O esporo suporta o processo digestivo da ruminante e coloniza no reto? para então frutificar quando for dejetado ?

Estrelinha

Esporo
Membro Ativo
Afiliado
1 Out 2020
Mensagens
86
Reputação
0
Reações
134
Pontos
3
Tenho estas duvidas, não achei estas respotas, alguem com esperiencia neste tópico?




1 Pergunta: Tenho duvidas, sobre a vida do esporo, tendo em vista que o micelio sobreviveu a incríveis 60 graus, ( talvez no centro da parte interna por ter sido revertida protegeu o mesmo ) eu não sei, mas fica a duvida, o esporo suporta o processo digestivo da ruminante e coloniza no reto? para frutificar quando foi dejetado, tipo uma CL ? ou é colonizado depois do dejeto e após os 15 ou 20 a 30 dias frutifica ?. podendo levar até 50 dias para frutificar ficando no pasto a espera ?

2 Pergunta: Tenho duvida sobre o esterco da vaca, este substrato ja é suficiente em nutrientes para uma boa colonização?

3 Pergunta: Porque (não) vejo na natureza uma colonização por completa no esterco? somente 4 a 5 frutos, não totalmente colonizado porque sera ?

4 Pergunta: Não vejo fotos de abortos no esterco na natureza porque será?

5 e Principal se eu pasteurizei o estrume semi humido, e fosse hidratar ele com CL e não usar bolo colonizado? ou o bolo é essencial para repor os nutrientes necessários para uma boa colheita.

06 quanto tempo o estrume puro tem de validade? e quais serão os cuidados para guardar ele?


Desculpem sou Novata e não achei estas perguntas.
 
Última edição:

Luiiza

Esporo
Membro Novo
Afiliado
14 Nov 2020
Mensagens
1
Reputação
0
Reações
1
Pontos
2
Oi, tenho a mesma dúvida da amiga. Alguém sabe responder?
Minha mãe tem criação de vacas, e, ainda não tem cogumelos da espécie que eu procuro por aqui.
Gostaria de saber se é viável colocar esporos na ração das vacas, para que ocorra a reprodução de cogumelos de forma natural (e menos trabalhosa para mim).
Obrigada!!
 

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
Afiliado
22 Dez 2007
Mensagens
8,677
Reputação
84
Reações
19,838
Pontos
98
Tem quem defenda essa hipótese de que os esporos são ingeridos junto com o capim, passam pelo aparelho digestivo do ruminante e depois eclodem no estrume. Entretanto nunca vi nenhum dado decisivo a respeito, seja a favor ou contra. O que sabemos, pelos cultivos amadores, é que os esporos não precisam disso, pelo menos nas condições e substratos que usamos.

Quanto a esse ser um meio menos trabalhosos de obter cogumelos, @Luiiza, mesmo que os esporos germinem após passar pelos ruminantes, para mim é tipo uma loteria. Difícil determinar a possibilidade de dar certo.
 

Estrelinha

Esporo
Membro Ativo
Afiliado
1 Out 2020
Mensagens
86
Reputação
0
Reações
134
Pontos
3
Oi, tenho a mesma dúvida da amiga. Alguém sabe responder?
Minha mãe tem criação de vacas, e, ainda não tem cogumelos da espécie que eu procuro por aqui.
Gostaria de saber se é viável colocar esporos na ração das vacas, para que ocorra a reprodução de cogumelos de forma natural (e menos trabalhosa para mim).
Obrigada!!
Ola Luiza,

Obrigado pela duvida.


( Eita vontade de morar no campo, e ver nos pequenos detalhes a paz e a sabedoria que nos inspiram. )
Eu gostei de mais desta oportunidade que tens ai.

Sucesso.

Estrelinha.
 
Última edição:

druidaazul

Hifa
Membro Novo
Afiliado
25 Mar 2018
Mensagens
41
Reputação
0
Reações
127
Pontos
6
Olá!!

Semana passada fiz um teste...
Fiz carimbos de uns 10 Psilocybe Cubensis lindos, dilui em água filtrada e coloquei em um borrifador o concentrado todo.

Saí a noite em um campo perto da minha casa (de frente ao mar de SC) e borrifei TODO o campo, nos estercos, na água dos bois e até dei na boquinha para uns bezerros zebus beberem essa água esporulada.
Moro a mais de 7 anos neste lugar e nunca vi essa espécie nos campos do bairro que moro, só em campos mais distantes. ENTÃO SE APARECEREM POR LÁ, SERÁ RESULTADO DESSE TRABALHO DE GNOMO.

Agora acho que é só aguardar!

:*
 

Estrelinha

Esporo
Membro Ativo
Afiliado
1 Out 2020
Mensagens
86
Reputação
0
Reações
134
Pontos
3
Olá!!

Semana passada fiz um teste...
Fiz carimbos de uns 10 Psilocybe Cubensis lindos, dilui em água filtrada e coloquei em um borrifador o concentrado todo.

Saí a noite em um campo perto da minha casa (de frente ao mar de SC) e borrifei TODO o campo, nos estercos, na água dos bois e até dei na boquinha para uns bezerros zebus beberem essa água esporulada.
Moro a mais de 7 anos neste lugar e nunca vi essa espécie nos campos do bairro que moro, só em campos mais distantes. ENTÃO SE APARECEREM POR LÁ, SERÁ RESULTADO DESSE TRABALHO DE GNOMO.

Agora acho que é só aguardar!

:*
Ola @druidaazul que bom deve ser morar no campo, agora no campo e perto do mar é realmente um privilegio, embora já tenha viajado por quase todas as cidades do Brasil o máximo que cheguei do sul foi curitiba, embora tenha sobrenome alemão é um lugar que quero conhecer deve ser lindo, agora não tenho experiência com clima de maresia e o cubensis, pode ser fator determinante.
borrifei TODO o campo
Bem desta forma que fez, colocou quase todas as opções a prova, em 20 dias colocar um pouco de esterco separado do campo em estufa por 20 dias tiraria o restante da duvida, caso seja o clima.

Fico feliz, que tenha feito o experimento.

Fiz um experimento por aqui saturando o cubensis a alta temperatura, poucos frutos, mas 500mg seco dele valeu mais que 5G seco de cultivo normal, e algo que me distrai neste devaneio.
Sucesso companheiro vou acompanhar, posta em 30 dias certo ou errado é uma tentativa que me deixou feliz.:piscada:
 
Superior