Em andamento // Primeiro Cultivo PFTEK // Peru

xury

Esporo
Membro Novo
==================
DIÁRIO DE CULTIVO
==================

STRAIN: Peru
PROCEDÊNCIA: Site das internets

---------------------------------------------
SUBSTRATO PARA COLONIZAÇÃO:
---------------------------------------------
( x ) PF TEK (2V + 1FAI + 1A)

Método de preparação e esterilização do substrato:

Salve gente! Me chamo André, sou de São Paulo, capital. Meu primeiro post, sobre meu primeiro cultivo uhuuul :)

Tive duas experiências bem gostosas com cogus, comecei a xeretar aqui no fórum, e depois de uns meses de pesquisa resolvi tentar meu primeiro cultivo. Consegui os esporos de Peru por site bem conhecido já em fevereiro (2019), mas só consegui levar o projeto a cabo agora no final de junho. Enquanto isso os esporos ficaram em uma caixa fechada na minha estante - teoricamente a validade deles é até 2020. Escolhi a strain Peru pq li em alguns posts aqui que era relativamente fácil de cultivar, e que por isso era boa pra iniciantes. Vamos ao cultivo.

Fiz a PFTEK muito baseada num guia de cultivo ilustrado que baixei aqui no fórum e no vídeo do canal "Esporos no Ar". Um dia antes fui comprar o que precisava para o processo:

- 1 kg de Vermiculita Dimy (10 reais - loja de jardinagem)
- 1 kg de arroz integral Tio João (5 reais)
- Água mineral 1l (3 reais)
- Lysoform spray (39 reais - farmacia)
- Álcool 70 (5 reais - farmacia)
- Fita micro pore missner (4,50 - farmacia)
- Mascara cirurgica (2,50 - farmacia)
- Luvas médicas (8 - farmacia)
- 4 seringas de 10ml e 4 agulhas (8 - farmacia)
- Toucas (5 - farmacia)
- Potinho coletor de fezes (3 - farmacia)

No dia seguinte 30/06/2019 acordei cedo limpei todo apartamento (e depois deixei ele fechado), tomei um banho e comecei. Limpei uma mesinha da cozinha com álcool 70, e usei ela pra preparar o substrato. Bati um pouco o arroz integral no liquidificador, sem deixar ele virar uma farinha total (deixei uns bons pedaços de arroz). Limpei os 4 copos americanos com álcool 70 (usando borrifador e papel higiênico), e usei um deles para fazer as medidas dos ingredientes. Joguei primeiro 2 copos de vermiculita e 1 de água mineral de garrafa. Inicialmente botei um pouco menos que um copo de água pq li que era melhor ter água de menos do que demais, o importante era vc apertar a mistura e sair umas 3 gotinhas de água no máximo. Mas depois que misturei 1 copo de arroz, senti que ficou um pouco seco, então completei com o que sobrou de água no copo, e a proporção ficou 1 água x 1 arroz x 2 vermiculita mesmo. Enchi os copos com a mistura, deixando um dedo sobrando, e preenchi esse espaço com a vermiculita seca. Fechei os copos com papel alumínio, lacrei com fita isolante, e depois ainda coloquei mais uma camada de papel alumínio. Levei os copos com o substrato pra esterelizar na panela de pressão com um pano de prato embaixo, e deixei por 40 minutos depois de a pressão começar.

Preparação da seringa de esporos

Depois que desliguei o fogo da panela de pressão fui preparar a seringa de esporos. Levei a mesma mesinha que usei na preparação do substrato para o banheiro (mais isolado que a cozinha), limpei ela de novo com álcool 70 e com lysoform. Também joguei lysoform em todo o ambiente e deixei agir por uns 10 min. Fervi um pouco de água mineral e já puxei direto da panela pra seringa. Deixei a água de seringa esfriar (na geladeira), e comecei a preparação. Abri o potinho coletor de fezes e raspei metade do carimbo pra dentro dele, usando a própria pazinha esterelizada que vem dentro dele (peguei a dica nesse post: Seringas extremamentes simples). Então, borrifei a água da seringa pra dentro do potinho com os esporos e depois puxei de volta, repetindo algumas vezes até ficar bem misturado. Enchi a seringa com 8ml da mistura com os esporos (mais tarde percebi que foi muito pouco, como contarei a seguir). Nisso, era por volta de 16h da tarde, e como precisava deixar os esporos hidratando por 12h, resolvi deixar a inoculação para a manhã seguinte. Embrulhei a seringa com a agulha tampada em um papel alumínio, e deixei os copos esfriando na panela de pressão

Inoculação

Acordei por volta das 7h30 da manhã do dia seguinte (01/07) pra inocular os bolos. Só nesse momento abri a panela de pressão, e pra minha alegria os bolos estavam lá, intactos. Fui dar uma revisada nos procedimento da inoculação, e percebi que fiz uma cagada. Eu tava achando que era pra inocular 1ml por copo, mas na verdade era 1 ml pra cada furo, pra cada extremidade do copo, ou seja, 4 ml por copo no total. Como eu só tinha 8ml na minha seringa, tive que preparar um outra meio na correria. A mesma coisa: tomei um banho, levei a mesa pro banheiro de novo, passei álcoool e lysoform, deixei agir por uns minutos, fervi água mineral pra mais uma seringa (e deixei esfriar), abri mais um potinho coletor, joguei a água nova e a da seringa do dia anterior, misturei, e puxei de volta pras duas seringas. Aí sim fui inocular. Tirei a segunda camada de papel alumínio de cada copo, e inoculei 1ml em cada extremidade de cada copo, tapei os furos com micro pore, e coloquei de volta a tampa de papel alumínio.

Incubação


Deixei os 4 copos em uma caixa de papelão no armário da cozinha. Como tava fazendo uma temperatura boa pro inverno de sp, tipo 25 graus, resolvi que não precisava de termostato. Deixei 3 dias assim, mas parece que vai chegar uma frente fria amanhã, daí fiquei com cagaço e comprei um termostato de aquário (75 reais essa disgraça). Vou mudar os copos pro isopor com uma garrafa água com o termostato dentro. Inoculei segunda de manhã, e hoje, quarta á noite, não aguentei de curiosidade e fui dar uma olhada, mas não tinha nada, oq é normal né kkk.

É isso glr, só na torcida agr 🙏🙏🙏
 

Anexos

Texugo

Hifa
Membro Ativo
Você não fez furos no alumínio e passou a fita antes de esterilizar? Não estufou?
O Recomendado seria de 1 hora a 1:30 para garantir o processo, mas 40 minutos deve funcionar tranquilo.
Sempre coloco dois panos dobrados para dar mais espaço entre os copos e o fundo da panela, assim posso colocar mais água e diminuir o risco de secar completamente
já queimei um pano antes disso.
Como vai fazer frio preste atenção no termostato, pois nem sempre a água estar em temperatura adequada reflete na incubadora em geral.
Acredito que agora é a pior parte, pelo menos pra mim foi, ficar esperando sinais do micélio e na angustia de poder ter contaminantes.
Mantenha-nos atualizados, estarei acompanhando.
Bom cultivo!
 

xury

Esporo
Membro Novo
Isso, não fiz furos, passei a fita, e levei pra panela. Não pareceu estufado não 🤔

É então, coloquei água até a metade do copo, mas depois de 40 min senti que já tava borbulhando bem pouco e resolvi desligar com medo de queimar.

Vou atualizando sim, valeu!
 

xury

Esporo
Membro Novo
Depois de duas semanas o saldo é o seguinte: 3 copos não deram nenhum sinal de vida, e 1 começou a esbranquiçar depois de uns 12 dias, mas agora ficou verde, acho que contaminou :/

Eu deixei os copos 3 dias em uma caixa de papelão em um armário, mas daí começou a esfriar muito e acabei comprando um termostato, e mudei os copos pra um isopor.

Que vocês acham? Será que ainda dá jeito? O que será que deu errado?
 

Anexos

Tucum

Esporo
Membro Ativo
Então irmão, parabéns pela iniciativa em primeiro lugar. Parece que você deixou pouco tempo esterelizando, e os copos não devem ficar mergulhados na água, se coloca um suporte no fundo da panela pra que os copos fiquem acima do nível da água na parte do vapor sob pressão, e alguns outros detalhes. Enfim acho que você deve revisar a técnica toda , e fazer exatamente como a receita manda. Tem que ter paciência, ansiedade atrapalha muito cultivo, vai fazendo teu trabalho com calma que tu vai conseguir .
 

Barratorta

Hifa
Membro Ativo
Booooa!
Na primeira vez a gente dá umas cabeçadas, e que ótimo pq depois a gente tem história pra contar. Eu quase me matei com cloro na primeira tentativa, tava na nóia da limpeza e ai vem um dos pontos que eu vou comentar:

limpei todo apartamento (e depois deixei ele fechado), tomei um banho e comecei. Limpei uma mesinha da cozinha com álcool 70, e usei ela pra preparar o substrato.
Não precisa esterilizar tudo antes de mandar pra panela de pressão. A ideia da panela de pressão é exatamente esterilizar. As coisas precisam estar limpas, sem partículas sólidas ou gordura, mas não precisam estar esterilizadas. Pode relaxar nessa parte, a parte esterilizada começa depois da pressão.

deixei por 40 minutos depois de a pressão começar
Como já comentaram, 40 minutos é relativamente pouco, mas já deve bastar. Por segurança, use no mínimo uma hora de pressão (depois que pegou pressão, abaixa o fogo e mantém). É triste perder o cultivo e saber que foi por alguns minutos que não deixamos na pressão :cry:

Enchi os copos com a mistura, deixando um dedo sobrando, e preenchi esse espaço com a vermiculita seca.
Pessoalmente, deixo esse espaço para ter ar mesmo. O micélio precisa de ar. A vermiculita pode ajudar a evitar entrada de contaminantes, não é de todo ruim, mas como você já fez os furos da inoculação e fechou com microporo, isso já deve ser o suficiente pra ele realizar a troca de ar necessária. Cubra o alumínio furado com outra camada de alumínio pra evitar que caia sujeira (não vede com fita, só coloca por cima).

Também joguei lysoform em todo o ambiente
Cuidado com lysoform, o troço é meio tóxico. Pessoalmente, não uso. Alcool e cloro resolvem tudo, mas cuidado com o cloro também, não usa em ambientes fechados.
Se você curtir a ideia de cultivar, uma glove box ajuda muito nesse momento, assim você só precisa esterilizar ela e as coisas de dentro sem se preocupar tanto com o ambiente em volta.

Enchi a seringa com 8ml da mistura com os esporos (mais tarde percebi que foi muito pouco, como contarei a seguir)
8ml para 4 copos não é pouco. é até bastante. Uma seringa tem milhões de esporos, fazendo um ou dois furos e colocando meio ML em cada furo já é o bastante. Você corre o risco de colocar muito líquido dentro do copo nessa hora, não exagera.

Fervi um pouco de água mineral e já puxei direto da panela pra seringa
Água mineral nem precisa ferver. Eu uso direto, uma leve fervida não esteriliza nada e no fim das contas você vai estar expondo a água ao ambiente. De todo jeito, já fiz de ambas as formas e nunca tive problema nesse sentido.

não aguentei de curiosidade e fui dar uma olhada, mas não tinha nada, oq é normal né
Normal, relaxa. A ansiedade é a maior inimiga do cultivo. Deixa eles quietinhos que o agora é hora do fungo fazer o que ele gosta de fazer.
 

xury

Esporo
Membro Novo
Valeu gente! Vou tentar de novo em breve com certeza :)

Um dos copos continua esbranquiçando. Ele tá com uma mancha verde só em um ponto. Existe chance do cubensis vencer ainda será? Li em alguns posts que nessa situação às vezes vale a pena jogar na terra, e ver se prospera. O que vocês acham?

Abraços
 

Gteach

Cogumelo maduro
Membro Ativo
Terra.. com certeza...
Eu nao cinaeguo jogar no lixo para descarte nada que tenha micelio...
 
Superior