• Aqui contém tópicos de discussões automaticamente criados para os artigos que são enviados a nossa biblioteca. Para exibir o artigo, clique na aba "overview" dentro de cada tópico. Se você prefere navegar pelos artigos e não pelas suas discussões, acesse a biblioteca aqui. Ou clicando na aba "Biblioteca" em nosso menu principal.

Casing Casing para Mentes simples

Cesto

Escravo do micélio
Membro Ativo
Posso fazer apenas uma correção? Peat moss é a chamada "turfa loira", se trata de uma turfa (peat) menos decomposta e ainda com Sphagnum (moss propriamente dito). Não encontramos nada disso aqui no brasil, mesmo nossa turfa tem composição diferente, sendo originaria geralmente de folhas e outras matérias orgânicas em processo de decomposição mais avançado do que a turfa dos hemisférios que tem o frio pra diminuir a degradação.
O Sphagnum encontrado aqui é musgo puro seco, com pouquíssimos nutrientes se comparado ao peat moss.
 

Cosmik

Fractal Ambulante
Membro Ativo
O Sphagnum encontrado aqui é musgo puro seco, com pouquíssimos nutrientes se comparado ao peat moss.
Então serve. A ideia é justamente usar peat moss (com Sphagnum). Por isso que a peat moss é recomendada para casings, pois o valor nutritivo é baixo.
 

Cesto

Escravo do micélio
Membro Ativo
Então serve. A ideia é justamente usar peat moss (com Sphagnum). Por isso que a peat moss é recomendada para casings, pois o valor nutritivo é baixo.
Bem, é que no post inicial da a entender que Peat moss e Sphagnum seriam a mesma coisa, porem não são.

O que encontramos no brasil é geralmente isso:
aorquidariogoias.com.br_wp_content_uploads_2010_07_esfagno1.jpg
é o musgo seco, este ao se decompor parcialmente em climas frios da origem a turfa loira (peat moss)

Ambos são pobres em nitrogênio porem a turfa tem levemente mais rica que o musgo puro, alem de possuir outras propriedades.

Porem falo isso apenas pelo que sei sobre os substratos individualmente, pois cultivo a alguns anos (8 anos) plantas canivoras e justamente os gringos usam comumente turfa nos cultivos, já aqui temos que adaptar usando Sphagnum com fibra de coco/xaxim e outras coisas. Se de fato na pratica do casing não haver diferença entre o uso de Sphagnum e turfa, deixo meus comentários apenas como curiosidade.
 
Editado por um moderador:

Thug

Cogumelo maduro
Membro Ativo
Posso fazer apenas uma correção? Peat moss é a chamada "turfa loira", se trata de uma turfa (peat) menos decomposta e ainda com Sphagnum (moss propriamente dito). Não encontramos nada disso aqui no brasil, mesmo nossa turfa tem composição diferente, sendo originaria geralmente de folhas e outras matérias orgânicas em processo de decomposição mais avançado do que a turfa dos hemisférios que tem o frio pra diminuir a degradação.
O Sphagnum encontrado aqui é musgo puro seco, com pouquíssimos nutrientes se comparado ao peat moss.
Peat moss, hoje em dia encontramos no Brasil sim sr! Lógico que não vai ser em qualquer gardem center, mas qualquer grow shop nacional tem.(y)

Eu mesmo uso com sucesso nos meus cultivos, aliás o que tenho usado dessa vez está um pouco "carregado" com a condutividade elétrica próximo a 1!

É comercializado no fardo original de 107 litros ou fracionado.

É só procurar por substrato Sunshine, existem vários mix o que eu uso é o professional growing mix e a composição é 100% canadian spagnum peat moss já tamponado com dolomitic limestone.

at0_gstatic_com_images_42208e829d275e209beafa1ddc5ed43c._.jpg

Abs,
Thug
 

Cosmik

Fractal Ambulante
Membro Ativo

Cesto

Escravo do micélio
Membro Ativo
Adicionei um "moss" no final da palavra sphagnum. Ao menos internacionalmente, "peat moss" é sinônimo sphagnum moss em decomposição: https://en.wikipedia.org/wiki/Peat_moss#Uses
Exato, é Sphagnum em estado parcial de decomposição! aqui eu somente encontrei esse puro, seco e tão inteiro que pode rebrotar depois de encharcado. Peat moss nos foruns portugueses é chamada de turfa loira.

Peat moss, hoje em dia encontramos no Brasil sim sr! Lógico que não vai ser em qualquer gardem center, mas qualquer grow shop nacional tem.(y)
Poh isso é algo totalmente novo, será que encontro isso no centro do rio? Gardem center e grow shop seriam a mesma coisa? Pq na internet grow shop esta apenas como lojas de material de cultivo de canabis, coisa que tb nunca vi aqui..

Eu moro num bairro que é cheio de floriculturas grandes porem elas tem pouco material "rebuscado" como perlita, por isso que nunca vi esse substrato da Sunshine (com corretor é ruim tb pra mim pois no caso de plantas carnívoras elas precisam de PH baixo).

Por fim eu deixo a seguinte duvida: será que da pra usar turva brasileira? É um material rico em materia organica, semi decomposto e com alta retenção de agua.
 

Thug

Cogumelo maduro
Membro Ativo
Exato, é Sphagnum em estado parcial de decomposição! aqui eu somente encontrei esse puro, seco e tão inteiro que pode rebrotar depois de encharcado. Peat moss nos foruns portugueses é chamada de turfa loira.



Poh isso é algo totalmente novo, será que encontro isso no centro do rio? Gardem center e grow shop seriam a mesma coisa? Pq na internet grow shop esta apenas como lojas de material de cultivo de canabis, coisa que tb nunca vi aqui..

Eu moro num bairro que é cheio de floriculturas grandes porem elas tem pouco material "rebuscado" como perlita, por isso que nunca vi esse substrato da Sunshine (com corretor é ruim tb pra mim pois no caso de plantas carnívoras elas precisam de PH baixo).

Por fim eu deixo a seguinte duvida: será que da pra usar turva brasileira? É um material rico em materia organica, semi decomposto e com alta retenção de agua.
Isso, grow shop é voltada aos entusiastas do cultivo caseiro de canna.
O RJ já foi a vanguarda nessa área, mas acho que hoje em dia quase não tem mais nenhuma loja física, acho que só a inspirise bazar, na galeria river no arpoador.

Não tenho experiência com a nossa turfa, acho que não seria muito boa para casing tendo em vista o seu maior valor nutritivo. Agora dependendo da origem e composição me parece que tem umas turfas mais inertes.

Abs,
Thug
 

Cesto

Escravo do micélio
Membro Ativo
Assim que eu puder vou fazer uns testes com ela comparando com o esterco
 

User03

Cogumelo maduro
Membro Ativo
eu esterelizei o material de casing seco na panela de pressao .
era pra estar umido? oque pode acontecer?
O casing pode ser aplicado nos recipientes com micélio na forma seca, mas não é recomendado. Se você fizer assim, lembre de umidificar quando estiver no terrário. Ela precisa estar sempre úmida, mas não molhada!

Nunca utilize uma panela de pressão à seco. Além de ser ineficiente, pode causar algum acidente! ⚠
 
Editado por um moderador:

Sihvonen

Hifa
Membro Ativo
O casing pode ser aplicado nos recipientes com micélio na forma seca, mas não é recomendado. Se você fizer assim, lembre de umidificar quando estiver no terrário. Ela precisa estar sempre úmida, mas não molhada!

Nunca utilize uma panela de pressão à seco. Além de ser ineficiente, pode causar algum acidente! :!:
intao quer dizer que a vermiculita seca que eu "esterelizei" na panela de pressao,não foi esterelizada?
 

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
intao quer dizer que a vermiculita seca que eu "esterelizei" na panela de pressao,não foi esterelizada?

Como foi essa esterilização à seco?

Você não colocou nenhuma água na panela de pressão?

Simplesmente jogou a vermiculita lá dentro e ligou o fogo?
 

Sihvonen

Hifa
Membro Ativo
não,apenas coloquei a vermiculita seca dentro dos potes de vidro com boca de papel aluminio,igual aos bolos. So que no bolo a mistura é umedecida com agua.

fiz correto?
 
Editado por um moderador:

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
não,apenas coloquei a vermiculita seca dentro dos potes de vidro com boca de papel aluminio,igual aos bolos.
So que no bolo a mistura é umedecida com agua.
fiz correto?

Não.

E poderia ter causado sérios danos à panela de pressão e ao ambiente em volta.

Se quiser simplesmente esquentar a vermiculita sugiro que use o forno. E não a coloque em vidros mas sim em bandejas metálicas.


De onde você tira essas idéias? Onde viu aqui no fórum um processo igual ou semelhante descrito?

Percebe que está mexendo com altas temperaturas e de um modo que ninguém te disse que funciona ou sequer que é seguro?
 

Sihvonen

Hifa
Membro Ativo
Não.

E poderia ter causado sérios danos à panela de pressão e ao ambiente em volta.

Se quiser simplesmente esquentar a vermiculita sugiro que use o forno. E não a coloque em vidros mas sim em bandejas metálicas.


De onde você tira essas idéias? Onde viu aqui no fórum um processo igual ou semelhante descrito?

Percebe que está mexendo com altas temperaturas e de um modo que ninguém te disse que funciona ou sequer que é seguro?
li aqui que já esterelizarao vermiculita em panela de pressao,so que o individuo não mencionou se estava umida ou nao.
A vermiculita que eu "esterelizei" seca,esta esterelizada, ou posso esterilizar novamente e corretamente desta vez?
 
Superior