Aviso Lesão renal aguda causada pela ingestão de Psilocybe cubensis

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
É um caso raro, ao que parece, mas fica para registro:

Acute renal injury cause by confirmed Psilocybe cubensis mushroom ingestion

Emily Austin, Hilary S.Myron, Richard K.Summerbell, Connie Mackenzieb

//doi.org/10.1016/j.mmcr.2018.12.007
Redirecting

Abstract
Psilocybe mushrooms are consumed for their hallucinogenic properties. Fortunately, there are relatively few adverse effects associated with their consumption. This is the first reported case of acute kidney injury (AKI) secondary to confirmed ingestion of Psilocybe cubensis mushroom.

A 15-year-old male he developed symptomatic AKI 36 hours post-ingestion of Psilocybe cubensis mushrooms. He was admitted to hospital with hypertension, nausea and abdominal pain and a creatinine of 450 mmol/L. A sample of the crop of mushrooms was confirmed confirmed by mass spectrometry to contain psilocin. On day 5 post-admission, he was discharged home. Outpatient follow-up confirmed complete resolution of his renal function.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2211753918301490


Tradução do resumo:

Os cogumelos Psilocibe são consumidos por suas propriedades alucinógenas. Felizmente, há relativamente poucos efeitos adversos associados ao seu consumo. Este é o primeiro caso relatado de lesão renal aguda (LRA) secundário à ingestão confirmada de cogumelo Psilocybe cubensis.

Um homem de 15 anos de idade desenvolveu sintomas de lesão renal aguda 36 horas após a ingestão de cogumelos Psilocybe cubensis. Foi internado no hospital com hipertensão, náusea, dor abdominal e creatinina de 450 mmol / L. Foi confirmado, por espectrometria de massa, que uma amostra da cultura de cogumelos foi continha psilocina. No dia 5 pós-admissão, ele recebeu alta para casa. O acompanhamento ambulatorial confirmou a resolução completa de sua função renal.
 

Helye

Hifa
Membro Ativo
Bem interessante, só uma observação, acho que 15 anos deveria se enquadrar em adolescente, mesmo assim é uma idade muito jovem para consumir, porem existe drogas mil vezes perigosas que são consumidos por adolescentes diariamente, também temos que ver quantas gramas ele consumiu de uma única vez, se foi usado outro tipo de psicoativos, e se ele já tinha tendência a desenvolver o problema, thtudo isso também tem que ser visto, não tô dizendo que cogumelos são bons ou ruins, mas é bom ficar sabendo dessas matérias para mostrar que os cogumelos não é uma coisa para ficar chapado e curtir uma raven numa noite qualquer...
 

gldtn

Artífice esporulante
Administrador
Bem interessante, só uma observação, acho que 15 anos deveria se enquadrar em adolescente, mesmo assim é uma idade muito jovem para consumir, porem existe drogas mil vezes perigosas que são consumidos por adolescentes diariamente, também temos que ver quantas gramas ele consumiu de uma única vez, se foi usado outro tipo de psicoativos, e se ele já tinha tendência a desenvolver o problema, thtudo isso também tem que ser visto, não tô dizendo que cogumelos são bons ou ruins, mas é bom ficar sabendo dessas matérias para mostrar que os cogumelos não é uma coisa para ficar chapado e curtir uma raven numa noite qualquer...
Pelos testes feitos não foi encontrado nada, ou pelo menos não fala. O artigo foi bem detalhado nos tipos de testes que foi feito nas 3 pessoas que tomaram/comeram juntos.. e pegaram até um specimen do "grow kit" para avaliação.

Em resumo:

Sciencedirect.com disse:
We considered the possibility that the spores purchased on the internet were contaminated with another nephrotoxic substance; however, the other people who ingested the mushrooms from the same crop did not become ill, which would be expected if there were a toxic contaminant. Another possibility is that there may have been significant intra-batch variability, and that our patient was exposed to a greater amount of a yet-unidentified toxic contaminant or a greater amount of psilocybin leading to increased serotonergic activity. There may also be unidentified predisposing factors that contribute to the development of ATN following Psilocybe mushroom ingestion. For example, the case of the 20-year-old female who developed AKI after the ingestion of “magic mushrooms” shares similarities to our case. Unfortunately, the identity of that mushroom is not known.
Tradução do Google disse:
Consideramos a possibilidade de que os esporos comprados na internet estivessem contaminados com outra substância nefrotóxica; No entanto, as outras pessoas que ingeriram os cogumelos da mesma cultura não adoeceram, o que se espera que seja contaminantes tóxicos. Outra possibilidade é que tenha havido uma variabilidade intragrupo significativa, e que nosso paciente tenha sido exposto a uma quantidade maior de um agente tóxico ainda não identificado ou a uma quantidade maior de psilocibina, levando ao aumento da atividade serotoninérgica. Também pode haver fatores predisponentes não identificados que contribuem para o desenvolvimento de ATN após a ingestão de cogumelos Psilocybe. Por exemplo, o caso da mulher de 20 anos que desenvolveu AKI após a ingestão de "cogumelos mágicos" compartilha semelhanças com o nosso caso. Infelizmente, a identidade desse cogumelo não é conhecida.
Mais todo cuidado é pouco..

Siciencedirect.com disse:
Nephrotoxicity has been described following ingestion of a number of mushrooms types, most commonly Cortinarius species, as well as some species of Amanita.

Mushrooms of the Cortinarius genus contain the toxin orellanine [9]. Reported cases of orellanine poisoning describe a delayed onset of renal injury (~3–20 days) after mushroom ingestion. Orellanine toxin has been demonstrated in in vitro studies to cause inhibition of protein, RNA and DNA synthesis, and has also been shown to produce an ortho-semiquinone radical that can lead to oxidative stress, suggesting that the observed renal injury occurs through direct toxicity to the renal tubular epithelium causing tubular necrosis, interstitial nephritis and fibrosis [10]. Case cohorts of exposures are reported, with a high proportion of patients developing irreversible renal failure requiring dialysis and even transplant [11], [12].

Tradução do Google disse:
Nefrotoxicidade tem sido descrita após a ingestão de vários tipos de cogumelos, mais comumente espécies de Cortinarius, bem como algumas espécies de Amanita.

Cogumelos do gênero Cortinarius contêm a toxina orelanina [9]. Casos relatados de envenenamento por orelanina descrevem um início retardado de lesão renal (~ 3 a 20 dias) após a ingestão de cogumelos. A toxina orelanina tem sido demonstrada em estudos in vitro como causa da inibição da síntese de proteínas, RNA e DNA, e também foi demonstrado que produz um radical orto-semiquinona que pode levar ao estresse oxidativo, sugerindo que a lesão renal observada ocorre por toxicidade direta o epitélio tubular renal causando necrose tubular, nefrite intersticial e fibrose [10]. Coortes de casos de exposições são relatadas, com uma alta proporção de pacientes que desenvolvem insuficiência renal irreversível que requer diálise e até transplante [11], [12].
 

Salaam`aleik

Kal-hifa
Administrador
While the psilocybin and psilocin molecules are not known to cause ATN, in theory, their affinity for serotonergic receptors may have some vasoconstricting effects that could alter renal hemodynamics, a known risk factor for ATN [1].
"Apesar de psilocibina e psilocina não causarem sabidamente Necrose Tubular Aguda, em teoria, sua afinidade por receptores serotonérgicos pode ter alguns efeitos vasoconstritores que poderiam alterar a hemodinâmica renal, um fator de risco conhecido para NTA." (grifo meu)

Eu acho o efeito vasoconstritor dos cogumelos bem perceptível.
 

Mexicouts

Artífice esporulante
Membro Ativo
engraçado que eu tinha problema renal, e depois que comecei a usar os cogus no final da decada de 90 melhorei e hj estou curado

"Apesar de psilocibina e psilocina não causarem sabidamente Necrose Tubular Aguda, em teoria, sua afinidade por receptores serotonérgicos pode ter alguns efeitos vasoconstritores que poderiam alterar a hemodinâmica renal, um fator de risco conhecido para NTA." (grifo meu)

Eu acho o efeito vasoconstritor dos cogumelos bem perceptível.
eu já não acho, pelo que se entende de vasoconstritor é quando o calibre dos vasos diminui por contração das fibras, eu ja percebo que os cogus no meu organismo faz é os vasos dilatarem parece que circula mais coisa dentro de mim
 
Editado por um moderador:

Slip_adm

Esporo
Membro Novo
Se a pupilas dilatam significa que a psilocibina é vaso dilatador, ou seja, ela diminui a pressão arterial o que pode ser bom para pacientes que tenham quadro de pressão alta, e todos sabemos que pressão alta é um fator de risco para degradação dos nefrons, logo, comprometimento dos rins!
 

Texugo

Hifa
Membro Ativo
Se a pupilas dilatam significa que a psilocibina é vaso dilatador, ou seja, ela diminui a pressão arterial o que pode ser bom para pacientes que tenham quadro de pressão alta, e todos sabemos que pressão alta é um fator de risco para degradação dos nefrons, logo, comprometimento dos rins!
Vasodilatação não tem a ver com midríase.
Ela é causada pela ação nos receptores de seratonina.
Sob efeito do cogumelo a tendência é o aumento da pressão, mas pelas pesquisas que fizeram até agora não é bem definido.
Passa por momentos de aumento da pressão, intercalados com momento de diminuição.
 
Superior