Teonanacatl

Aqui discutimos micologia amadora e enteogenia.

Cadastre-se para virar um membro da comunidade! Após seu cadastro, você poderá participar deste site adicionando seus próprios tópicos e postagens.

Cogumelos mais fortes que o normal

Bactéria

Esporo
Cadastrado
22/10/2020
Mensagens
20
Reputação
0
Pontos de reações
56
Pontos
2
Olá psiconautas , sou a bactéria mt prazer, então, deixa eu contar minha historia, na madrugada de hoje usei 2g de cogumelos desidratados que eu mesmo cultivei, era só mais uma trip normal ja tinha tomado essa quantidade diversas vezes ,ajeitei tudo coloquei um ze ramalho para tocar, deixei a guitarra ligada para caso eu quisesse tirar um som deixei tudo certo, fiz um lemon teck com eles e bebi mais ou menos 00:10 , quando foi as 00:40 percebi que estava em uma onde muito forte começou a tocar a aquela musica aaas borbolhetas estão girandooo olhei em volta meu quarto estava menor e tudo a minha volta estava muito extranho se mexendo muito, fui ao banheiro urinar e fiquei com medo de não estar no banheiro , nesse momento me desesperei fui ate o quarto da minha tia e disse que estava muito mal, se em apenas alguns minutos eu ja estava daquela forma em algumas horas como seria né, tive mt medo tudo começou a se distorcer a minha volta e eu só pedia para que chamassem uma ambulância ja não reconhecia o local que eu estava, minha mae me acalmou a noite toda pensei que iria morrer, ate q vomitei os cogumelos, bebi leite e foi começando a melhorar aos poucos, fiquei muito mal , ate q teve um momento q eu senti algo e pensei que fosse mesmo morrer falei algumas coisas que queria dizer ,era musico queria deixar meu trabalho ja tinha colocado muitos traumas para fora muita coisa de anos conversando com a minha mãe estava leve para ir em paz e fui me desprendi, não morri, no final das contas a experiencia foi positiva gostei de ter passado por ela e tudo foi muito complexo de forma que eu n conseguiria explicar, eu tive cada visual que parecia que eu tinha fumado dmt, com certeza não gostaria de passar por isso nunca mais kk, no final de tudo olhei a lua e chorei muito, tinha pedido a ela que me trouxesse a paz antes da experiencia e ela se foi na madrugada com as minhas aflições, tive muita sorte que minha familia teve compreensão com o meu estado, me acalmaram , e nao chamaram a ambulância kk, culpei a balança por isso mas fiz testes nela e me parece que ela não esta ruim , estou achando que pode ter sido a potência dos cogumelos, alguem já passou por algo parecido ?
 

Anexos

  • IMG-20210525-WA0311.jpeg
    IMG-20210525-WA0311.jpeg
    1.2 MB · Visualizações: 25
  • IMG-20210525-WA0298.jpeg
    IMG-20210525-WA0298.jpeg
    794.3 KB · Visualizações: 25

TupacWari

Hifa
Cadastrado
11/02/2020
Mensagens
250
Soluções
3
Reputação
4
Pontos de reações
678
Pontos
6
Foi a primeira vez com cultivo próprio?

Antes de consumir meus próprios cogumelos, já tinha lido por aqui alguns relatos sobre maior potência de cultivo próprio, mas tinha dúvidas sobre isso.
Logo na primeira experiência, pude sentir toda a potência, realmente muito mais forte do que eu imaginava, muito mesmo. A primeira coisa que fui checar no dia seguinte, foi a balança, que estava perfeita.

Acho que todo o cuidado no cultivo, a qualidade do substrato, o manuseio, secagem, armazenagem, etc, devem ter uma boa influência no resultado final. O difícil é medir isso.

Pode ser que o lemon tek tenha dado um boost aí também, mas acho difícil saber ao certo...somente tendo mais experiências e variando quantidades e métodos para ir entendendo e ajustando as dosagens.

Assim como também, talvez você não estivesse tão disposto fisicamente quanto pensava...são muitas as variáveis.

Não sei qual é a sua experiência com psicodélicos, mas quando for subindo as doses e bater esse "agora sim, fodeu", a melhor coisa a se fazer é concentrar na respiração, manter a calma, saber que tudo vai ficar bem e que faz parte do processo. Uma coisa que já me assustou por exemplo, numa dose mais alta (para mim), foi não ter diferença entre estar de olhos abertos ou fechados, tudo o que eu via eram as imagens projetadas, tudo o que eu via, não estava de fato ali, foi como se eu estivesse cego (ou sonhando) e por alguns momentos achei que aquilo fosse permanente, mas mantendo a calma, tudo se compreende. Ter medo é da nossa natureza e estar realmente ciente disso já é um passo importante.

Penso que a princípio, músicas instrumentais são melhores dos que as com letras, e sinto que isso ajuda muito também (me parece que a linguagem falada/cantada atrapalha muito).

Sempre bom estar preparado, sabendo que isso pode acontecer com qualquer quantidade e que é absolutamente normal.

Muita sorte sua família não ter chamado ambulância ou te levado ao PS, poderia ser muito pior. Interessante seu relato, valeu.
 
Última edição:

Bactéria

Esporo
Cadastrado
22/10/2020
Mensagens
20
Reputação
0
Pontos de reações
56
Pontos
2
Foi a primeira vez com cultivo próprio?

Antes de consumir meus próprios cogumelos, já tinha lido por aqui alguns relatos sobre maior potência de cultivo próprio, mas tinha dúvidas sobre isso.
Logo na primeira experiência, pude sentir toda a potência, realmente muito mais forte do que eu imaginava, muito mesmo. A primeira coisa que fui checar no dia seguinte, foi a balança, que estava perfeita.

Acho que todo o cuidado no cultivo, a qualidade do substrato, o manuseio, secagem, armazenagem, etc, devem ter uma boa influência no resultado final. O difícil é medir isso.

Pode ser que o lemon tek tenha dado um boost aí também, mas acho difícil saber ao certo...somente tendo mais experiências e variando quantidades e métodos para ir entendendo e ajustando as dosagens.

Assim como também, talvez você não estivesse tão disposto fisicamente quanto pensava...são muitas as variáveis.

Não sei qual é a sua experiência com psicodélicos, mas quando for subindo as doses e bater esse "agora sim, fodeu", a melhor coisa a se fazer é concentrar na respiração, manter a calma, saber que tudo vai ficar bem e que faz parte do processo. Uma coisa que já me assustou por exemplo, numa dose mais alta (para mim), foi não ter diferença entre estar de olhos abertos ou fechados, tudo o que eu via eram as imagens projetadas, tudo o que eu via, não estava de fato ali, foi como se eu estivesse cego (ou sonhando) e por alguns momentos achei que aquilo fosse permanente, mas mantendo a calma, tudo se compreende. Ter medo é da nossa natureza e estar realmente ciente disso já é um passo importante.

Penso que a princípio, músicas instrumentais são melhores dos que as com letras, e sinto que isso ajuda muito também (me parece que a linguagem falada/cantada atrapalha muito).

Sempre bom estar preparado, sabendo que isso pode acontecer com qualquer quantidade e que é absolutamente normal.

Muita sorte sua família não ter chamado ambulância ou te levado ao PS, poderia ser muito pior. Interessante seu relato, valeu.
Muito obrigado amigo me ajudou muito !! Sim esse é meu primeiro cultivo, ja uso pscódelicos a bastante tempo mas nunca tinha passado por uma experiência tão intensa, acho que ainda não estava preparado para tanta intensidade, da proxima vou tentar uma dosagem mais baixa, de toda forma estou muito grato pela experiência, vlww amigo !
 

Barratorta

Primórdia
Cultivador Confiável
Cadastrado
17/09/2015
Mensagens
268
Reputação
6
Pontos de reações
949
Pontos
31
Bom.... Parabéns pelo sucesso do cultivo :D

Você teve uma experiência realmente forte pra 2g, mas como o @TupacWari disse, as variáveis são muitas e é difícil dizer o que causou isso. Pode ser que daqui 1 mês você tome 2g do mesmo cogumelo e perceba efeitos leves, essa é a natureza dos psicodélicos e é por isso que com o tempo os navegantes costumam ir ficando mais chatos com questões de set and setting, cada vez que a gente toma cogumelo é uma roleta russa, aceite o que vier e busque significado em tudo, as vezes uma viagem só faz sentido anos depois, olhando de longe. É preciso sair de dentro do rio pra ver o rio.

Estamos em uma época bagunçada e eu tenho visto muita gente gente relatando viagens tão bagunçadas quanto. Eu também tive a minha primeira grande experiência desagradável há um ano atrás, com 10g. Eu realmente achei que tinha pesado a mão na dose e ia morrer sozinho em casa, e pela primeira vez eu realmente entendi quando a galera surta, até hoje não tive coragem e nem vontade de repetir a dosagem :assobiando:
Quem sabe daqui um tempo....
Mas o ponto que eu quero chegar é que essa viagem foi extremamente importante pra eu perceber que não foi só a viagem que foi bagunçada, mas sim o quanto EU estava bagunçado. Estava numa carga de ansiedade gigantesca e eu nem percebia, com muita coisa mudando na minha vida (mudança de casa, cidade, começando a morar sozinho, pandemia, presidente genocida....), essa viagem foi o start pra eu começar a ficar mais atento ao meu estado psicológico no dia a dia, praticar meditação de forma mais séria, algum exercício, etc.
Claro, isso é o meu relato e no seu caso o cenário pode ser absolutamente diferente, mas fica ai a dica pra buscar sentido em outras questões, além de simplesmente a dose.
 
Última edição:

Bactéria

Esporo
Cadastrado
22/10/2020
Mensagens
20
Reputação
0
Pontos de reações
56
Pontos
2
Bom.... Parabéns pelo sucesso do cultivo :D

Você teve uma experiência realmente forte pra 2g, mas como o @TupacWari disse, as variáveis são muitas e é difícil dizer o que causou isso. Pode ser que daqui 1 mês você tome 2g do mesmo cogumelo e perceba efeitos leves, essa é a natureza dos psicodélicos e é por isso que com o tempo os navegantes costumam ir ficando mais chatos com questões de set and setting, cada vez que a gente toma cogumelo é uma roleta russa, aceite o que vier e busque significado em tudo, as vezes uma viagem só faz sentido anos depois, olhando de longe. É preciso sair de dentro do rio pra ver o rio.

Estamos em uma época bagunçada e eu tenho visto muita gente gente relatando viagens tão bagunçadas quanto. Eu também tive a minha primeira grande experiência desagradável há um ano atrás, com 10g. Eu realmente achei que tinha pesado a mão na dose e ia morrer sozinho em casa, e pela primeira vez eu realmente entendi quando a galera surta, até hoje não tive coragem e nem vontade de repetir a dosagem :assobiando:
Quem sabe daqui um tempo....
Mas o ponto que eu quero chegar é que essa viagem foi extremamente importante pra eu perceber que não foi só a viagem que foi bagunçada, mas sim o quanto EU estava bagunçado. Estava numa carga de ansiedade gigantesca e eu nem percebia, com muita coisa mudando na minha vida (mudança de casa, cidade, começando a morar sozinho, pandemia, presidente genocida....), essa viagem foi o start pra eu começar a ficar mais atento ao meu estado psicológico no dia a dia, praticar meditação de forma mais séria, algum exercício, etc.
Claro, isso é o meu relato e no seu caso o cenário pode ser absolutamente diferente, mas fica ai a dica pra buscar sentido em outras questões, além de simplesmente a dose.
Obrigado amigo por compartilhar sua experiência, eu tambem sinto isso que você falou, foi dificil para mim mas foi um start para eu mudar muita coisa na minha vida , agora estou dando valor a muitas coisas que eu não dava, o pior foi ter tomado uma dosagem considerada baixa e ter todo esse efeito, não estava esperando, n tinha me preparado, dai ja tinha a duvida na minha cabeça de quanto tinha tomado realmente poderia ter sido 8, 10, 20, 200 "sera q n vi os zeros" kk, ficava lembrando da balança eu pesando os cogus e cada vez com mais zeros apos o dois, acho q o fato de eu não saber ate aonde ia me levar que mais me assustou então não consegui me entregar a experiencia tive medo de me perder, ficava buscando a conciencia, arrumava mil explicações para o que esta acontecendo comigo, mas por pior que tenha sido foi muito bom, pensar que iria morrer me trouxe uma outra pespectiva da vida e do meu papel aqui, da forma como interfiro na vida das pessoas , do que eu quero deixar, me livrei de diversas coisas velhas que entulhavam minha casa durante esses dias da mesma forma que me livrei de muitas quinquilharias da minha mente naquele dia, como voce disse eu estava bem bagunçado por dentro também , então sou muito grato, estou bem melhor agora. Vou dar um tempo ate voltar a tomar denovo, muita coisa estou digerindo ainda , tmj 😉🤟.
 

Barratorta

Primórdia
Cultivador Confiável
Cadastrado
17/09/2015
Mensagens
268
Reputação
6
Pontos de reações
949
Pontos
31
Achei curioso você ter relatado que sua família ficou de boa e soube lidar com o que estava acontecendo.

Vocês conversam sobre isso? é de boa pra eles?

Muitas das experiências ruins que a gente vê por ai tem esse contexto de estar em casa com a família, mas normalmente a família "não pode saber" o que tá rolando no quarto.... Isso é receita óbvia para viagem desagradável e com desfechos possivelmente ruins, mas fiquei curioso sobre o seu relacionamento com eles nesse sentido, se não for muita intromissão minha :LOL:
 

Enteogenesis

Esporo
Cadastrado
25/11/2019
Mensagens
67
Reputação
0
Pontos de reações
132
Pontos
4
Fala Bactéria. Blz?

Dosagem é uma caixa de surpresas. Tem tanta variável. As que já conhecemos, e os colegas citaram, e talvez várias desconhecidas ainda.
Já tive onda fraca, quase nula, e uma viagem ao inferno com o mesmo cultivo, flush e dose. Ambas domingo pela manhã, lemon tek e jejum. Nunca vou saber o motivo de verdade, mas prefiro achar que foi meu estado mental.

Saiu algo legal da bad então, isso que importa.
Bad assim é medonho demais. Te impacta por uns meses. Tenta se distrair agora, deixa pra digerir daqui uns dias, quando tiver menos confuso.

Quando começa a bater e vc percebe que exagerou e fica com medo, já era. Daí é ladeira abaixo, o medo só aumenta.
Acho que nas próximas vai ser muito difícil ter bad de novo.
Vc vai ser muito mais prudente com a dose. Quando perceber que vai bater mais forte do que deveria o medo vai ser menor, o que já reduz em 90% a chance de virar esse pânico todo.

Tua mãe é tranquilona, né? A minha tinha chamado o pastor pra tirar o encosto e ainda me internava no dia seguinte.
Por sorte minha voltinha no inferno aconteceu depois que eu comecei a morar sozinho.
 

Bactéria

Esporo
Cadastrado
22/10/2020
Mensagens
20
Reputação
0
Pontos de reações
56
Pontos
2
Achei curioso você ter relatado que sua família ficou de boa e soube lidar com o que estava acontecendo.

Vocês conversam sobre isso? é de boa pra eles?

Muitas das experiências ruins que a gente vê por ai tem esse contexto de estar em casa com a família, mas normalmente a família "não pode saber" o que tá rolando no quarto.... Isso é receita óbvia para viagem desagradável e com desfechos possivelmente ruins, mas fiquei curioso sobre o seu relacionamento com eles nesse sentido, se não for muita intromissão minha :LOL:
Haha td bem amigo n é n, aqui em casa todo mundo ja sabe que eu uso os cogumelos de forma medicinal, eles deixaram eu cultivar porq viram melhora na minha vida em geral depois que eu fiquei "em dia" com eles, eu tinha problemas serios com alcool, depressão, ansiedade, panico, alterações de humor, dps que passei a usar melhorei muito então eles deixaram eu cultivar e me apoiaram

Fala Bactéria. Blz?

Dosagem é uma caixa de surpresas. Tem tanta variável. As que já conhecemos, e os colegas citaram, e talvez várias desconhecidas ainda.
Já tive onda fraca, quase nula, e uma viagem ao inferno com o mesmo cultivo, flush e dose. Ambas domingo pela manhã, lemon tek e jejum. Nunca vou saber o motivo de verdade, mas prefiro achar que foi meu estado mental.

Saiu algo legal da bad então, isso que importa.
Bad assim é medonho demais. Te impacta por uns meses. Tenta se distrair agora, deixa pra digerir daqui uns dias, quando tiver menos confuso.

Quando começa a bater e vc percebe que exagerou e fica com medo, já era. Daí é ladeira abaixo, o medo só aumenta.
Acho que nas próximas vai ser muito difícil ter bad de novo.
Vc vai ser muito mais prudente com a dose. Quando perceber que vai bater mais forte do que deveria o medo vai ser menor, o que já reduz em 90% a chance de virar esse pânico todo.

Tua mãe é tranquilona, né? A minha tinha chamado o pastor pra tirar o encosto e ainda me internava no dia seguinte.
Por sorte minha voltinha no inferno aconteceu depois que eu comecei a morar sozinho.
Verdade amigo agora que passei por isso ja estou mais preparado ne , o negocio é esse dar tempo mesmo para entender tudo, valeeu irmao.
Olha mais ou menos tranquilona kk, isso tudo é mt novo pra ela mais depois da quarentena passando mais tempo comigo mudou bastante a visão dela, minha tia é mais tranquila com isso, no meu caso acho q foi sorte ter sido aqui porq elas me ajudaram a passar e as conversas q eu tive com a minha mae foram muito profundas, valeu a pena , isso estreitou o laço que nós temos
 

Bactéria

Esporo
Cadastrado
22/10/2020
Mensagens
20
Reputação
0
Pontos de reações
56
Pontos
2
Ae galera valeu pela ajuda, fiz novos testes com a balança e acredito q deve ter sido ela mesmo, é bom para entender a importancia de uma balança de precisão ne, ai juntou isso mais lemon teck, acho q td que voces disseram contribuiu mesmo para o que aconteceu. Segue as fotos da balança, mesma quantidade resultados ambíguos, a quantidade do dia no copo e a quantidade q eu pesei para fazer o teste no mesmo copo , valeeu ai galera tmj !! 😉
 

Anexos

  • IMG-20210530-WA0009.jpeg
    IMG-20210530-WA0009.jpeg
    825.9 KB · Visualizações: 29
  • IMG-20210530-WA0007.jpeg
    IMG-20210530-WA0007.jpeg
    844.1 KB · Visualizações: 28
  • IMG-20210525-WA0298.jpeg
    IMG-20210525-WA0298.jpeg
    794.3 KB · Visualizações: 24
  • IMG-20210530-WA0012.jpeg
    IMG-20210530-WA0012.jpeg
    774.3 KB · Visualizações: 26

Barratorta

Primórdia
Cultivador Confiável
Cadastrado
17/09/2015
Mensagens
268
Reputação
6
Pontos de reações
949
Pontos
31
Ah, irmão...
HAHAHHAHAHAHAHAAHA

Essas balanças ai não tem essa precisão, precisa daquelas balancinhas de precisão mesmo
 

Joaokance

Esporo
Cadastrado
12/08/2021
Mensagens
8
Reputação
0
Pontos de reações
6
Pontos
2
Haha td bem amigo n é n, aqui em casa todo mundo ja sabe que eu uso os cogumelos de forma medicinal, eles deixaram eu cultivar porq viram melhora na minha vida em geral depois que eu fiquei "em dia" com eles, eu tinha problemas serios com alcool, depressão, ansiedade, panico, alterações de humor, dps que passei a usar melhorei muito então eles deixaram eu cultivar e me apoiaram


Verdade amigo agora que passei por isso ja estou mais preparado ne , o negocio é esse dar tempo mesmo para entender tudo, valeeu irmao.
Olha mais ou menos tranquilona kk, isso tudo é mt novo pra ela mais depois da quarentena passando mais tempo comigo mudou bastante a visão dela, minha tia é mais tranquila com isso, no meu caso acho q foi sorte ter sido aqui porq elas me ajudaram a passar e as conversas q eu tive com a minha mae foram muito profundas, valeu a pena , isso estreitou o laço que nós temos
Que isso irmao, gratidão pelo seu relato.
 

Alsmattiello

Esporo
Cadastrado
08/07/2021
Mensagens
1
Reputação
0
Pontos de reações
4
Pontos
2
Fala Bactéria. Blz?

Dosagem é uma caixa de surpresas. Tem tanta variável. As que já conhecemos, e os colegas citaram, e talvez várias desconhecidas ainda.
Já tive onda fraca, quase nula, e uma viagem ao inferno com o mesmo cultivo, flush e dose. Ambas domingo pela manhã, lemon tek e jejum. Nunca vou saber o motivo de verdade, mas prefiro achar que foi meu estado mental.

Saiu algo legal da bad então, isso que importa.
Bad assim é medonho demais. Te impacta por uns meses. Tenta se distrair agora, deixa pra digerir daqui uns dias, quando tiver menos confuso.

Quando começa a bater e vc percebe que exagerou e fica com medo, já era. Daí é ladeira abaixo, o medo só aumenta.
Acho que nas próximas vai ser muito difícil ter bad de novo.
Vc vai ser muito mais prudente com a dose. Quando perceber que vai bater mais forte do que deveria o medo vai ser menor, o que já reduz em 90% a chance de virar esse pânico todo.

Tua mãe é tranquilona, né? A minha tinha chamado o pastor pra tirar o encosto e ainda me internava no dia seguinte.
Por sorte minha voltinha no inferno aconteceu depois que eu comecei a morar sozinho.
Rsrsrs, a mãe chamar o pastor foi demais. Sou mãe, professora aposentada, Ateia, 54 anos, sei que minha filha de 25 anos usa maconha e, atualmente, com a pandemia e o isolamento que estamos fazendo rigorosamente, até já contratei delivery para ela( que tb é professora de crianças autistas). Com a morte de minha mãe cai num vazio profundo. Passei a usar cogumelos (minha filha e meu marido não sabem! rsrs).
A primeira vez usei 1 gr, nem cócegas fez... 3gr, me deu um sono profundo e muita dor de cabeça. Tenho um pinealoma desde 2016, segundo os médicos eu já deveria ter morrido há 2 anos...Por fim resolvi mastigar 10gr. Fui deitar, meu marido RONCANDO, sim, ele ronco MUITO alto. Coloquei fones com I-doser tocando e uma playlist chamada Mushroom Trip do Spotify. No início só veio o sono, depois comecei a ser invadida por um sentimento de calma muito grande, como se minha mãe estivesse comigo (passamos a vida juntas, mesmo depois de casada continuamos vivendo na mesma casa). Depois de um tempo a imagem de uma onça filhote me apareceu, sentia como se ela estivesse em mim, era doce, me trouxe uma boa sensação. No dia seguinte acordei com muita tontura e indisposta, mas muito mais calma com relação à morte de minha mãe.
Compro os desidratados e simplesmente os mastigo, como a Alice no País das maravilhas. Seria esse o motivo de fazerem menos efeito? Abraços Fraternos à todos.
 

Ecuador

Artífice esporulante
Membro da Staff
Cultivador Confiável
Cadastrado
22/12/2007
Mensagens
8,837
Reputação
85
Pontos de reações
20,705
Pontos
98
e simplesmente os mastigo, como a Alice no País das maravilhas. Seria esse o motivo de fazerem menos efeito?


Você pode tentar a técnica com vitamina C.

A maioria das pessoas, eu inclusive, acha que fica mais forte, então pode ser bom testar com uma quantidade menor.

 

Madarch

Esporo
Cadastrado
21/03/2020
Mensagens
12
Reputação
0
Pontos de reações
10
Pontos
3
Com certeza sua técnica no consumo com vitamina C ao menos dobra a potência porque faz o corpo absorver em menos tempo, então os efeitos são mais fortes e duram menos tempo...agora na mina opinião essa música colaborou para tua trip....tente músicas xamanicas, instrumentais, ou flauta andina.....a música tem papel fundamental na trip, tanto que algumas tribos como os lacotas não usam psicodélicos, apenas música para entrar em estados alterados de consciência... e os índios que usam ayahuasca usam a música para os guiar durante a viagem....a música que os leva onde querem ir, sem a música ficam a deriva, perdidos durante a viagem.....
Fica a dica....
 
Top