Bem-vindo ao Teonanacatl

Olá, seja bem-vindo!


Nós somos uma comunidade de entusiastas da micologia. Aqui você encontrará diversos assuntos envolvendo a micologia amadora, incluindo cultivos de cogumelos comestíveis, medicinais e psicoativos, como os do gênero Psilocybe!


Convidamos você para participar da nossa comunidade! Leia o nosso termos de uso e cadastra-se clicando no botão abaixo ou clicando aqui!


  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar utilizando esse site, você concorda em usar nossos cookies. Saiba Mais.
  2. Por favor, leia com atenção as Regras e o Termo de Responsabilidade do Fórum. Ambos lhe ajudarão a entender o que esperamos em termos de conduta no Fórum e também o posicionamento legal do mesmo.

    Dispensar Aviso

Sessão de Isolamento 1 - Critical Fail

Discussão em 'Culturas de Micélio' iniciada por WoD, 21 Nov 2018.

  1. WoD

    WoD Hifa
    Membro

    :
    20 Jun 2018
    :
    182
    :
    196
    :
    14
    Sexo:
    Masculino
    :
    +299 / 36 / -0
    Eaí galera,

    Estou deixando aqui a minha experiência mal sucedida com uma tentativa de isolamento. Vou descrever todo o procedimento abaixo e o resultado.

    1° Esterilização na Panela de Pressão.
    - Esterilização na panela de pressão por 1h de tudo:
    - Placas petri
    - 1 pinça histológica 14cm
    - 1 espátula de cutila
    - Meio BDA
    2º Levei para o banheiro a estrutura e limpei tudo com bastante lyson:
    - SAB (caixa organizadora 8L)
    - Vidro para cobrir a caixa organizadora
    3° Todo o equipamento para o local onde seriam feitos os procedimentos e passei lysol sobre a mesa onde ocorreria o procedimento. Borrifei A70 pelo ambiente e sobre a mesa e nos objetos.
    - Os acima citados.
    - Vela para esterilizado pinça e ponta da espátula
    - Papel toalha para limpar a bagunça.
    4° Na ordem:
    - Vesti luvas e touca. Limpei-as com A70.
    - Coloquei a caixa organizadora na mesa;
    - Pus o vidro em cima;
    - Abri a panela de pressão.
    - Tirei as Petri e deixei em cima da mesa ao lado da caixa e próximas a vela;
    - Borrifei a70 dentro da SAB;
    - Pus um papel toalha lá dento para manter o ar rico em a70;
    - Pus as placas dentro da sab;
    - Apanhei o agar.
    - Abri o agar
    - Agar frio e já sólido. EITA CACETA
    - Sai do ambiente, pus o frasco como agar dentro de um papeiro com água.
    - Pus pra ferver enquanto mexia lá dentro com um garfo não esterilizado (QUE DIFERENÇA FAZ UM PEIDINHO PRA QUEM TÁ NA BOSTA?)
    - Fechei o pote;
    - Voltei pra sala;
    - As petris ainda estavam fora da SAB.
    - No fundo da minha alma. Chorei.
    - Troquei as luvas e a touca (VAI QUE NÃO ERA SÓ PEIDO.)
    - Uma parte de mim gritava "WTF tu tá fazendo?"
    - Pus as placas dentro da SAB. Somente a parte onde é depositado a materia viradas para cima.
    - Abertas. As tampas ainda ficaram fora.
    - Esqueci os carimbos na geladeira. Pedi pra outra pessoa pegar pra mim.
    - "EITA O AGAR JÁ TÁ SOLIDIFICANDO DE NOVO".
    - Peguei o pote pela porta do cômodo enquanto a pessoa do outro lado da porta ria da putaria (ou do tom de desespero na minha voz).
    - Encho todos os potes de Agar. "VAI DAR SEERTO!!!!!!"​

    5° Dispersão dos esporos.
    - Espatula e pinça para fora da panela de pressão. Passo ela no fogo.
    - Abro o primeiro carimbo (Albino).
    - Ponho ele pela entrada direita da SAB, mas só raspo na primeira petri a direita.
    - Raspo em três petris e me dou conta da merda.
    - "BUCETA! CONTAMINAÇÃO CRUZADA POR STRAIN".
    - Empilho todas as petris em grupos adequados ao número que pretendo fazer. Ponho do lado de fora e passo a fazer todas seguindo a quantidade de esporos e o video do RR que eu já tinha assistido trinta e oito milhões de vezes, mas a cãimbra mental do momento não me deixou fazer.
    - Carimbos esporulados na ordem: Albino, Spectrum;
    - Por último faço o carimbo selvagem (Pan Cyans).
    - Respiro fundo. Estou suado e sem magote de proteção nos braços.
    6° Fecundação do Pote de Milho descrito no post:
    - Respiro fundo.
    - Esterilizo todo o ambiente usando papel toalha + a70.
    - Esfrego todo o interior da SAB.
    - Viro o vidro que estava na parte superior.
    - Apanho a Petri do isolamento descrito no diário2 (link abaixo). Tiro o plástico filme que estava cobrindo;
    - Limpo ela externamente junto com o pote de vidro com Lysol.
    - Limpo ela externamente junto com o pote de vidro com a70.
    - Boto dentro da SAB.
    - Espátula para o fogo;
    - Espátula para a SAB;
    - Abro a placa rapidamente, faço um repique preciso e alimento a penultima que estava dentro da SAB.
    - Repito o processo para jogar o resto do material dentro do pote de milho.
    - Tapo o milho.
    - Penso em escrever esse post enquanto rio da minha própria miséria e embalo todas as petris no plástico film.
    Imagens:
    As fotos são do dia 0, 3 e 6.
    Be-Funky-collage.jpg

    Aprendizagem para o futuro:
    - Fazer 1 carimbo por sessão;
    - Roteirizar melhor o processo;
    - Aspergillus Níger tem um micelio lindo.


     
    • Curtir Curtir x 2
    • Engraçado Engraçado x 1
    #1 WoD, 21 Nov 2018
    Última edição: 21 Nov 2018
  2. l3th3

    l3th3 Primórdia
    Membro

    :
    9 Nov 2011
    :
    144
    :
    106
    :
    38
    :
    +178 / 38 / -0
    Caprichou no diário, e com bom humor!
    Boa Sorte @WoD !
    Abração!!!