Completo Segundo Cultivo [Australiano/Carimbo + Equador/Cultura Líquida]

AlfaZemma

Hifa
Membro Ativo
Olá Amigos,

Estou realizando minha primeira experiência com 1. Seringa de Esporos e 2. Cultura Líquida


1. Seringa de Esporos (Australiano)

Montei a seringa com carimbos do meu cultivo anterior - Fervi água destilada, deixei esfriar, coloquei em copo de vidro, raspei os esporos, puxei a água para a seringa e guardei na geladeira por poucas horas (6h aprox.) no mesmo dia (28/01) inoculei no substrato. (usei luvas, máscara e velas)

Substrato - PF Tek tradicional (1 H2O, 1 Arroz, 2 vermiculita + capa vermiculita seca)
Foram 4 potes de 500 ml, com 3 furos cada, cerca de 1ml por furo.

Eles estão em uma caixa escura fechada mas não hermeticamente com uma garrafa de água com aquecedor de aquário com termostato a 28/29 graus.

Assim estão os potes após uma semana:
DSC08506.JPG - (Pote 1)
DSC08508.JPG - (Pote 2)
DSC08514.JPG - sem sinal de vida - (Pote 3)
DSC08515.JPG - (Pote 4)
Curioso que só apareceu um ponto com micélio em cada pote, apesar de ter sido 3 furos em cada, em um não apareceu nada ainda...


2. Cultura Líquida (Equador)

Fervi 400ml de água e separei em 2 potes de vidro, coloquei menos de meia colher de chá de dextrose em cada pote. Furei as tampas dos potes e tampei com fita microporo e adicionei a cobertura de papel alumínio. Esterilizei na pressão por 1h, deixei esfriar.

Próximo de velas, abri os potes e raspei um carimbo de Equador (carimbo ganhado).

Após 20 dias (aprox.) eles estagnaram com esta aparência:
DSC08467.JPG
...bem estranhos... mas resolvi testar

Para montar a seringa - Mexi um bom tanto a mistura, puxei o liquido pelos buracos das tampas, montei uma seringa de cada vidro da C.L. - Cada seringa inoculou dos bolos (dia 28/01 - mesmo dia da inoculação do australiano e mesmo substrato).

Cultura Líquida seringa 1 - (após uma semana inoculado)
16507168_1053362791442854_1217991841_n.jpg 16507267_1053362851442848_1802361465_n.jpg 16507327_1053362768109523_460566807_n.jpg Pote 1
16507277_1053362884776178_1464239184_n.jpg 16506945_1053362818109518_488956814_n.jpg 16521904_1053362831442850_1377025507_n.jpg Pote 2

Cultura Líquida seringa 2
1.jpg 2.1.JPG 2.jpg 3..JPG Pote 1
4.jpg 6.jpg 8.jpg 7.jpg Pote 2
(Parecem estar contaminados) - vejo duas camadas de fungos, o micélio de tamanho menor e uma camada mais desenvolvida - um branco transparente / talvez cinza - Coweb???)

Abraço, valeu!
 

Finganforn

Primórdia
Membro Ativo
Micélio bonito cara. Só não sei dizer sobre esse diferente da cultura líquida 2, é meio estranho mesmo.

Sobre a CL acho que não é CL mesmo, pois não parece que cresceu micélio. Parece apenas que diluiu a seringa. Apenas opinião minha.

Acompanhando o cultivo (y)
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo
Muito bom os cultivos. Acompanhando. (y)

Pra mim o pote 2 da CL está contaminado pelo "parece teia de aranha", como chamo esse micélio bem clarinho que se espalha por todo substrato de um dia pro outro. Às vezes o cubensis leva a melhor, mas só quando o contaminante não aparece dominando a maior parte do substrato no começo do cultivo. :coffee:
 

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Estava lendo sobre culturas liquidas e algumas coisas pude observar que talvez você tenha feito diferente.

Você disse que pôs metade de uma colher de chá, uma colher de chá tem 5ml, parece poco, pois vi que em 250 ml de água utilizaram uma colher de sopa de dextrose que seria 15 ml (os valores de quantidade das colheres são de uma tabela de quantidade de um liquido, não sei exatamente o quanto que daria em dextrose).

Li que dextrose sozinha apesar de poder ser utilizada não é recomendada e acarreta em um crescimento lento.

Quanto à prevenção de contaminantes em LC vi que se pode utilizar água oxigenada na LC assim que o micélio apareça.
(a medida no site diz de 1 a 3 ml, mas não diz qual o tamanho da cultura, creio que seja 1 ml pra uma de 250 ml)


Fonte:
Shroomery - Liquid culture
 
Última edição:

AlfaZemma

Hifa
Membro Ativo
Preferi errar para menos do que para mais... quando fiz não tinha ideia de quanto cabia em uma colher de chá...

O que pode ser adicionado a dextrose para melhorar o esquema?
- Entrei no link mas não encontrei essa informação -
 

Ecuador

Artífice esporulante
Administrador
O que pode ser adicionado a dextrose para melhorar o esquema?

A dextrose tem seus prós e contras. Mas pode ser usada.

Sugiro que veja Tutorial Cultura Líquida

Já usar carimbos para começar diretamente uma CL não é recomendado. Carimbos dificilmente são totalmente estéreis. E se você raspou o carimbo inteiro para inocular a solução aumentou mais ainda a chance de ter adicionado algum contaminante. O ideal é começar a CL com um grão totalmente colonizado ou com um setor limpo de agar.
 

AlfaZemma

Hifa
Membro Ativo
Estou concordando com vocês,
Também acho que coloquei pouca dextrose - pois no tutorial C.L. a imagem de 2g de dextrose parece algo como uma colher de sopa cheia!

Agora dois lances sobre o tutorial C.L.:
- O tutorial mostra o processo com carimbos.
- A dextrose é mostrada como melhor opção.
 

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Em outros tutoriais que vi na net, vi fazerem com esporos também a C.L. (Não é impossível, só é bem mais fácil de contaminar, pois a cultura liquida tem porcentagens bem mais altas de contaminação que outras técnicas)

Mas já vi também ser feita com um isolamento e tem dois exemplos no TEO de culturas feitas com bolo 100% colonizado.

Cultura Liquida prática - Avançado

Cultura Líquida feita com Spawn colonizado

Eu particularmente quando for fazer minha C.L vou usar água e mel, gosto de pensar que coisas mais naturais trarão resultados mais legais.
 

ExPoro

Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
Membro Ativo

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Em caso de CL, menos é melhor que mais para desenvolver o micélio. Esqueci porque, só sei que falam isso em algumas respostas nos tutoriais. :coffee:
De acordo com o tutorial no Shroomery:
"If your solution is a little off (3%-5%), don't worry. It'll still put out viable mycelium in most situations. It is better to be too weak a solution than too strong, too strong a sugar solution (around 10%) is toxic for the mycelium, and will not let anything grow in it (why jam is called preserve!)"

Ou seja, uma solução com muito açúcar é tóxica para o micélio. E se não me engano se você passa do recomendado de 4% do total de água o micélio não coloniza mais rápido, porém contaminantes sim ( bactérias adoram açúcar)
 

coguosho

Primórdia
Membro Ativo
Primeiramente, AlfaZemma, parabéns cara. Parece que teus estudos estão indo bem.

Aguardo ansioso pelas futuras atualizações.

Curioso que só apareceu um ponto com micélio em cada pote, apesar de ter sido 3 furos em cada, em um não apareceu nada ainda...
Você provavelmente não espalhou os esporos bem na água e não chacoalhou antes da inoculação. Pode também não ter colocado a agulha fundo o suficiente e a água com esporos foi absorvida pela camada de vermiculita.

Sobre a CL acho que não é CL mesmo, pois não parece que cresceu micélio.
Olhe novamente para a foto. Dá de ver o micélio sim. Aqueles pontos pretos é que são preocupantes se não são esporos que não germinaram.

Li que dextrose sozinha apesar de poder ser utilizada não é recomendada e acarreta em um crescimento lento.
Eu já fiz até com açúcar de cozinha.

Quanto à prevenção de contaminantes em LC vi que se pode utilizar água oxigenada na LC assim que o micélio apareça.
(a medida no site diz de 1 a 3 ml, mas não diz qual o tamanho da cultura, creio que seja 1 ml pra uma de 250 ml)
Por favor, vamos deixar água oxigenada para o Mc Biel. Se você precisa usar qualquer tipo de artimanha para combater contaminantes é porque seus procedimentos não estão bons. Em vez de usar essas coisas que nem funcionam é melhor focar na sua técnica.

Referência de 2006. Tente ler coisas publicadas nos últimos 3-4 anos no máximo. Tem muita coisa que se fazia antigamente que não fazemos mais porque não funciona e era só mito.

Já usar carimbos para começar diretamente uma CL não é recomendado. Carimbos dificilmente são totalmente estéreis.
Concordo completamente, mas quem só tem carimbo como opção, recomendo pegar o mínimo de esporo possível para fazer a CL.Uma outra opção é retirar o micélio do meio de um fruto que você achou bonito e gostaria de clonar. Rasgue o fruto no meio (não corte pois vai levar contaminantes da camada exterior para o interior) e dentro de uma SAB retire uma parte do micélio com uma lâmina estéril e jogue dentro do pote de CL.

Eu particularmente quando for fazer minha C.L vou usar água e mel, gosto de pensar que coisas mais naturais trarão resultados mais legais.
O problema do mel é que deixa a água turva, o que te impede de saber se há contaminantes. Se bem que às vezes não dá de ver os contaminantes de qualquer forma.
 

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Primeiramente, AlfaZemma, parabéns cara. Parece que teus estudos estão indo bem.

Aguardo ansioso pelas futuras atualizações.



Você provavelmente não espalhou os esporos bem na água e não chacoalhou antes da inoculação. Pode também não ter colocado a agulha fundo o suficiente e a água com esporos foi absorvida pela camada de vermiculita.



Olhe novamente para a foto. Dá de ver o micélio sim. Aqueles pontos pretos é que são preocupantes se não são esporos que não germinaram.



Eu já fiz até com açúcar de cozinha.



Por favor, vamos deixar água oxigenada para o Mc Biel. Se você precisa usar qualquer tipo de artimanha para combater contaminantes é porque seus procedimentos não estão bons. Em vez de usar essas coisas que nem funcionam é melhor focar na sua técnica.



Referência de 2006. Tente ler coisas publicadas nos últimos 3-4 anos no máximo. Tem muita coisa que se fazia antigamente que não fazemos mais porque não funciona e era só mito.



Concordo completamente, mas quem só tem carimbo como opção, recomendo pegar o mínimo de esporo possível para fazer a CL.Uma outra opção é retirar o micélio do meio de um fruto que você achou bonito e gostaria de clonar. Rasgue o fruto no meio (não corte pois vai levar contaminantes da camada exterior para o interior) e dentro de uma SAB retire uma parte do micélio com uma lâmina estéril e jogue dentro do pote de CL.



O problema do mel é que deixa a água turva, o que te impede de saber se há contaminantes. Se bem que às vezes não dá de ver os contaminantes de qualquer forma.


Quanto ao mel, só pegar um de flor de laranjeira, que é um mel bem claro que misturado com a água vai ficar bom, claro que se fosse um mel de flor de eucalipto ou um silvestre ia ser muito escuro ia ficar ruim de ver mesmo.

Essa história do açúcar de cozinha, não que a dextrose não funcione é uma questão de otimização, se tu podes fazer em menos dias com a mesma segurança por que não?

A água oxigenada não é um obrigação de por, é uma opção, e é para evitar contaminantes
enquanto a cultura está guardada, se a CL contaminou, joga fora e deu.

Não vi muita diferença da versão atualizada em 30 de janeiro de 2017.

Única coisa é que não recomendam o uso de seringa multi esporos

Shroomery - Liquid culture

 
Última edição:

coguosho

Primórdia
Membro Ativo
Não vi muita diferença da versão atualizada em 30 de janeiro de 2017.

Única coisa é que não recomendam o uso de seringa multi esporos

Shroomery - Liquid culture
In addition to the significant speed boost over MS (multi spore) inoculation, mycelium is not harmed by hydrogen peroxide (H2O2), so this can be added to your substrate to help reduce contamination. Normally you can not do this until the mycelium has started growing, because H2O2 kills the spores.

Isso estava na versão de 2006, sugerindo adicionar água oxigenada. Estava me referindo a isso. Lembre-se que muita gente vem ao forum e apenas lê e vai embora. Muitos não sabem inglês e só conseguem informação aqui. Quando a gente adiciona informação desatualizada, prejudicamos um monte de gente que vai fazer besteira e ficar quebrando a cabeça com coisas que já sabemos faz anos que não funcionam ou não são recomendadas.
 

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
In addition to the significant speed boost over MS (multi spore) inoculation, mycelium is not harmed by hydrogen peroxide (H2O2), so this can be added to your substrate to help reduce contamination. Normally you can not do this until the mycelium has started growing, because H2O2 kills the spores.

Isso estava na versão de 2006, sugerindo adicionar água oxigenada. Estava me referindo a isso. Lembre-se que muita gente vem ao forum e apenas lê e vai embora. Muitos não sabem inglês e só conseguem informação aqui. Quando a gente adiciona informação desatualizada, prejudicamos um monte de gente que vai fazer besteira e ficar quebrando a cabeça com coisas que já sabemos faz anos que não funcionam ou não são recomendadas.
Na versão atualizada tem a mesma informação mas escrita de outra forma.

Storage

Liquid cultures can be stored in a fridge for 6-8 months (or longer). Some add a little H2O2 (approx 1-3cc) at this point since the mycelium is able to handle it, this can help prevent contamination.

In addition to the significant speed boost over MS (multi spore) inoculation, mycelium is not harmed by hydrogen peroxide (H2O2), so this can be added to your substrate to help reduce contamination. Normally you can not do this until the mycelium has started growing, because H2O2 kills the spores.

Isso estava na versão de 2006, sugerindo adicionar água oxigenada. Estava me referindo a isso. Lembre-se que muita gente vem ao forum e apenas lê e vai embora. Muitos não sabem inglês e só conseguem informação aqui. Quando a gente adiciona informação desatualizada, prejudicamos um monte de gente que vai fazer besteira e ficar quebrando a cabeça com coisas que já sabemos faz anos que não funcionam ou não são recomendadas.
Mas é certo que muita gente vai errar a mão nessa água oxigenada ai, segredo da coisa é manter o mais simples possível.

Não é recomendação, é opção fiquem cientes disso, nem tudo que esteriliza ajuda, lição importante que aprendi hoje hahahahhaa
 
Última edição:

AlfaZemma

Hifa
Membro Ativo
-- Estou Gostando! -- Ta rolando uma discussão boa por aqui! -- Estou Gostando! --
  • Também não sou fá da ideia de água oxigenada
  • Algo aconteceu com a C.L. de diferente da seringa de esporos (pois a velocidade de colonização está muito maior) - também vejo micélio...
  • Acho que os pontos pretos são esporos que não germinaram sim, pois esses pontos estão aí desde o início.
  • Usar coisas naturais, legal sim! Mel ou água de coco, ainda quero tentar também...
Cuidado Ankardo com essas afirmações, para quem nunca fez uma C.L. você está muito otimista, que tal nos mostrar na prática que você está correto !?

"não que a dextrose não funcione é uma questão de otimização, se tu podes fazer em menos dias com a mesma segurança por que não?" Ankardo

---- Boa sorte! ----- a todos nós!

Atualização - 1. Cultura Líquida (Equador)

(12 dias incubando) - é extrema a diferença na velocidade de colonização...
Os potes da Seringa 2 eu separei, é o que mais aparenta contaminação, mesmo assim vou tentar frutificá-lo separadamente.
Vamos aguardar mais uns dias para consolidar a colonização.

Cultura Líquida seringa 1
DSC08544.JPG DSC08545.JPG
DSC08546.JPG DSC08547.JPG Pote 1
DSC08541.JPG DSC08542.JPG DSC08543.JPG Pote 2


Cultura Líquida seringa 2
DSC08531.JPG
DSC08533.JPG DSC08534.JPG DSC08535.JPG Pote 1
DSC08536.JPG DSC08537.JPG DSC08538.JPG DSC08540.JPG Pote 2

Desculpe pela qualidade das fotos que não estão muito boas - acho que foi a iluminação...

Atualização 1. Seringa de Esporos (Australiano)

Muito mais lento que a C.L. - novos pontos de desenvolvimento do micélio estão aparecendo - até no pote que não tinha nada!

DSC08521.JPG DSC08522.JPG Pote 1
DSC08524.JPG DSC08525.JPG Pote 2
DSC08527.JPG Pote 3
DSC08529.JPG DSC08530.JPG Pote 4
 
Editado por um moderador:

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Atualização - 1. Cultura Líquida (Equador)

(12 dias incubando) - é extrema a diferença na velocidade de colonização...
Os potes da Seringa 2 eu separei, é o que mais aparenta contaminação, mesmo assim vou tentar frutificá-lo separadamente.
Vamos aguardar mais uns dias para consolidar a colonização.

Cultura Líquida seringa 1
Ver anexo 98244 Ver anexo 98245
Ver anexo 98246 Ver anexo 98247 Pote 1
Ver anexo 98241 Ver anexo 98242 Ver anexo 98243 Pote 2


Cultura Líquida seringa 2
Ver anexo 98248
Ver anexo 98249 Ver anexo 98250 Ver anexo 98251 Pote 1
Ver anexo 98252 Ver anexo 98253 Ver anexo 98254 Ver anexo 98255 Pote 2

Desculpe pela qualidade das fotos que não estão muito boas - acho que foi a iluminação...
Os potes da seringa dois pode por fora já, micélio que não é branco que nem papel é micélio de bolor, ele começa um branco claro mas quando esporula muda de cor, pode ser verde, preto e por ai vai.

Se quiser um exemplo, olha no meu diário de cultivo, criei uns bolorzinhos por uns dias.
 

Ankardo

Primórdia
Membro Ativo
Cuidado Ankardo com essas afirmações, para quem nunca fez uma C.L. você está muito otimista, que tal nos mostrar na prática que você está correto !?

"não que a dextrose não funcione é uma questão de otimização, se tu podes fazer em menos dias com a mesma segurança por que não?" Ankardo
Já disse que vou fazer uma no mel, quanto a essa afirmação, não é minha vem do tutorial de culturas líquidas do Shroomery.

A tradução do ponto que estou expondo é essa:

"A dextrose sozinha geralmente não é recomendada, mas ira funcionar, devida a falta de nutrientes adicionais seu crescimento (tempo de colonização micelial) deve ser mais lento mas devido a sua clareza é mais fácil de ver contaminantes. Extrato de malte claro e mel podem ser usados sozinhos. Nutrientes adicionais podem ser adicionados assim como peptídeos, varias farinhas podem ser usadas mas é muito mais difícil para determinar o estágio de crescimento do micélio devido a sua nebulosidade".

Está é a menção original:

Dextrose alone is usually not recommended, but will work, due to the lack of additional nutrients its growth may be slower but due to its clarity it may be easier to spot contamination. Light malt extract and honey can be used alone. Additional nutrients can be added such as peptone, various flours could be used but it is much harder to determine the stage of mycelium growth due to cloudiness.

Aqui está a fonte de onde eu tirei:

Shroomery - Liquid culture
 
Última edição:

AlfaZemma

Hifa
Membro Ativo
Olá amigos,
Fiquei sumido por um tempo, tive alguns problemas no cultivo e fui fazendo alguns testes que não consegui postar o andamento passo a passo de tudo que rolou por aqui, mas já estamos de volta com as atualizações....

Os bolos dos Australianos demoraram muito a colonização, possivelmente porque foram feitos com uma seringa de esporos muito diluída e pouco hidratada - alguns bolos não colonizaram até hoje (quase 2 meses). No entanto um deles teve a colonização mais rápida e começou a pinar ainda dentro do pote, retirei os cogumelinhos que estavam crescendo e transferi o bolo para os sacos (onde costumo frutificá-los), e hoje aconteceu a colheita (22/03):

DSC08611.JPG DSC08613.JPG DSC08614.JPG
Tem mais dois bolos de australiano quase totalmente colonizados (fase de consolidação) que logo irão para a frutificação...

Já com o Equador os problemas foram outros, inoculei vários bolos a partir da Cultura Liquida 1 e a maioria apresentou o mesmo problema, um outro fungo que cresce muito mais rápido que o cubenses - um fungo mais acinzentado. Mesmo alguns bolos com essa características eu estou tentando frutificá-los (vai que dá certo) mas ainda sem resultado... [foram 6 bolos contaminados!]

Nem todos contaminaram - Alguns deles estavam saudáveis e aproveitei para criar uma cultura liquida com eles. Montei 3 culturas liquidas (2 de dextrose e 1 de mel) e inoculei em grãos (painço) como teste. Uma C.L. contaminou as outras duas estão saudáveis [Finalmente consegui uma cultura liquida do Equador sem contaminação!]
DSC08619.JPG aqui estão sendo encubados os grãos de painço com as novas culturas liquidas...

Com os bolos que usei para a cultura liquida montei dois casing`s, que já estão pinando/frutificando!
DSC08617.JPG Casing 1
DSC08615.JPG Casing 2 (bolos da Seringa de Esporos 1 do primeiro post)

Agora vem a melhor parte [Criei um monstro! kkk ]
Consegui outros dois bolos saudáveis de equador (da mesma Cultura Liquida 1)
DSC08579.JPG DSC08580.JPG DSC08581.JPG (bolo1)
DSC08610.JPG DSC08607.JPG (bolo2)

Então peguei uma marmita GIGANTE e quebrei os dois bolos de 500ml montando um casing monstro de 1 litro (ou um quilo, sei lá) - quase não coube dentro do saco de tão grande... foi meu maior casing até agora, vamos ver no que isso vai dar...
DSC08618.JPG Na foto não dá pra sacar as proporções (mas esse cara tem o dobro do tamanho dos outros casing`s)


Valeu, abraço - bons experimentos...
 
Última edição:
Superior