• Aqui contém tópicos de discussões automaticamente criados para os artigos que são enviados a nossa biblioteca. Para exibir o artigo, clique na aba "overview" dentro de cada tópico. Se você prefere navegar pelos artigos e não pelas suas discussões, acesse a biblioteca aqui. Ou clicando na aba "Biblioteca" em nosso menu principal.

Desinfestação de composto para cultivo de cogumelos

Crânio

TeoBot
Administrador
PEIL, Roberta M.1; ROSSETO, Edemar A.2; PIEROBOM, Carlos R.2 & ROCHA, Maria Teresa2

1UFPEL/FAEM - Deptº de Fitotecnia - Campus Universitário - Caixa Postal 354 - CEP 96010-900 - Tel. (0532)-75726 - Pelotas/RS

2UFPEL/FAEM - Deptº de Fitossanidade - Campus Universitário - Caixa Postal 354 - CEP 96010-900 - Tel. (0532)-75-7265 - Pelotas/RS

(Recebido para publicação em 02/06/96)


RESUMO
Composto para o cultivo do cogumelo Agaricus Bisporus foi submetido a três métodos de desinfestação: pasteurização, fumigação com brometo de metila e autoclavagem. O composto formulado com palha de arroz e cama de cavalo foi compostado por 21 dias, ao final dos quais, foi submetido aos três tratamentos de
desinfestação, semeado e acondicionado em sacos plásticos contendo 5Kg. O cultivo foi realizado em abrigo de alvenaria, sob condições ambientais, no Campus da Universidade Federal de Pelotas/ RS, no período de 19 de maio a 03 de setembro de 1991. Avaliou-se a desinfestaçao através do rendimento, pelo peso de cogumelos e número de fluxos colhidos por saco em 8 semanas de colheita; e a ocorrência de organismos contaminantes do composto pela comparação do número de parcelas contaminadas e não contaminadas.
O fungo competidor Trichoderma sp. foi observado nos três tratamentos. Os elevados coeficientes de variação apresentados (58,83% e 27,08%, respectivamente para peso e no de fluxos) tornaram dificil estabelecer diferenças estatisticamente significativas. A fumigação não diferiu estatisticamente da pasteurização em relação ao rendimento (355,8g e 6,3 fluxos), entretanto apresentou maior tendência à contaminação. A autoclavagem foi numericamente inferior aos demais tratamentos (221,6g e 4,4 fluxos), mas foi tão contaminada quanto a pasteurização. A pasteurização apresentou-se como o tratamento mais adequado, devido a produção de 323,4g de cogumelos/ saco, maior no de fluxos (7,0) e menor tendência a contaminação pelo fungo Trichoderma sp.

Palavras-chave: cogumelo, desinfestação do composto, pasteurização, brometo de metila, autoclavagem.
 

Anexos

alfasa

Cogumelo maduro
Membro Novo
Arquivo em anexo não está abrindo.
Dá aviso de "arquivo danificado".

___________________________________
Re-edição:
Estou Adobe Reader 9.
Consegui baixar!
Estava tentando baixar com programa de downloader(orbit).
Baixei sem usar ela. Só com windows e InternetExplorer, normalmente.

Muito bom esse estudo de avalição entre diferentes técnicas de esterilizar(autoclavar),expurgar e pasteurizar.
Quer dizer então, que com brometo de metila, não é tão eficiente?Praticamente a metade de eficiência da pasteurização e autoclavagem.

Estava pensando em usar no futuro o Bromex(brometo de metila).Mas de qualquer forma é substância proibida, agora, desde 2007.
Igualmente está proibido o monobrometo(=bromometano).



Alguém já tentou com Fosfina(=gastoxin,....)(=PH3)?
Alguém tem relato de trabalho com ele?
Creio que seje menos eficiente que brometo de metila, porque usei uma vez para expurgar espigas de milho e girassol.Matou insetos, mas não os fungos.Ficou todo mofado, depois de alguns meses (dentro de tambor de plástico de 100L).(usei 3 pastilhas de 0,6g).
Se usar mais, mata fungos e bactérias?
 

alfasa

Cogumelo maduro
Membro Novo
aqui também :pos:

este texto cita 'brometo de metila' - alguém sabe se é o mesmo que o benomil?


____________________________________________________________
Pesquisei um pouco e benomil(benomyl) é brometo de metila.
Assim como Bromex,bromometano,benlate,...
*1


Brometo de metila:
Largamente utilizado em armazenamento de produtos agrícolas e tratamento de solos,...
Ficaram proibitivas desde 1º de Janeiro de 2007. Por um protocolo internacional, para banir seu uso, mundialmente, por ser destruidor de camada de ozônio.
No Brasil já foi proibido uso e importação e fabricação do produto.
E até 2015, pretendem banimento completo, de sua utilização.

Portanto o substituto, ainda barato depois deste (para desinfecção e desinfestação de solo para viveiro de mudas ou para compostagem de cultivo de cogumelos) é uso de caldeiras aquecidas à 70 ºC,=Pasteurização.

____________________________

Re-edição:
*1 Correção:
Epa,epa!
Acho que me enganei na leitura.
Benomil ou benomyl, não tem nada ver ver com gás(brometo de metila=Methyl bromide).
Parace que é fungicida sistêmico. Ou seja, ele é pulverizado nas folhas das plantas, onde é absovido e distribuido pelo sistema circultório(líquido),para toda planta.

E pelo que entendi, ela tem ação prolongada e deixa resíduo no ambiente por certo tempo. Por isso, para misturar em compostagem para cultivo de cogumelo, não seria viável, mesmo porque não deixaria micélios crecerem.
Talvez só servisse para expurgar composto para viveiro de mudas(plantas) e não para cogumelos. Mas não li o bastante, ainda.
 

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
____________________________________________________________
Pesquisei um pouco e benomil(benomyl) é brometo de metila.
Assim como Bromex,bromometano,benlate,...

Oops.

Pelo que vi benomil não é brometo de metila (ou bromoetano).
 

Hellder-san

Primórdia
Membro Novo
se o brometo de metila deicha residúos antifungológicos não tem como o miscélio se desenvolver .
creio que arroz com vermiculita deva ser mais eficiente .
 
Superior