Desenhos

Abzû

Primórdia
Contribuidor
Com a chegada dos cogumelos, algumas coisas estão melhorando, como por exemplo a depressão. Outras estão sendo descobertas, como no caso dos desenhos. Onde consigo sentir o efeito que chamam de estado de flow. Seguidamente os exercícios de desenho conseguem remover a sensação do tempo passar de tanto foco que eles geram, somado a isso, uma boa trilha sonora, geralmente com músicas clássicas, é como tocar os dedos nas nuvens.

Conforme eles forem sendo feitos, jogo eles aqui.


Esta semana escutei um pouco sobre este belo animal.
Símbolo de força, mas ao mesmo tempo capaz de viver em grupo.
IMG_20190618_190248799_HDR.jpg
 
Última edição:

Abzû

Primórdia
Contribuidor
Oh meu irmãozão! Valeu teu apoio @Psilosophia
Vamos lá. Estamos todos online na grande rede cósmica!
 

Texugo

Hifa
Membro Ativo
Belo desenho.
Deve ser difícil trabalhar essas diferenças de preto.
 

Gteach

Cogumelo maduro
Membro Ativo
WOLFHORSE faz referença a certa rastro de mirada de LOBO no rostro del belisomo cavalo...
Esse seria meu titulo na obra !
 

Abzû

Primórdia
Contribuidor
Está feito @Gteach será este o nome ;) WOLFHORSE. Daqui uns dias eu colocarei um Wolf em tua homenagem!
@Texugo valeu o apoio, essa parte dos tons até é de boas, o que mais está pegando é a percepção dos traços do modelo original, mas com o tempo deverá ir ficando mais rápido de captar. Valeu meu querido @RDFEX ! Eu é que agradeço a esta comunidade, sem a chegada da psilocibina não sei se esta vontade de desenhar teria emergido até o consciente. Espero que todos possamos evoluir juntos.
@Psilosophia #tamujunto irmão!
 

Vavá

Esporo
Membro Novo
Com a chegada dos cogumelos, algumas coisas estão melhorando, como por exemplo a depressão. Outras estão sendo descobertas, como no caso dos desenhos. Onde consigo sentir o efeito que chamam de estado de flow. Seguidamente os exercícios de desenho conseguem remover a sensação do tempo passar de tanto foco que eles geram, somado a isso, uma boa trilha sonora, geralmente com músicas clássicas, é como tocar os dedos nas nuvens.

Conforme eles forem sendo feitos, jogo eles aqui.


Esta semana escutei um pouco sobre este belo animal.
Símbolo de força, mas ao mesmo tempo capaz de viver em grupo.
Ver anexo 107462
Muito bom, não é meu intuito principal, mas também tenho interesse em destrancar o minha inspiração que me abandonou a algum tempo.
Vejo que meus amigos acreditam mais que eu na minha arte, espero mudar com o PC
 

Abzû

Primórdia
Contribuidor
Fábula dos dois lobos:

Certo dia, um jovem índio cherokee chegou perto de seu avô para pedir um conselho. Momentos antes, um de seus amigos havia cometido uma injustiça contra o jovem e, tomado pela raiva, o índio resolveu buscar os sábios conselhos daquele ancião.

O velho índio olhou fundo nos olhos de seu neto e disse:

“Eu também, meu neto, às vezes, sinto grande ódio daqueles que cometem injustiças sem sentir qualquer arrependimento pelo que fizeram. Mas o ódio corrói quem o sente, e nunca fere o inimigo. É como tomar veneno, desejando que o inimigo morra.”

O jovem continuou olhando, surpreso, e o avô continuou:

“Várias vezes lutei contra esses sentimentos. É como se existissem dois lobos dentro de mim. Um deles é bom e não faz mal. Ele vive em harmonia com todos ao seu redor e não se ofende. Ele só luta quando é preciso fazê-lo, e de maneira reta.”

“Mas o outro lobo… Este é cheio de raiva. A coisa mais insignificante é capaz de provocar nele um terrível acesso de raiva. Ele briga com todos, o tempo todo, sem nenhum motivo. Sua raiva e ódio são muito grandes, e por isso ele não mede as consequências de seus atos. É uma raiva inútil, pois sua raiva não irá mudar nada. Às vezes, é difícil conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito.”


O garoto olhou intensamente nos olhos de seu avô e perguntou: “E qual deles vence?”

Ao que o avô sorriu e respondeu baixinho: “Aquele que eu alimento.”


IMG_20190702_192352276.jpg

Uma homenagem ao amigo @Gteach
 

Priscillocibina

Hifa
Membro Ativo
Fábula dos dois lobos:

Certo dia, um jovem índio cherokee chegou perto de seu avô para pedir um conselho. Momentos antes, um de seus amigos havia cometido uma injustiça contra o jovem e, tomado pela raiva, o índio resolveu buscar os sábios conselhos daquele ancião.

O velho índio olhou fundo nos olhos de seu neto e disse:

“Eu também, meu neto, às vezes, sinto grande ódio daqueles que cometem injustiças sem sentir qualquer arrependimento pelo que fizeram. Mas o ódio corrói quem o sente, e nunca fere o inimigo. É como tomar veneno, desejando que o inimigo morra.”

O jovem continuou olhando, surpreso, e o avô continuou:

“Várias vezes lutei contra esses sentimentos. É como se existissem dois lobos dentro de mim. Um deles é bom e não faz mal. Ele vive em harmonia com todos ao seu redor e não se ofende. Ele só luta quando é preciso fazê-lo, e de maneira reta.”

“Mas o outro lobo… Este é cheio de raiva. A coisa mais insignificante é capaz de provocar nele um terrível acesso de raiva. Ele briga com todos, o tempo todo, sem nenhum motivo. Sua raiva e ódio são muito grandes, e por isso ele não mede as consequências de seus atos. É uma raiva inútil, pois sua raiva não irá mudar nada. Às vezes, é difícil conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito.”


O garoto olhou intensamente nos olhos de seu avô e perguntou: “E qual deles vence?”

Ao que o avô sorriu e respondeu baixinho: “Aquele que eu alimento.”


Ver anexo 107600

Uma homenagem ao amigo @Gteach
Belissima história!
Belissimo desenho!
Parabéns!
Que bom que tem alimentado seu lado artístico, você é muito talentoso 😉
 

RDFEX

Esporo
Membro Novo
Caro @Abzû, eu também tive uns momentos ruins na vida (no fim adolescência), hoje superado, foi uma barra, o mais frustante que eu acho é que tem memórias que eu não consigo apagar, e isso é a minha cruz, mas o amadurecimento da consciência foi essencial pra eu aprender conviver com esta cruz, se apegue a arte ou a música, faça o que te faz bem, pra falar a verdade estou aprendendo assim como você.

Sou grato por ter contato com o pessoal aqui do fórum, aqui eu posso falar coisas que não consigo falar com os mais próximos, eles jamais irão compreender, porque o que estamos buscando é muito mais que uma trip.

Posta mais desenhos, eu te dou a maior força, vou acompanhar seus desenhos.

Forte abraço!
 

Abzû

Primórdia
Contribuidor
Nos últimos dias li As portas da percepção e Céu e Inferno. Já havia lido outro livro dele, Admirável mundo novo.
Muito boas leituras. O que ele colocou nos livros é muito interessante.

IMG_20190713_110923685_HDR.jpg
Aldous Huxley
 
Última edição:
Superior