Bem-vindo ao Teonanacatl

Olá, seja bem-vindo!


Nós somos uma comunidade de entusiastas da micologia. Aqui você encontrará diversos assuntos envolvendo a micologia amadora, incluindo cultivos de cogumelos comestíveis, medicinais e psicoativos, como os do gênero Psilocybe!


Convidamos você para participar da nossa comunidade! Leia o nosso termos de uso e cadastra-se clicando no botão abaixo ou clicando aqui!


  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar utilizando esse site, você concorda em usar nossos cookies. Saiba Mais.
  2. Por favor, leia com atenção as Regras e o Termo de Responsabilidade do Fórum. Ambos lhe ajudarão a entender o que esperamos em termos de conduta no Fórum e também o posicionamento legal do mesmo.

    Dispensar Aviso

Featured Completo Cultura Negligente #1 - In Vitro Tek - MDK no Bolo PF - 10º Cultivo

Discussão em 'Diário de cultivo' iniciada por ExPoro, 13 Jul 2016.

  1. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Finalmente resolvi mudar um pouco meus cultivos, mas desta vez pra reduzir ainda mais a complexidade do mesmo. :p E nada melhor pra isso do que entrar de cara na chamada Neglect Tek (técnica negligente) ou In Vitro Tek (técnica in vitro), em que se corta a fase do terrário, com a frutificação diretamente nos recipientes em que foram feitas as colonizações.

    Foi a primeira vez em mais de um ano desde que me registrei que fui buscar informações fora do CM sobre cultivo. :ler: Quem sabe ao fim dos meus experimentos neste e nos próximos cultivos in vitro possa trazer aqui pra comunidade um novo tutorial completo sobre este tipo de cultura, que possui muitas informações detalhadas por aí.

    Antes de iniciar a descrição do cultivo, vou colar aqui um trecho do texto "Cronologia dos Métodos de Cultivo" referente à primeira manifestação sobre cultivo in vitro por seu primeiro desenvolvedor, que a chamava de Mycro-tek:

    Por última ressalva, espero me tornar o cultivador mais preguiçoso dessa nossa geração :sleep: e chegar assim numa simplificação ainda maior, se isso for possível. :LOL:

    Agora ao cultivo...

    Preparo do Substrato

    Substrato padrão PF
    :arrow: 2 volumes de vermiculita para 1 volume de água mineral e um volume de farinha de arroz integral (FAI). Primeiro se mistura a vermiculita com a água, e depois se adiciona a FAI. Depois preenchem-se os potes.

    Potes utilizados :arrow: daqueles de palmito, que possuem 500 ml de volume interno, deixando a metade ou um pouco mais de espaço livre após uma fina camada de vermiculita.

    Esterilização em Panela de Pressão
    :arrow: dois potes por PP, por 50 minutos após começar a apitar.

    00 - preparo do substrato 1.jpg 00 - preparo do substrato 2.jpg --> os quatro potes antes de irem pra PP. Na foto da direita, a fina camada de vermiculita que foi feita fina pra não prejudicar a pinagem.
    00 - preparo do substrato 3.jpg --> manda pra PP. Dois potes pra cada PP, devido a serem leves e o nível da água não poder ficar muito alto, já que não tenho nada que adapte como suporte pra usar nas PP.

    Inoculação

    Local :arrow: na boca do fogão.

    Data :arrow: 16/06/2016.

    Strain :arrow: Mexican Dutch King (MDK).

    Seringa :arrow: a mesma do Cultivo da Esperança #2, agora contando com 9 meses de vida. Foi totalmente utilizada.

    01 - inoculação - preparação 1.jpg --> todo o material que foi utilizado...
    01 - inoculação - preparação 2.jpg ... com exceção do álcool 70% com que umedeci o pano que se passa na PP antes de abri-la, longe da boca do fogão, claro.

    Tendo em vista o furo central nas tampas dos potes, utilizei-o para inocular:
    02 - inoculação - angulando a seringa 1.jpg 02 - inoculação - angulando a seringa 2.jpg 02 - inoculação - angulando a seringa 3.jpg --> no detalhe das fotos se vê o líquido da seringa descer pela beira do substrato. Em casos de furo central, basta inclinar a seringa e a pressão projetará a água em direção à parede dos potes. Em cultivo futuros pretendo pressionar a seringa enquanto giro o pote, para acelerar ainda mais a colonização.
    03 - inoculação - potes inoculados 1.jpg --> os potes inoculados. Coloquei uma quantidade de micropore na lateral de cada um para diferenciá-los de 1 a 4. O furo central ficou tapado apenas com um micropore de textura mais de pano, menos plástico - o que acho que é a melhor opção quando se usa micropore para respiro.
    03 - inoculação - potes inoculados 2.jpg 03 - inoculação - potes inoculados 3.jpg --> finalmente pra incubadora com o resto da galera do cultivo anterior (Diário Completo #1), ainda em andamento.

    Colonização

    Como esperado destes MDK envenenados, a colonização se deu muito rapidamente. Eis como estavam apenas 5 dias depois:
    04 - inicio da colonização pote 1.jpg 04 - inicio da colonização pote 2.jpg 04 - inicio da colonização pote 3.jpg 04 - inicio da colonização pote 4.jpg

    E na data de 03/07/2016, apenas 18 dias depois, já tinham todos alcançado os 100% e alguns já quase consolidavam:
    05 - fim da colonização Ab.jpg 05 - fim da colonização Ba.jpg


    Retirada da Incubadora

    Deixei mais 3 dias, e em 06/07/2016 dois dos potes já tinham pinado. O problema é que a luz da incubadora vem debaixo, então eles cresceram pra baixo. Meu plano era incentivar a frutificação pra cima, escurecendo os lados, o que inclusive não faz parte da In Vitro Tek original. De certa forma, isso me deixou feliz, porque então eu iria ter em dois potes a total experiência negligente do inventor da In Vitro Tek. Com isto, resolvi que dois dos potes ficariam sem qualquer escurecimento nas laterais, enquanto os outros dois teriam as laterais escurecidas pra incentivar a pinagem apenas por cima:
    06b - os dois que ficaram sem escurecimento.jpg 06c - os dois escurecidos do lado.jpg --> na esquerda os que pinaram na incubadora e ficarão sem escurecimento das laterais até o fim. Na direita, os que escureci as laterais.
    06a - retirados da incubadora.jpg --> os quatro potes após saíram da incubadora.

    --------------------------------------------------------------------------------------------

    E assim finalizou a primeira fase do cultivo negligente.

    Como podem ver, as diferenças para a PF Tek são apenas duas até este momento:
    1. Deixar um bom espaço no pote acima do nível do substrato pra dar espaço pros cogumelos - este é um adendo à Mycro-tek (a primeira Tek In Vitro), pois nesta os cogumelos crescem apertados entre o substrato e a parede do pote;
    2. Os bolos não são aniversariados após o fim da colonização, pois frutificação dentro dos potes.

    Bem, a primeira colheita já ocorreu, e vou publicar na próxima postagem, em alguns minutos, o que se pode chamar de "linchamento de bolos" que pinaram contra o vidro e pra baixo... :LOL:
     
    • Curtir x 11
    • Show de Bola x 7
    • Informativo x 3
    • Útil x 2
    • Vencedor x 1
    #1 ExPoro, 13 Jul 2016
    Última edição: 13 Jul 2016
  2. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Andamento da Frutificação
    No dia 10/06/2016, 4 dias depois de retirados da incubadora, estavam assim os bolos:
    01 - potes sem escurecimento - frutificados.jpg 01a - potes sem escurecimento - fruto pra baixo.jpg --> potes sem escurecimento.
    01b - potes escurecidos.jpg --> potes escurecidos.

    E então aguardei pelo desenvolvimento dos frutos até o romper dos véus.

    A Hora truculenta da Colheita
    1ª Colheita :eba:

    Pois é, eu tinha receio de como seria colher esse cogumelos que crescem contra o vidro, em especial os que vão pra baixo do substrato, já que o pote não permite a retirada dos bolos. Não teve outro jeito, meti o dedo, puxei com força o que dava, até que tive que revirar o bolo dentro do pote mesmo, o que evidentemente significou comprimi-lo contra as paredes de vidro. Além disso, eventualmente uns pedaços de cogumelos pressionados contra o vidro ficavam pra trás, então eu ainda meti a faca em algumas beiradas pra desgrudar do micélio. O resultado final dos dois bolos sem escurecimento pode ser visto nas fotos:
    02 - todos os potes.jpg --> todos os potes. Apenas um não chegou no ponto de colheita.
    02a - detalhe de um fruto pra baixo já danificando.jpg --> :!: observe o dano no cogumelo, este seria um dos momentos-limites para a colheita de
    in vitro segundo o criador da tek, então não deve passar desse ponto. Ou se espera véus rasgarem, ou o momento em que os cogumelos se danificam.

    03a - pote 1.jpg 03b - pote 1.jpg Pote #1 --> ficou lindo demais de se ver, antes da colheita. Reparem o estado em que ficou o bolo depois, na foto da direita.
    04a - pote 4.jpg 04b - pote 4.jpg 04c - pote 4.jpg Pote #4 --> a foto da direita é como ficou depois de revirado.
    05a - pote 2.jpg 05b - pote 2.jpg Pote #2 --> colhido com tranquilidade. Deixei alguns cogumelos jovens pra colheita seguinte.

    06 - pote 3.jpg Pote #3 --> sem colheita nesta data. Será realizada a colheita dele hoje, junto com o restante do primeiro
    flush do pote #2.

    07a - colheita.jpg 07b - peso da colheita.jpg --> peso total da primeira colheita: 48,7 gramas frescas.

    Orientação sobre Consumo de Cogumelos cultivados In Vitro
    Uma situação de quem cultiva cogumelos in vitro na forma como ficaram os potes sem escurecimento é que :!: pode ocorrer de que o cogumelo cresça com vermiculita que compõe o substrato dentro dele, devido à condição apertada de frutificação. Como consequência, no caso de frutificação in vitro clássica, em que há o apertamento de cogumelos contra a parede dos potes ou copos, não se recomenda comer os cogumelos, pois pode-se dar uma boa dentada em uma vermiculita. O que se sugere neste caso é fazer chá com os mesmos:
    08 - chá pronto.jpg --> chá preparado e armazenado no congelador.

    :arrow: Vou esperar fazer a secagem da próxima colheita para poder estimar a relação peso fresco x peso seco deste cultivo para poder estimar melhor a potência do chá.

    E até daqui a pouco com a segunda colheita. ;)


    -------------------------------------------------------------------------------​


    2ª Colheita :eba:
    Fiz então a colheita dos potes #2 e #3, que tinham as laterais escurecidas.

    Ocorre que apesar do escurecimento há pinagem nas laterais, bem pequena mas há. Inclusive, houve até um cogumelo indo pra baixo. Mas devido à menor quantidade de pinagem lateral, os bolos não sofreram muito nesta colheita.

    E às fotos:

    01 - potes 2 e 3.jpg --> Potes #2 e #3.
    02a - pote 2 antes de colher.jpg 02b - pote 2 colhendo na lateral.jpg 02c - pote 2 dps da colheita.jpg Pote #2 --> na foto da esquerda, um
    close antes de colher. Na foto do meio, o uso de uma faca pra ajudar a extrair um cogumelo que cresceu na lateral - foi necessário fazer o bolo vir pra mais perto da boca do pote pra ficar visível. Na da direita, como ficou após a colheita - aliás, esse tá que tá de pinagem! :)
    03a - pote 3 antes de colher.jpg 03b - pote 3 dps de colhido.jpg Pote #3 --> esse deu um pouco mais de trabalho nas laterais, mas foi.

    04 - pesagem da segunda colheita.jpg --> peso total da segunda colheita: 22,1 gramas frescas.

    Coloquei pra secarem no túnel de vento. (y)

    Com isso, começo a me perguntar se não será melhor retirar o escurecimento das laterais, já que eles crescerão de qualquer jeito por ali. Me parece que a pinagem pode ser maior com mais área iluminada, além do que o contact atrapalha na hora de colher os que cresceram nas laterais. Mas por enquanto vai ficar assim.

    Em breve pretendo fazer o primeiro dunk deste cultivo. A vantagem é que o próprio pote será enchido de água, então é mais prático ainda que ter que arrumar potes apenas para a submersão.
     
    • Curtir Curtir x 9
    • Vencedor Vencedor x 4
    • Show de Bola Show de Bola x 2
    • Merecedor Merecedor x 1
    #2 ExPoro, 13 Jul 2016
    Última edição: 14 Jul 2016
  3. Malahov

    Malahov Primórdia
    Administrador

    :
    7 Nov 2013
    :
    1,266
    :
    1,275
    :
    31
    Sexo:
    Feminino
    :
    +3,487 / 378 / -0
    Não seria o caso de chamar de "Mycro-tek original"? Ela é um dos modos de se cultivar in vitro, mas não o único modo.
    De qualquer forma, você fez algumas modificações como o espaço e em alguns a proteção da luz que são adições interessantes pra facilitar a colheita e sinceramente, a beleza dos frutos que já descaracterizam mesmo do método original da Mycro-tek. No caso o Hippie, criador da mycro-tek, enchia o copo todo por causa do selo de vermiculita que minimiza bastante as contaminações e só é possível com o copo cheio. Cultivo interessante!
    P.S.: havia algum tipo de troca gasosa ou estavam completamente selados?
     
    • Informativo Informativo x 2
    • Curtir Curtir x 1
    • Amigável Amigável x 1
    • Show de Bola Show de Bola x 1
  4. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Boa ressalva. O nome original da in vitro que o Hippie3 chamou era de fato mycro-tek, que seria sinônimo pra mim de in vitro tek original, pois foi a primeira tek in vitro. Por isso usei a expressão "in vitro" original, mas é uma inexatidão conceitual dizer assim. Fiz algumas edições na primeira postagem pra constar isso e ficar mais coerente o uso dos termos. (y)

    Verdade. :coffee: Acho que futuramente devo tentar então repetir exatamente os passos da Mycro-tek em outro cultivo, apenas pra avaliar pro povo como fica.

    Esse detalhe do porque me escapou. Mas por que o selo só seria possível com o copo cheio? :bigode:

    A ideia do copo cheio teria um facilitador por outro lado, que seria usar copos normais que permitam retirar os bolos na hora da colheita. Interessante...

    Valeu. :) Tem muitos cultivadores sem espaço pra terrário, ou sequer incubadora, então estou começando essa série de cultivos in vitro pensando neles. A ideia de cultivar até numa mochila me parece cada vez mais praticável.

    A troca gasosa ocorre através do furinho na tampa de fábrica, com um micropore de textura bem "têxtil" e não "plástica", cuja troca gasosa fica mais facilitada. Estou pensando se adapto um polyfill no entanto, no lugar do micropore.
     
    • Curtir Curtir x 5
    • Show de Bola Show de Bola x 1
  5. Malahov

    Malahov Primórdia
    Administrador

    :
    7 Nov 2013
    :
    1,266
    :
    1,275
    :
    31
    Sexo:
    Feminino
    :
    +3,487 / 378 / -0
    Porque a inoculação tem que ser feita no substrato, abaixo do selo. A não ser que se tenha uma agulha muito longa, daí pode ser possível.
     
    • Informativo Informativo x 3
    • Concordar Concordar x 1
  6. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Andamento do Segundo Flush
    Não desenvolveu nesses dias como esperado. Talvez por questão de troca de ar ou por questão de umidade, ou por não ter uma iluminação adequada. Mas é incrível a pinagem que está tendo:
    andamento segundo flush.jpg

    Término da Secagem da Segunda Colheita
    peso seco primeira colheita.jpg --> 2,64 gramas secas, equivalentes a 11,95% do peso fresco.
     
    • Curtir Curtir x 5
    • Show de Bola Show de Bola x 1
  7. Finganforn

    Finganforn Primórdia
    Membro

    :
    22 Abr 2016
    :
    548
    :
    857
    :
    20
    Sexo:
    Masculino
    :
    +1,373 / 309 / -0
    Ótima técnica ExPoro. Na minha opinião, a colheira poderia ser mais fácil se o pote fosse como os usados em pftek tradicional (com tampa claro). Seria só tirar o bolo do pote, colher, depois recolocar para um segundo flush. O que acham?
     
    • Curtir Curtir x 1
    • Útil Útil x 1
    • Concordar Concordar x 1
  8. Baal

    Baal Hifa
    Membro

    :
    11 Jun 2016
    :
    112
    :
    175
    :
    13
    Sexo:
    Masculino
    :
    +238 / 53 / -0
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Grande @ExPoro !
    Estou logo atrás :D
    Achei demais essa técnica, ficaram bem bonitos dentro dos potes. Pode ter certeza que irá servir de estudo isso que fez. :coffee:
     
    • Curtir Curtir x 2
    • Concordar Concordar x 1
  9. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Valeu, @Baal. (y)

    Obrigado, @Finganforn. :) Pois é, eu que resolvi fazer com potes que não dá pra tirar o bolo. Mas o ideal é que seja um pote que na hora da colheita você consiga tirar o bolo e depois colocar de volta. Mas a partir do segundo flush essa falta de espaço no pote fica menor, pois o bolo reduz de tamanho. Talvez já consiga tirá-los na próxima colheita. :bigode:
     
    • Informativo Informativo x 2
    • Curtir Curtir x 1
    • Show de Bola Show de Bola x 1
  10. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    3ª Colheita :eba:
    É isso aí, galerinha do bem que curte altas aventuras muito psicodélicas em suas mentes totalmente insanas :brincalhao:, fiz uma terceira colheita hoje. :D
    in vitro 1 pré colheita.jpg in vitro 2 pré colheita.jpg in vitro 3 pré colheita.jpg in vitro 4 pré colheita.jpg --> potes de 1 a 4 antes da colheita.

    :arrow: Fiquei impressionado com o alto índice de abortos, que penso ser consequente da insuficiência de troca gasosa. Devo trocar o micropore por polyfill na tampa. Ou passar a abrir os potes uma ou duas vezes ao dia pra ventilar.

    Bem, como a quantidade de abortos era gigante, e inspirado nas palavras reiterantes do @Agarikon:

    Resolvi aproveitar os abortos que normalmente jogo fora, mas mais por questão de que após o processo de secagem eles viram praticamente farelo, se perdem, etc. No entanto, desta vez compunham uma quantidade de massa considerável. Como não tem como fazer a limpeza das vermiculitas deles adequadamente como faço com os cogumelos, então resolvi fazer de vez um chá, onde taquei os pinos, cogumelos e as bases carnosas que formaram - que me pergunto se chegam a serem trufas :unsure:.

    Dito isto, fiz a pesagem então sem me esforçar muito na limpeza das vermiculitas, que possuem uma densidade baixíssima, então não devem ter influído muito no peso:

    colheita 3 pesagem.jpg --> total de 20,4 gramas frescas com muitos abortos!

    E daí botei no prato e piquei antes de ir pro chá:
    colheita 3.jpg --> daqui pra panela com água fervendo com gengibre e vitamina C de liberação prolongada macerada.

    Ato contínuo, armazenamento do chá pronto pra consumo no congelador.

    Por fim, pretendo fazer uma submersão (dunk) após finalizar a colheita desta onda (flush), pois deixei em dois potes alguns cogumelos jovens pra se desenvolverem.

    --------------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 3
    Peso Fresco Total: 91,2 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4)
    Totais de Ondas: 8 (pote #1 = 2; pote #2 = 2; pote #3 = 2; pote #4 = 2)
     
    • Curtir Curtir x 4
    • Vencedor Vencedor x 3
    • Merecedor Merecedor x 3
    • Show de Bola Show de Bola x 1
    #10 ExPoro, 19 Jul 2016
    Última edição: 30 Jul 2016
  11. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização
    4ª Colheita :eba:

    Hoje fiz a colheita dos potes #1 (terceira onda) e #3 (término da segunda onda):
    colheita 4 pesagem.jpg --> peso total de 10,7 gramas frescas! Foram pro túnel de vento para secagem. (y)

    Afoga que o Micélio gosta
    Também dois dos bolos em dunk:
    pro dunk com bolos 1 e 4.jpg Potes #1 e #4 --> enchi os potes de água. O interessante é que como os bolos não passam pela boca dos potes, não foi necessário nem colocar peso em cima das tampas ao preencher totalmente de água os frascos. :bigode:

    Não submergi os potes #2 e #3 porque eles já estão com ampla pinagem da próxima onda. :contente:

    Ah, já que enchi de água nos potes mesmo, então aproveitei e enfiei na geladeira pra um cold shock, apesar de ter abandonado esta técnica há mais de 3 cultivos atrás.

    A Volta da Redoma de Pet
    E por fim, adicionei mais um procedimento neste cultivo. Adotei o melhoramento da ilustre @Malahov na redoma de pet para in vitro, que passarei a usar também neste cultivo, a fim de reduzir o índice de abortos. Para tanto agora corto a base da garrafa:
    redoma de pet nos bolos 2 e 3.jpg Potes #2 e #3 --> na boca da garrafa foi posto filtro de polyfill e agora espero que haja uma melhoria na troca de ar suficiente para reduzir o altíssimo percentual de abortos até agora. :)

    --------------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 4
    Peso Fresco Total: 101,9 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4 + 10,7)
    Total de Ondas: 9 (pote #1 = 3; pote #2 = 2; pote #3 = 2; pote #4 = 2)
     
    • Curtir Curtir x 5
    #11 ExPoro, 22 Jul 2016
    Última edição: 3 Ago 2016
  12. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização
    5ª Colheita :eba:
    Foi pequena e não tirei foto. Apenas o restante do terceiro flush do pote #2, que rendeu um cogumelo com cerca de 7,50 gramas frescas. :fome:

    6ª Colheita :eba:
    Quando cheguei ontem do trabalho me deparei com os dois potes (#1 e #4) que passaram pelo último dunk já preenchidos de cogumelos! Aguardei até hoje e veja como ficaram:
    potes antes da colheita 1.jpg potes antes da colheita 2.jpg Potes #1 e #4 --> submergir após a última colheita fez com que a produção aumentasse bastante! (y)

    Fiz a colheita mas deixei pinos nos dois bolos para a próxima onda:
    pote 1 após colheita.jpg pote 4 apos colheita.jpg Potes #1 e #4 --> com pinos da próxima onda.

    Por fim, fiz a pesagem:
    pesagem da colheita de hoje de 48 gramas.jpg --> total de 48 gramas frescas! :contente:

    E, após confeccionar o chá com gengibre e vitamina C de liberação prolongada, e mais mel ao fim, mandei pra dentro da geladeira:
    chá pronto 1.jpg chá pronto 2 - com alumínio pra geladeira.jpg --> Vou testar se deixar a garrafa totalmente escurecida com papel alumínio na geladeira por um tempo razoável terá melhor ou pior conservação dos princípios ativos, pois fiz um chá equivalente à mesma dosagem o qual está armazenado no congelador. :bigode:


    Comentários sobre a Redoma de Pet
    Os dois bolos que esperava pelo próximo flush não apresentaram sinais de pinagem relevante. Observei que a redoma usando a parte de cima da garrafa não vedada (o que possibilita a troca gasosa) aumentou muito a área em detrimento da umidade (que no caso não há argila expandida para ajudar neste quesito), de forma que (acredito, pois ainda não testei) o funcionamento da redoma de pet é ideal com a adição de uma camada de casing de vermiculita sobre os bolos, a fim de ajudar na manutenção da umidade - ou então utilizar a parte debaixo da garrafa e fazer a ventilação manualmente algumas vezes ao dia. Um adendo é que talvez a tampa da garrafa possa ser uma boa opção pra regular pra pouca troca gasosa - enquanto utilizei polyfill, que facilita muito a ventilação.

    Bem, acredito que nesta forma de in vitro do caso deste cultivo (em potes grandes e sem uso de camada de casing) a utilização de polyfill nos buracos das tampas se mostrou melhor no equilíbrio umidade-troca gasosa; como se vê pelos bolos #1 e #4, os quais finalizaram uma onda inteira ambos neste mesmo período em que os bolos #2 e #3 sequer pinaram direito.

    Edit: a ideia inicial da redoma era usar apenas quando os cogumelos empurrassem a tampa dos potes pra cima. Acho que já durante a frutificação seja o melhor momento pra retirar a tampa e botar a redoma, e não para pinagem.

    -------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 6
    Peso Fresco Total: 157,4 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4 + 10,7 + 7,5 + 48,0)
    Total de Ondas: 9 (pote #1 = 4; pote #2 = 2; pote #3 = 2; pote #4 = 3)
     
    • Curtir Curtir x 4
    • Show de Bola Show de Bola x 4
    • Merecedor Merecedor x 1
    #12 ExPoro, 30 Jul 2016
    Última edição: 30 Jul 2016
  13. Gteach

    Gteach Primórdia
    Membro

    :
    25 Nov 2013
    :
    471
    :
    1,039
    :
    25
    Sexo:
    Masculino
    :
    +1,504 / 201 / -1
    Raça Preferida:
    Golden Teacher
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Parabens meu caro !!
    Tou surpreso com tantas colheitas!!
    Bom rendimento vc tive !!(y)
    Blz ?
    Gteach
     
    • Amigável Amigável x 2
  14. Finganforn

    Finganforn Primórdia
    Membro

    :
    22 Abr 2016
    :
    548
    :
    857
    :
    20
    Sexo:
    Masculino
    :
    +1,373 / 309 / -0
    Show de bola amigo @ExPoro isso que eu chamo de rendimento. Dos diários que li até hoje esse foi um dos que mais renderam. Parabéns.

    Paz.
     
    • Informativo Informativo x 1
    • Amigável Amigável x 1
  15. psilosun

    psilosun Hifa
    Membro

    :
    4 Dez 2013
    :
    50
    :
    79
    :
    18
    Sexo:
    Masculino
    :
    +112 / 8 / -0
    Bela iniciativa de diversificar as técnicas e fazer o diário pra passar pra gente, parabéns!
    Surgiu uma duvida/ideia, se você preencher o pote com algum material usado em bulk, o micélio colonizaria e assim continuaria o cultivo?
     
    • Curtir Curtir x 3
  16. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Valeu, @Gteach , @psilosun e @Finganforn. (y) :)

    Como nunca trabalhei com bulk, não sei como funcionam direito, então não sei dizer se isto seria possível. :coffee:
     
    • Curtir Curtir x 1
  17. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização
    7ª Colheita :eba:
    Ontem o pote #3 já estava com o cogumelo jovem, então tirei a tampa da redoma de pet para aumentar a troca gasosa. Hoje estava assim:
    antes de colher 2.jpg antes de colher 1.jpg --> vou passar a adotar a redoma de pet agora somente após a pinagem e testar as diferenças.

    Colhidos e pesados:
    pesagem de 9 gramas secas.jpg --> peso fresco total de 9 gramas. :fome:

    E então pro dunk com os dois potes que estavam sob as redomas:
    dunk no 2 e 3 a.jpg dunk no 2 e 3 b.jpg --> reparem que como o bolo não passa da boca do pote, não é preciso peso em cima após preencher tudo com água. Os bolos ficaram submergidos e coloquei num cold shock na geladeira até amanhã, quando pretendo retirá-los do dunk e colocar polyfill no furo de respiro, o que deu um ótimo resultado nos outros dois bolos.


    Término da Secagem das Colheitas 4 e 5
    O resultado das duas colheitas totalmente secas foi de:
    • 1,27 gramas secas para a colheita 4 (= 11,86% do peso fresco); e
    • 0,89 gramas secas para a colheita 5 (= 11,86% do peso fresco).

    Começo a observar que um mesmo cultivo com bolos diversos em condições iguais apresenta mesmo % de peso fresco/seco. Tenho cultivos cuja média ficava em torno de 7-8% (8º Cultivo), enquanto neste está na casa dos 11%.

    -------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 7
    Peso Fresco Total: 166,4 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4 + 10,7 + 7,5 + 48,0 + 9)
    Total de Ondas: 12 (pote #1 = 4; pote #2 = 2; pote #3 = 3; pote #4 = 3)
     
    • Curtir Curtir x 3
    • Merecedor Merecedor x 2
    • Vencedor Vencedor x 1
    • Show de Bola Show de Bola x 1
    #17 ExPoro, 3 Ago 2016
    Última edição: 3 Ago 2016
  18. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização

    Considerações sobre Pinos e Cogumelos jovens submergidos (dunk)
    Aconteceu algo muito inusitado, pelo menos pra mim. Após a última colheita, coloquei os potes #2 e #3 em um dunk com cold shock, conforme a última postagem. Após as 24 horas, esvaziei o líquido dos potes e foi então que vi:
    cogumelos jovens após dunk 1.jpg cogumelos jovens após dunk 2.jpg --> no pote #3 tinham estes cogumelos jovens que foram afogados junto, e que não tinha visto por conta do escurecimento nas laterais deste pote.

    Reparei que :!: após o dunk eles estavam 100% íntegros. Daí foram colhidos, colocados em papel toalha para tirar o excesso de água e postos no túnel de vento. Atualmente, já estão num pote com sílica gel finalizando a secagem! E estão em perfeitas condições de consumo. Ou seja, não há dano para o cogumelo submergi-lo, ao menos enquanto ele não estiver maduro.

    Eu já imaginava que isso fosse possível, pois o cogumelo nada mais é que o micélio em outra forma de crescimento, e costumamos submergir os bolos. :bigode:

    No mais, resolvi retirar os escurecimentos dos dois potes que tinham, pois não ajudam em nada, mais atrapalham... :LOL:

    Bem, mas não somente isso, também observei que um dos bolos afogados estava com ampla pinagem em sua superfície e que eu tinha afogado todos os pinos juntamente :huh:... Bem, não os removi pois pareciam muito saudáveis, então terminei a adaptação do polyfill neste dois potes que faltavam e os coloquei junto aos demais. Me perguntei se aqueles pinos finalmente iam se desenvolver, e vejam o que acho quando chego em casa após um dia fora:
    pinos afogados se desenvolveram normalmente.jpg --> no pote #2, os pinos que foram pro dunk não abortaram nem apodreceram, pelo contrário vingaram finalmente em cogumelos jovens! :eba:

    Acho que isso é um fato que pode contribuir pra quem fica em dúvida sobre :!: "e os pins que mandei pro dunk?" Sabemos agora que necessariamente não é preciso removê-los, se parecerem saudáveis (cabeça não escurecida), pois pode ser que após o dunk finalmente se desenvolvam! :contente:
     
    • Informativo Informativo x 4
    • Show de Bola Show de Bola x 2
    #18 ExPoro, 7 Ago 2016
    Última edição: 7 Ago 2016
  19. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização
    8ª Colheita :eba:
    Sem fotos, fiz em dois momentos. Um dos cogumelos já estava rompendo o véu, enquanto 3 ainda estavam jovens. Tirei somente o maior há quase 2 dias e pus no túnel de vento. Hoje os outros 3 já estavam até esporulando e tinham ganho bastante massa. O primeiro pesava 15,8 gramas frescas e os outros 3 pesavam 18,6 gramas frescas no momento da colheita, dando um total de 34,4 gramas frescas nesta colheita. :fome:

    :idea: Já que colhei os cogumelos em momentos diferentes de suas vidas, vou testar como se dará a diferença no fim da secagem deles. Acredito que quanto menos maduro o cogumelo (ou seja, sem ainda ter esporulado ou terminado de abrir o chapéu), maior o percentual de peso fresco x peso seco, pois me parecem mais densos. :bigode:

    :arrow: Esta forma de cultivo em potes de palmito é um dos que mais está me agradando. É uma modalidade própria de in vitro, pois os bolos não saem dos potes e eu uso a redoma de pet quando os cogumelos começam a passar da tampa, que estou gostando muito. E é legal ter os cogumelos crescendo no móvel do quarto, sem ocupar muito espaço. De certa forma, estou me dando um pouco melhor com este tipo de in vitro do que com o uso de terrários... :coffee:

    -------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 8
    Peso Fresco: 200,8 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4 + 10,7 + 7,5 + 48,0 + 9 +34,4)
    Ondas: 13 (pote #1 = 4; pote #2 = 3; pote #3 = 3; pote #4 = 3)
     
    • Curtir Curtir x 7
    #19 ExPoro, 10 Ago 2016
    Última edição: 11 Ago 2016
  20. ExPoro

    ExPoro Psiconauta Apaixonado. Enteogenista Floyd-Gospel.
    Membro

    :
    14 Abr 2015
    :
    2,027
    :
    2,840
    :
    34
    Sexo:
    Masculino
    :
    +4,653 / 592 / -1
    Raça Preferida:
    MDK
    Técnica Preferida:
    Técnica PF
    Atualização
    9ª Colheita
    :eba:
    Anteontem eis como estavam os frutos do pote #3:
    pote 3 antes de colher.jpg pote 3 antes de colher b.jpg --> cogumelos em cima e embaixo, já com dois esporulando, dois maduros, e alguns jovens. :ninja:

    Fiz então a colheita:
    pesagem de 21,7g frescas.jpg --> peso total de 21,7 gramas frescas! :fome:

    Já hoje, passados dois dias, resolvi re-submergir os bolos dos potes #2 e #3. O pote #2 estava lotado de abortos, que não tirei antes de afogar o bolo. Vou deixar por pouco mais de 6 horas. Edit: aproveitei e fiz dunk no pote #1 também, já que não dá sinal de vida há um bom tempo. :bigode:

    E o pote #4 está com um cogumelo jovem a caminho! :contente:

    :idea: A iluminação natural da tarde é realmente uma bênção para eles. :cool:

    -------------------------------------------------------
    Totais do Cultivo até o Momento
    Colheitas: 9
    Peso Fresco: 222,5 gramas (48,7 + 22,1 + 20,4 + 10,7 + 7,5 + 48,0 + 9 +34,4 + 21,7)
    Ondas: 14 (pote #1 = 4; pote #2 = 3; pote #4 = 3; pote #4 = 3)
     
    • Curtir Curtir x 5
    #20 ExPoro, 12 Ago 2016
    Última edição: 12 Ago 2016