Desvenlafaxina / Antidepressivos e Cogumelos

Priscillocibina

Hifa
Membro Ativo
Olas!

Um amigo meu tem tentado todos os tratamentos padrões para depressão sem melhora alguma. Atualmente está tomando, sem sucesso, a Desvenlafaxina.

Ele está interessado em testar os cogumelos antes de procurar outro psiquiatra que lhe receitaria outro remédio, e conversando sobre psicodélicos e o novo paradigma que essas substancias apresentam para a psicologia e psiquiatria, disse que iria ajuda-lo nesse processo com informações e o suporte necessário.

Expliquei que a logica do tratamento com cogumelo é outra, que nao se resume ao efeito da substância nos neuroreceptores, mas é muito mais ampla que isso, abarcando principalmente set e setting durante a experiencia, e o periodo importantissimo de integração pos-experiência.

Reafirmei que é muito importante um acompanhamento psicológico (principalmente apos a experiencia) para ampliar o efeito terapeutico da experiência psicodelica.

Realmente acho que se todos os cuidados com set, setting, substancia e integração forem tomados, ele pode se beneficiar muuuuito dos cogus e ter uma melhora significativa no quadro depressivo, que atualmente nao responde a tratamento medicamentoso ou psicoterapeutico.

Minha duvida é apenas em relação à interação do cogu com a desvenlaflaxina (e tem sido dificil achar informações, especialmente pq n entendo mt dessa area farmacológica):

A interação traz riscos de sindrome serotoninergica? Ou algumas pessoas usam cogu combinados a antidepressivos sem problemas?

O ideal seria ele suspender a medicacao antes de tentar o cogu? Por quanto tempo?

A suspensão abrupta de antidepressivos pode trazer efeitos muito indesejáveis, seria adequado fazer um "desmame" antes? Bastaria ficar alguns dias sem o antidepressivo?

Se alguem puder me ajudar nessa ficaria muito grata!

Abraços!
 

Salaam`aleik

Kal-hifa
Administrador
Sim, traz riscos.

São duas drogas que agem sobre os mesmos mecanismos (serotonina), então tomar os dois juntos, se não causar uma síndrome serotoninérgica, pode dar um rebote forte, que piore a situação (deixando o seu amigo ainda menos sensível à medicação).

Parar com a medicação não é uma boa idéia. Como você suspeita, não é recomendável suspender completamente o medicamento. Normalmente é necessário reduzir a dose, devagar. No caso da desvenlafaxina, isso quer dizer alguns meses até parar de vez.

E precisa de acompanhamento. Dependendo da dose e de a quanto tempo seu amigo vem tomando, ele não vai conseguir fazer isso sozinho. O psiquiatra pode receitar algum outro remédio (também antidepressivo / ansiolítico) para aliviar os sintomas de abstinência, causados pela dose reduzida. Há risco de suicídio, por exemplo.

Enfim, porque ele precisa de outro psiquiatra? Se a medicação atual nào está ajudando, seria melhor ele relatar isso ao médico. Se for o caso, pedir a orientação dele sobre o uso da medicação concomitante (ou não) com os cogumelos.
 

Cogu-men

Esporo
Membro Ativo
Eu uso venlafaxina, não sei se é o mesmo princípio ativo mas o que notei até agora é que os efeitos são melhores quando estou há uns 3 dias sem os remédios. É loucura o que faço e óbvio que NÃO RECOMENDO DE JEITO NENHUM pois apenas esses 3 dias sem os remédios meu corpo fica horrível.
Quando tomei (2 ou 3 vezes) mesmo com o remédio, sentimos efeitos mais leves mas por enquanto não tive uma síndrome serotoninergica.
Pretendo sair dos remédios com ajuda da minha psiquiatra e usar as microdoses + psicólogo pra me tratar!


*Isso foi apenas um depoimento.
 

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
Esses antidepressivos que têm efeito sobre a recaptação de serotonina geralmente diminuem os efeitos dos cogumelos e outros psicodélicos, se a pessoa já está tomando por algum tempo. A desvenlafaxina é um inibidor de recaptação de serotonina e noradrenalina.

A diminuição de efeitos, entretanto, não elimina a possibilidade de ocorrência de síndrome serotoninérgica ou outros efeitos colaterais desagradáveis. Se ele decidir tomar, como já vi outros fazerem, melhor ir com calma nas doses.

Seu amigo já está tomando há pelo menos seis semanas, para chegar à conclusão que não fez efeito? Se não fizer mesmo efeito o mesmo psiquiatra deve mudar o fármaco, ou prescrever outro para tomar junto com a desvenlafaxina.
 

Tucum

Esporo
Membro Novo
Olha gente, eu sou epiléptico já tomei vários remédios e hj em dia ainda tomo alguns, e tomo Daime e cogumelo regularmente. Me ajudaram e me ajudam muito, então não acho que seja legal desanimar a pessoa dizendo q ela n pode tomar pq toma remedio , e não se para remédio por conta própria sem acompanhamento médico tb. Pelo que eu sei vc precisa ler a bula do remédio e ver se ele tem IMAO, inibidor de amino oxidase, esse é um recaptador de serotonina que aumenta bastante a intensidade e duração dos efeitos da psilicibina e do dmt tb. Então tem que ter cuidado. Tomar bem pouco a princípio, e tomar sabendo q o cogumelo nao e so uma substancia psicodélica, é um ser divino , que vem mostrar a nós o caminho certo pra cada um ser feliz, e que se queremos aprender com ele temos que ter muito respeito. Se eu fosse seguir apenas o q os médicos me diziam ser seguro, eu hoje estaria doente como passei anos doente até voltar a tomar o Daime e os cogumelos. O que precisa é muito respeito , e orientação de quem usa a mais tempo e sabe o que está fazendo.

Comentei pq é um assunto delicado, não estou querendo estimular ninguém a nada, mas esclarecendo com o que sei apenas.
 

Cogu-men

Esporo
Membro Ativo
Olha gente, eu sou epiléptico já tomei vários remédios e hj em dia ainda tomo alguns, e tomo Daime e cogumelo regularmente. Me ajudaram e me ajudam muito, então não acho que seja legal desanimar a pessoa dizendo q ela n pode tomar pq toma remedio , e não se para remédio por conta própria sem acompanhamento médico tb. Pelo que eu sei vc precisa ler a bula do remédio e ver se ele tem IMAO, inibidor de amino oxidase, esse é um recaptador de serotonina que aumenta bastante a intensidade e duração dos efeitos da psilicibina e do dmt tb. Então tem que ter cuidado. Tomar bem pouco a princípio, e tomar sabendo q o cogumelo nao e so uma substancia psicodélica, é um ser divino , que vem mostrar a nós o caminho certo pra cada um ser feliz, e que se queremos aprender com ele temos que ter muito respeito. Se eu fosse seguir apenas o q os médicos me diziam ser seguro, eu hoje estaria doente como passei anos doente até voltar a tomar o Daime e os cogumelos. O que precisa é muito respeito , e orientação de quem usa a mais tempo e sabe o que está fazendo.
Comentei pq é um assunto delicado, não estou querendo estimular ninguém a nada, mas esclarecendo com o que sei apenas.
COmo sei que meu remédio pode ter IMAO? Na bula não vai me dizer com essas palavras, vai?
 
Superior