta ou tem algum tipo de preconceito com a festa ou até mesmo com o cogu, não tente fazer isso!!!

E vamo aí!!! sem medo de viajar e sem medo de ser feliz!!

Ps: medos e preconceitos geram bad trips.
 
44 gramas de amanitas secos renderam 800 ml de chá com açucar e saches de cha de maçã (4), deu 5 copos, 1 copo pra cada entre 5 pessoas, todos sentiram boas viagens, ficamos até as 5 da tarde do outro dias e tomamos mais algumas coisitas, mas a viagem do cogu foi perceptivel e boa, um pouco suave, mas boa, semelhante ao doce...
 
Tem vários tópicos de dicas de usod e amantias pro ae, é só pesquisar!!

Nunca tomei, mais uma coisa tenho certeza.Não é igual lsd.
 
Editado.

Sequei 8 aqui vários grandes,
ficaram 3 dias no ventilador.
Deu tudo certo.
Estão secas como salgadinhos.
 
bem, quando eu preparei o chá de amanita muscária, usei uma técnica que me disseram que era segura. usamos 4 cogumelos por pessoa, para quatro pessoas. colocamos os cogumelos dentro de um "pano de prato", depois fervemos em uma panela com um litro de vinho tinto. deixamos esfriar e tomamos. os outros tres vomitaram e dormiram. eu quase morri. não tenho medo nem preconceito com nada. mas a minha paulada foi horrível. eu morria e nascia denovo e morria bebezinho... fiz coisas que não me lembro e caminhei em um lugar enchergando outro. acordei 18 horas depois, toda vomitada. passei dias sem conseguir comer e não sentia meu corpo. vomitei uma coisa amarela nesses dias.
o que eu fiz de errado? o gosto desse negócio é mesmo tão ruim? tenho medo agora de tomar denovo, depois disso, amanita pode ser seguro?
 
bem, quando eu preparei o chá de amanita muscária, usei uma técnica que me disseram que era segura. usamos 4 cogumelos por pessoa, para quatro pessoas. colocamos os cogumelos dentro de um "pano de prato", depois fervemos em uma panela com um litro de vinho tinto. deixamos esfriar e tomamos. os outros tres vomitaram e dormiram. eu quase morri. não tenho medo nem preconceito com nada. mas a minha paulada foi horrível. eu morria e nascia denovo e morria bebezinho... fiz coisas que não me lembro e caminhei em um lugar enchergando outro. acordei 18 horas depois, toda vomitada. passei dias sem conseguir comer e não sentia meu corpo. vomitei uma coisa amarela nesses dias.
o que eu fiz de errado? o gosto desse negócio é mesmo tão ruim? tenho medo agora de tomar denovo, depois disso, amanita pode ser seguro?

acho que pode sim ser seguro
se varias pessoas já relataram
que tiveram uma boa trip
vc tambem pode
eu fiquei penssando
quando vc colocou eles em um pano de prato
para ferver em vinho
os cogus estavam
secos
ou em natura?
 
é minha primeira experiência e estou com cerca de 25 gramas já secas. pretendo fazer o chá em casa mesmo e não disponho de um modo de controlar a temperatura. gostaria de conselhos sobre a quantidade de água a usar e quannto tomar, desde já obrigado.

namaskar
 
é minha primeira experiência e estou com cerca de 25 gramas já secas. pretendo fazer o chá em casa mesmo e não disponho de um modo de controlar a temperatura. gostaria de conselhos sobre a quantidade de água a usar e quannto tomar, desde já obrigado.

namakar
é extremamente dessaconselhável aquecer os cogumelos amanita muscaria, bem como fazer chás dos mesmos.
este tópico contém informaçoes errôneas que nao levam ao aproveitamento do amanita muscaria.:pos:
o correto é masca-las secas acompanhadas com mel e algum produto alcoolico.
 
no caso quanto seria aconselhável mascar? precisa ser necessariamente com algo alcoólico? pois sou abstêmio.
 
no caso quanto seria aconselhável mascar? precisa ser necessariamente com algo alcoólico? pois sou abstêmio.
o alcool ajuda a passar pelos efeitos negativos do veneno(inevítável ou se embebedar ou envenear).
25 gramas daria pra inicio, tem um post do mortandello chamado MEU METODO GARANTIDO ou algo do tipo.
ele aconselha começar com 6 cogumelos inteiros até sentir os efeitos do veneno vindo.
 
Back
Top