Bem-vindo ao Teonanacatl

Olá, seja bem-vindo!


Nós somos uma comunidade de entusiastas da micologia. Aqui você encontrará diversos assuntos envolvendo a micologia amadora, incluindo cultivos de cogumelos comestíveis, medicinais e psicoativos, como os do gênero Psilocybe!


Convidamos você para participar da nossa comunidade! Leia o nosso termos de uso e cadastra-se clicando no botão abaixo ou clicando aqui!


  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar utilizando esse site, você concorda em usar nossos cookies. Saiba Mais.
  2. Por favor, leia com atenção as Regras e o Termo de Responsabilidade do Fórum. Ambos lhe ajudarão a entender o que esperamos em termos de conduta no Fórum e também o posicionamento legal do mesmo.

    Dispensar Aviso

Featured Fundamentos do Uso Responsável de Psicoativos com Anotações para o Cogumeleiro

Discussão em 'Dosagens de cogumelos' iniciada por ExPoro, 16 Jan 2016.

  1. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,052
    :
    2,903
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,764 / 608 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    A lista a seguir é uma elaboração além dos conceitos de set e setting e resume diversas recomendações feitas pelo fórum sobre o uso de cogumelos e outros psicodélicos, como preocupações de saúde prévias (itens 1 e 2), interações medicamentosas, local e situações apropriadas, consciência sobre a impossibilidade de se operar máquinas, e também a importância de se cultivar o próprio cogumelo para se ter certeza da qualidade do que é consumido.

    Fora o item número cinco, que não se aplica aos cultivadores de cogumelos psilocibinos que são membros da comunidade, acredito que os demais princípios devem ser levados em conta por todos os cogumeleiros. Aliás, já são levados em conta pelos mais experientes, mas ainda não os tinha visto tão bem resumidos. Afinal, é melhor primeiro conhecer seu corpo e depois ajustar a dosagem (itens 10 e 11), também é bom observar as mudanças na saúde e se de alguma forma está te atrapalhando tomar cogumelos demais (itens 12, 13, 14 e 15), ou ter consciência que não se deve dirigir com cogumelos (item 6), enfim, a lista é de fato extremamente útil também pra galerinha do cogumelo, que só curte cogumelo, porque, afinal, são psicoativos e essas regras também se aplicam.

    Fundamentos do Uso Responsável de Psicoativo com Anotações para o Cogumeleiro
    1. Investigue os riscos à saúde e os perigos do psicoativo em específico e da classe de drogas à qual ele pertence.
    2. Aprenda sobre interações e contraindicações com outras drogas recreacionais, medicações, suplementos e atividades.
    3. Reveja problemas pessoais de saúde, bem como predisposições e o histórico médico familiar.
    4. Esteja ciente das leis e penalidades relevantes.
    5. Escolha a sua fonte ou o seu produto cuidadosamente para ajudar a garantir que a identificação e a pureza deste estejam corretas. (Tente evitar materiais de origem incerta ou de qualidade desconhecida.)
    6. Saiba se a droga é suscetível de prejudicar as habilidades de dirigir, operar equipamento ou prestar atenção a tarefas necessárias.
    7. Dê-se "uma folga" de qualquer responsabilidade que possa vir a lhe perturbar (trabalho, criança, guarda, etc.) e coloque outra pessoa "de plantão".
    8. Antecipe riscos razoavelmente previsíveis para si e para outros, e empregue salvaguardas para minimizar tais riscos.
    9. Escolha uma ocasião e uma localização adequadas ao uso.
    10. Decida quanto usar e meça as dosagens com cuidado.
    11. Comece com uma dose baixa até que suas reações individuais sejam conhecidas e depois use somente a dose mínima necessária para chegar aos efeitos desejados: doses mais baixas são doses mais seguras.
    12. Reflita e ajuste o uso para minimizar problemas de saúde física e mental.
    13. Note mudanças na saúde com o passar do tempo que possam estar relacionadas ao uso.
    14. Modifique o uso se interferir com trabalho ou metas pessoais.
    15. Cheque com seus amigos e familiares e aceite os feedbacks deles sobre seu uso.
    16. Acompanhe suas reações a drogas específicas e dosagens a fim de evitar a repetição de erros.
    17. Procure tratamento, se necessário.
    18. Escolha não usar se não for a hora certa, o material for suspeito ou se a situação for de outra forma problemática.


    Fonte: Erowid (original em inglês - versão em português)
    Tradução: @ExPoro
     
    • Curtir Curtir x 6
    • Informativo Informativo x 3
    • Show de Bola Show de Bola x 2
    • Útil Útil x 1
    #1 ExPoro, 16 Jan 2016
    Editado por um moderador: 16 Nov 2016